Renova Invest Facebook

BLUR11: o que é, como funciona e como investir?

Holding Imobiliária
Holding Imobiliária

Os fundos de investimentos imobiliários podem combinar com uma estratégia de renda passiva. Afinal, eles costumam trazer dividendos regulares, oferecendo renda sem haver necessidade de esforços extras para obtê-la. Uma das alternativas disponíveis no mercado é o BLUR11.

Ele é um fundo de investimento direcionado para o mercado de antecipação de recebíveis do segmento. Desse modo, ao investir nele, você pode ter uma parte dos pagamentos de financiamentos imobiliários, por exemplo.

Quer saber mais sobre essa oportunidade? Continue a leitura e entenda o que é, como funciona e como investir no BLUR11!

O que é um fundo de investimento imobiliário?

Antes de conhecer o BLUR11, é interessante relembrar o conceito de fundo de investimento imobiliário (FII). Trata-se de uma modalidade de investimento que capta recursos financeiros de diversos investidores para aportar no setor de imóveis.

O portfólio desse tipo de fundo pode ser composto por aplicações de renda fixa relacionadas ao segmento, como letras hipotecárias (LH) e certificado de recebíveis imobiliários (CRI). Ele também pode envolver o investimento direto em imóveis ou cotas de outros fundos imobiliários.

Além disso, todo patrimônio do fundo é administrado por um gestor profissional. Portanto, ele é o responsável por executar a estratégia de investimento do FII em questão. Para realizar o seu trabalho, o gestor recebe uma remuneração — que é cobrada na forma de taxa de administração.

O que é e como funciona o BLUR11?

Agora que você sabe o que é um fundo de investimento imobiliário, é hora de conhecer mais sobre o BLUR11. Esse é o ticker ou código de identificação do FII Blue Recebíveis Imobiliários (FII BLUE REC) na bolsa de valores brasileira, a B3.

O fundo iniciou suas atividades em dezembro de 2021, integralizando 90.000 cotas. O BLUR11 é administrado pelo Banco Daycoval S.A. Ademais, a gestão fica a cargo da Blue Asset, uma gestora de recursos independente especializada em ativos imobiliários e operações estruturadas.

O objetivo do fundo é investir majoritariamente em certificados de recebíveis imobiliários (CRIs). Além dos CRIs, os recursos do BLUR11 podem ser aplicados em outros títulos de renda fixa do setor de imóveis, cotas de outras FIIs e até mesmo em imóveis.

Quais as principais características do FII BLUR11?

Como você viu, o BLUR11 é um fundo híbrido. Afinal, ele possui diferentes ativos do setor imobiliário em sua composição. Outro detalhe importante sobre o FII é a sua gestão ativa. Isso significa que o gestor tem liberdade para selecionar os ativos que comporão a carteira do fundo.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


A intenção dessa estratégia é buscar um retorno superior ao indicador usado como referência de rendimento. No caso do BLUR11, o benchmark é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) — o principal índice inflacionário do país.

Além de contar com uma gestão ativa, o BLUR11 foi constituído sob a forma de condomínio fechado, com prazo de duração indeterminado. Assim, caso o investidor queira se desfazer de suas cotas, ele deverá vendê-las no mercado secundário da bolsa de valores.

Em relação à distribuição de dividendos, todo FII é obrigado por lei a repassar aos cotistas, no mínimo, 95% do lucro líquido apurado conforme o regime de caixa semestral. Em alguns fundos, os proventos podem ser pagos mensalmente — se houver lucro a distribuir.

Quais as vantagens de investir no FII BLUR11?

Depois de conhecer as principais características do BLUR11, é válido saber quais são as vantagens de investir neste FII. Um dos pontos positivos é a alta diversificação, por se tratar de um fundo híbrido. Desse modo, é possível diluir os riscos gerais e aumentar o potencial de ganhos.

Outra vantagem de investir em fundos imobiliários é a possibilidade de viver de renda. Devido aos dividendos distribuídos pelo BLUR11, ele é uma fonte de renda que não depende diretamente do seu trabalho, contribuindo com uma estratégia de independência financeira.

Além disso, ele pode oferecer proteção contra a inflação. Isso porque o BLUR11 tem como referência um indicador inflacionário. Assim, a busca do gestor é por evitar a perda de poder de compra e preservar o patrimônio do fundo.

Quais os riscos de investir no FII BLUR11?

Além das vantagens, o BLUR11 possui riscos que devem ser considerados ao analisar o fundo. Um deles é o risco de crédito. Ele está relacionado à possibilidade do emissor do CRI não honrar com o pagamento na data combinada. Caso isso ocorra, os retornos do fundo diminuem.

Há também o risco de mercado. As mudanças no ambiente econômico e político podem afetar os financiamentos e contratos de aluguéis, por exemplo. Assim, a rentabilidade de fundos compostos por CRIs sofre oscilação por causa de alterações no mercado.

Além disso, há o risco de liquidez. Ela representa a facilidade com que o investidor consegue resgatar o valor alocado em um investimento. Como a negociação do BLUR11 se dá na bolsa, a venda das cotas depende de encontrar investidores interessados nela.

Vale a pena investir no FII BLUR11?

Até aqui você conferiu as principais informações sobre o BLUR11. Agora, é preciso definir se o investimento nesse FII vale a pena para sua estratégia. Para chegar a uma resposta pessoal, você precisa conhecer os fatores que deve analisar durante sua escolha.


Os principais pontos de atenção são:

Perfil de investidor

O perfil de investidor indica suas preferências e expectativas em relação aos investimentos. Ainda, o resultado da classificação aponta qual seu nível de tolerância aos riscos. Portanto, ele é fundamental para sua tomada de decisão.

Objetivos financeiros

Além disso, é importante considerar os seus objetivos financeiros. Isso permite a você entender se o BLUR11 possui características alinhadas aos seus planos. Por exemplo, ele pode interessar investidores que busquem uma fonte de renda passiva por meio de dividendos.

Como investir no FII BLUR11?

Caso conclua que o investimento em BLUR11 vale a pena para a sua estratégia de investimento, você deve saber como expor parte do seu capital a essa oportunidade. O primeiro passo é abrir conta em uma instituição financeira.

Em seguida, é necessário transferir dinheiro para a sua conta. Com os recursos disponíveis, basta acessar o home broker e buscar pelo ticker BLUR11. Depois, é preciso informar a quantidade de cotas que deseja adquirir e enviar a ordem de compra.

Conseguiu entender o que é e como funciona o BLUR11? Caso tenha interesse em investir nesse FII, lembre-se de considerar as suas características pessoais e planos para tomar uma boa decisão. Além disso, não se esqueça de contar com a intermediação de um banco de investimento de confiança!

Quer conhecer mais sobre os fundos imobiliários? Entre em contato conosco da Renova Invest e converse com um de nossos assessores de investimento!

 

 

 

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.