Quem busca alternativas de especulação ou de proteção da carteira costuma se deparar com o mercado futuro. Nesse cenário, é importante conhecer como ele funciona e suas denominações — como o código do mini índice Ibovespa.

Você conhece esse derivativo e sabe como ele é negociado na bolsa de valores? Todos os ativos e derivativos possuem um código de negociação, conhecido como ticker. Então é preciso saber identificá-lo para selecionar corretamente suas alternativas.

Para que você entenda melhor essas questões, neste texto será possível aprender o que é o mercado futuro, assim como seus contratos e minicontratos. Além disso, conhecerá os mini índices e o código do Ibovespa.

Confira a seguir!

O que é o mercado futuro?

É no mercado futuro onde o mini índice Ibovespa é negociado. Por isso, é fundamental conhecer esse ambiente da bolsa de valores e saber como ele funciona. Afinal, ele tem uma dinâmica de negociação diferente do mercado à vista.

Nesse sentido, no mercado futuro ocorre a negociação de derivativos que serão liquidados em um prazo futuro. Logo, não são os próprios ativos que são negociados, mas sim contratos referentes a eles.

Funciona assim: os contratos são negociados na bolsa com um prazo de vencimento e cotação especificada para essa data. O interessado pode se posicionar em relação ao preço do ativo no futuro nesses contratos — e haverá ajuste diário dos resultados.

Assim, todo dia, a média ponderada das negociações do contrato será lançada ou descontada na conta do especulador sob forma de crédito ou débito, respectivamente. Logo, ao final do prazo acordado, os ganhos (ou perdas) se darão pela soma dessas diferenças durante o período.

O funcionamento do mercado futuro faz com que não seja preciso ter todo o dinheiro em conta para negociar os contratos. É possível operar alavancado, apresentando uma margem de garantia delimitada previamente.

Assim, esse mercado é muito utilizado por especuladores para buscar ganhos em curto ou curtíssimo prazo, conforme as oscilações de preços. Mas ele também pode servir como uma forma de proteger o capital, por meio do hedge.

O que são os contratos futuros?

Você viu que no mercado futuro se negociam derivativos. Eles são os contratos futuros, que permitem o acompanhamento de preços de determinados ativos negociados. Os ativos podem ser de diferentes tipos, mas os principais são:

  • commodities: como o café, milho, soja, boi gordo, petróleo;
  • índices de mercado: como o Ibovespa e o S&P 500;
  • moedas estrangeiras: como o dólar e o euro.

Esses contratos têm valores padrão conforme o ativo ao qual eles estão ligados. Por exemplo, um contrato futuro do índice Ibovespa tem o valor de R$ 1 para cada ponto desse índice. Então, se ele for cotado a 120 mil pontos, o contrato terá um preço de R$ 120 mil.

Investir em empresas estrangeiras não precisa ser difícil!

Baixe nosso e-book e saiba como ser sócio das gigantes internacionais: Amazon, Google, Apple, Facebook, entre outras!




Ainda, é importante entender que os contratos futuros também são negociados em lotes. Ou seja, não é possível negociar apenas um derivativo. Nesse sentido, o lote padrão é de 5 contratos. Então, no exemplo que você viu, um lote do futuro do Ibovespa teria uma cotação de R$ 600 mil.

Como funcionam os minicontratos?

Os minicontratos também são contratos futuros. Contudo, eles têm uma importante diferença: são mais acessíveis por conta da quantia financeira movimentada e dos lotes de negociação. Como você viu, os contratos cheios podem resultar em exposição bastante expressiva.

Mesmo sendo necessário apresentar apenas uma margem de garantia, uma vez que ela é um percentual baseado no preço do contrato, muitas pessoas podem não ter acesso a essas quantias. Assim, os minicontratos representam 20% de um contrato cheio.

Além disso, eles não são negociados em lotes, mas em unidades. Ou seja, é possível operar com apenas um minicontrato, diminuindo bastante o valor necessário para a margem de garantia exigida pela bolsa.

Utilizando o mesmo exemplo anterior, os minicontratos do Ibovespa teriam uma cotação de R$ 24 mil, podendo ser negociados por unidades. Logo, mais interessados podem ter acesso a essas alternativas.

O que são os mini índices?

Você entendeu o que são contratos futuros e minicontratos. Então é preciso aprender o que são mini índices para avaliar essa alternativa de especulação ou de hedge. Nesse sentido, é possível defini-los como minicontratos vinculados a índices financeiros.

Existem dois exemplos principais sobre eles: Ibovespa e S&P 500. O Ibovespa é o principal índice da bolsa brasileira. Isso porque ele representa a movimentação dos papéis das empresas mais negociadas da B3.

Ele funciona como uma carteira teórica composta por ações de companhias com grande valor de mercado e volume de negociação. Calculado pela própria B3, há uma metodologia específica para a composição do índice e seus resultados.

Já o S&P 500 é um dos principais indicadores do mercado de ações dos Estados Unidos. Ele é composto por 500 empresas listadas nas bolsas norte-americanas, também escolhidas por sua forte representação.

Como você viu, os minicontratos de índice são calculados por uma fração de 20% dos contratos cheios de índice. Logo, como o contrato cheio do Ibovespa tem uma cotação de R$ 1 por ponto, o minicontrato tem um preço de R$ 0,20 por ponto.

Qual é o código do mini índice Ibovespa?

Conhecendo todos esses detalhes sobre o mercado futuro e os mini índices, você pode aprender mais sobre o código do mini índice Ibovespa. Afinal, é preciso conhecê-lo para encontrá-lo no home broker.

Os tickers dos contratos futuros são compostos por três letras, que representam o tipo de contrato, uma letra que representa o mês de vencimento, e dois números que representam o ano de vencimento.

O mini índice Ibovespa, é representado pelo código WIN. Já o mês de vencimento segue a seguinte tabela:

  • G: fevereiro;
  • J: abril;
  • M: junho;
  • Q: agosto;
  • V: outubro;
  • Z: dezembro.

Como você percebeu, os meses de vencimento são sempre pares. Ademais, o dia de vencimento é na quarta-feira do mês mais próxima do dia 15. Então suponha que haja em negociação o mini índice com o ticker WINM22.

Esse derivativo se trata do mini contrato do índice Ibovespa que vence em junho de 2022. Assim, ao fazer a negociação, você já conhecerá o mês e ano do prazo final para a liquidação do contrato.

Agora que já conhece e sabe como funciona o código do mini índice Ibovespa, é possível decidir se ele faz sentido no seu caso. Lembre-se que o mercado futuro é muito utilizado para especulação e operações de hedge, como uma forma de proteção da carteira. Portanto, é fundamental ter conhecimento de mercado para fazer as operações.

Precisa de ajuda para saber como fazer uma boa gestão de riscos e conhecer melhor o mercado futuro? Então conte com a assessoria da Renova Invest!