Renova Invest Facebook

5GTK11: Saiba mais sobre o ETF de tecnologia 5G

5GTK11
5GTK11

O setor de tecnologia vem conquistando destaque nos últimos anos e muitas pessoas acreditam em boas perspectivas de crescimento para ele. Por essa razão, é comum os investidores demonstrarem interesse em empresas desse segmento.

Se esse for o seu caso, então vale a pena saber mais sobre o ETF 5GTK11. Ele é um fundo de índice que traz aos investidores brasileiros a oportunidade de investir no setor de tecnologia e ainda oferece exposição ao mercado internacional.

A seguir, você conhecerá o 5GTK11 e poderá ter mais elementos para entender se esse ETF é uma oportunidade interessante para sua carteira de investimentos!

O que é e como funciona um ETF?

Antes de saber mais sobre o 5GTK11, é preciso entender primeiro o que é um ETF, ou exchange traded funds. Ele é um tipo de fundo de investimentos cujo objetivo é replicar a carteira teórica de um indicador econômico. Por isso, o ETF também é conhecido como “fundo de índice”.

Para conseguir reproduzir o desempenho do indicador escolhido, o gestor do ETF deve seguir a mesma metodologia adotada na composição da carteira teórica. Portanto, ele investirá nos mesmos ativos que compõem o índice, respeitando o peso que cada um tem no portfólio.

Um exemplo de indicador relevante é o Ibovespa, que representa as ações das empresas mais negociadas na B3, a bolsa de valores brasileira. Assim, quem deseja se expor a essas ações pode comprar cotas de um ETF referenciado no Ibovespa.

Além dele, há diversos outros indicadores econômicos no Brasil e no mundo. Do mesmo modo, existe uma grande variedade de fundos de investimentos que buscam acompanhar o desempenho desses índices.

O que é o 5GTK11?

Agora que você já entendeu o que é e como funciona um ETF, pode conhecer o 5GTK11. Ele é um fundo de índice que busca replicar o mesmo desempenho do ETF FIVG, listado na bolsa de Nova Iorque (NYSE).

Portanto, ambos os fundos seguem o mesmo índice: o BlueStar 5G Communications Index, composto por empresas ligadas à tecnologia 5G. Isso significa que, ao comprar cotas de um desses fundos, o investidor tem a oportunidade de se expor a companhias do segmento.

Veja exemplos de empresas que compunham o 5GTK11 em 2022:

  • AMD;
  • Xilinx;
  • Marvell;
  • Verizon;
  • Equinix;
  • Akamai;
  • Skyworks;
  • Qualcomm;
  • Keysight Technologies.

Quais são as principais características do ETF 5GTK11?

Como você viu, o 5GTK11 é um ETF composto por empresas de tecnologias listadas no mercado americano. Ele foi lançado em fevereiro de 2022, pela Investo Gestão de Recursos LTDA, na B3. Nessa data, o administrador e custodiante desse fundo era o Banco BNP. Paribas Brasil S.A.

Para remunerar o trabalho da gestão, o 5GTK11 cobra uma taxa de administração. Esse é um percentual cobrado com base no patrimônio líquido e que é pago pelo cotista referente à prestação de serviços de gestão e administração.

Assim como outros ETFs, o 5GTK11 tem gestão passiva. Isso acontece porque, ao acompanhar a rentabilidade de um índice específico, o gestor não precisa buscar estratégias para superar o benchmark. Com isso, sua taxa de administração pode ser mais baixa.

Outro fator relevante é a exposição cambial. Por replicar o desempenho de um ETF listado nos Estados Unidos, o 5GTK11 acompanha a variação do dólar americano (USD). Assim, ele pode apresentar valorização ou desvalorização a depender das movimentações da moeda.

Quais as vantagens e desvantagens de investir no 5GTK11?

Após conhecer as características do 5GTK11, é importante conhecer as vantagens e as desvantagens de investir nesse ETF. Assim, você é capaz de decidir se vale a pena ou não ter essa modalidade de investimento em sua carteira.

Como vimos, um dos pontos positivos de um fundo de índice é a possibilidade de diversificação. Afinal, ao investir em 5GTK11, você tem a oportunidade de se expor a empresas de diversos setores. Dessa forma, é possível diluir os riscos da sua carteira e potencializar o retorno geral.

Outra vantagem está relacionada à possibilidade de investir em um portfólio focado em tecnologia. Muitos investidores acreditam no potencial desse setor. Logo, adquirir cotas de um ETF do mercado de tecnologia pode trazer possibilidades de valorização — embora isso não seja garantido.

Mais um ponto positivo para quem se interessa em investimentos internacionais é a dolarização do patrimônio. Ao investir no 5GTK11, você se expõe à moeda americana. Dessa forma, é possível proteger os seus investimentos da alta do dólar em relação ao real.

Por outro lado, uma desvantagem é o não pagamento de dividendos. Isso acontece porque os fundos de índice brasileiros não distribuem esses proventos. Na verdade, eles são reinvestidos no próprio ETF. Dessa forma, a rentabilidade do 5GTK11 se dá por meio da valorização das cotas.

Outro aspecto negativo desse fundo é o acúmulo de taxas de administração. Isso porque o 5GTK11 paga uma tarifa para o ETF FIVG ao adquirir cotas dele. Normalmente, esse valor é repassado para os cotistas que compram participações em fundos que acompanham outros fundos.

Vale a pena investir em 5GTK11?

Depois de avaliar as vantagens e desvantagens do 5GTK11, você pode buscar entender se ele é uma oportunidade interessante para sua carteira. Para isso, é preciso considerar sua abertura para correr os riscos da renda variável e de um mercado em constante inovação.

Assim, sua decisão não deve estar somente embasada nas informações sobre o investimento. Além disso, é importante considerar seu perfil de investidor. De modo geral, modalidades de renda variável costumam ser mais adequadas para investidores de perfis moderados ou arrojados.

Outro aspecto essencial para embasar uma boa decisão de investimento são os seus objetivos financeiros. Nesse sentido, o ETF 5GTK11 pode combinar mais com planos de longo prazo, para diluir os riscos da bolsa de valores.

Agora que você conhece o 5GTK11 já sabe dessa possibilidade de investir no setor de tecnologia. Porém, antes de se expor a esse ETF, lembre-se de avaliar seu perfil de investidor e seus objetivos financeiros. Assim, é possível concluir se o investimento vale a pena ou não para você.

Quer saber mais sobre essa opção de ETF? Entre em contato conosco e converse com um de nossos assessores de investimento e tire as suas dúvidas!

 

 

 

 

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.