Renova Invest Facebook

Investimentos para médicos: confira o passo a passo para investir com segurança e bons retornos

investimentos
investimentos

A medicina é uma profissão que necessita de muita dedicação, desde na hora de ingressar na faculdade até começar a atuar na área. Com certeza, tempo e dinheiro são dois componentes que fazem parte desta jornada. Mas, existe investimentos para médicos?

Então, caso já esteja trabalhando e colhendo os frutos do esforço, o próximo passo é saber gerenciar o dinheiro, o que inclui abrir o leque de possibilidades de investimentos. Por mais que os médicos possuam uma renda mensal alta, isso não quer dizer que vão ter estabilidade pro resto da vida .

Primeiro passo: planejamento financeiro

Se as pessoas já ficam atoladas com a rotina, imagina um médico? Sem tempo de pensar em investimentos, é comum deixar isso de lado. Mas, o time da Renova Invest pode te ajudar com esse probleminha. 

Com um assessor de investimentos do seu lado, você pode pensar nos seus objetivos financeiros e quanto tem disponível para investir. 

Inclusive, se tiver uma clínica ou qualquer tipo de negócio, nunca misture a sua receita pessoal com a da empresa. É uma forma de evitar confusão e gerar desfalques. Outro ponto importante é ter uma reserva de emergência, o valor é para momentos de necessidades e imprevistos.

 Entender os custos de uma clínica ajuda a não ter problemas financeiros e comprometer o orçamento, como custos com manutenção e impostos. O fluxo de caixa também precisa de atenção, principalmente nas transações financeiras. Tudo isso para ter um controle de tudo o que entra e sai de dinheiro.

Agora, você está pronto para seguir em frente e acumular patrimônio. Investindo de acordo com o seu perfil e objetivos, faz com que não tenha que se preocupar com estabilidade financeira.

Investimentos para médicos

Claro que deve ter passado pela sua cabeça: qual é o melhor investimento para médicos? Não querendo desanimar ou complicar, mas não existe uma única resposta. Depende do que você quer com esse dinheiro, afinal, pode garantir uma boa aposentadoria, comprar um imóvel de luxo ou expandir a clínica. 

Veja algumas opções de acordo com as metas: 

  • Reserva de emergência

Pensando em um valor de reserva caso aconteça algum imprevisto, investimentos seguros são uma boa opção, como Tesouro Selic ou fundos mais conservadores que investem em renda fixa.

Por exemplo, o título do Tesouro possui liquidez diária e o rendimento acompanha o CDI, que é a taxa que está bem próxima da Selic, porém, a taxa de custódia come um pouco do retorno.  Já fundos de renda fixa, um ponto de atenção é avaliar a rentabilidade e os custos, pois cobram uma taxa de administração que também pode diminuir os rendimentos. 

O que é o Tesouro Selic?

O Tesouro Selic (ou LFT) é um dos títulos públicos emitidos pelo Tesouro Nacional. Ele está disponível na plataforma do Tesouro Direto e é considerado uma das alternativas para quem está começando a investir e para quem deseja compor a reserva de emergência.

Trata-se de um investimento em renda fixa pós fixado, remunerado pela Taxa Selic – isto é, a taxa de juros base da economia brasileira. E, diferente de outras alternativas de títulos públicos, o Tesouro Selic tem características particulares, que o tornam interessante para diversos perfis de investidor.

Como funciona o Tesouro Selic?

O funcionamento do Tesouro Selic é semelhante à de outros títulos de renda fixa privados, como o Certificado de Depósito Bancário (CDB). No caso do CDB, o investidor empresta o dinheiro para uma instituição privada.

Já em relação ao Tesouro Selic, o investidor está emprestando dinheiro para o Governo. Em troca, recebe seu dinheiro com juros. Afinal, o Governo precisa de dinheiro para fazer a máquina pública funcionar, e emite títulos para captar recursos.

O que são os investimentos de renda fixa e como funcionam?

As aplicações que fazem parte dessa classe apresentam uma lógica de rentabilidade que é conhecida pelo investidor antes do aporte. Com isso, esses são investimentos que trazem mais previsibilidade e mais segurança. Ao mesmo tempo que as aplicações de renda fixa têm menos riscos, elas oferecem ganhos menores. Isso acontece devido à relação entre risco e retorno.

Entre as oportunidades de renda fixa, estão os títulos públicos — emitidos pelo Tesouro Nacional — e os títulos privados. Já entre os títulos privados, há aqueles que são emitidos por instituições financeiras e os que fazem parte do crédito privado.

Essa subdivisão é composta por títulos emitidos por instituições não-financeiras ou empresas que têm maior risco de crédito ou de inadimplência. Desse modo, eles podem oferecer retornos maiores que outras opções de renda fixa para se manterem atrativos aos investidores.

A negociação do Tesouro Selic, assim como de outros títulos emitidos pelo Governo, é realizada na plataforma do Tesouro Direto. Para acessá-la, é preciso ter conta em uma instituição financeira.

  • Acumulando patrimônio

Já se o que você quer é acumular patrimônio, então vale investir a longo prazo, considerando opções como ações e fundos imobiliários. A Bolsa de Valores do Brasil possibilita montar uma carteira com empresas que pagam bons dividendos, sendo que a renda extra já vem descontada de impostos,  não tendo incidência de Imposto de Renda (IR) e nem de IOF.

Enquanto os fundos imobiliários possibilitam aplicar em imóveis e papéis imobiliários de forma através de cotas dos fundos. Aqui, você recebe um ‘aluguel’ mensal de acordo com a quantidade de cotas adquiridas, também sendo isento de IR.

Como funciona a bolsa de valores?

Conseguiu entender o que é a bolsa de valores? Agora é preciso saber como esse ambiente de negociações funciona. Para isso, vale ter em mente que ela é dividida em quatro mercados:

  • à vista;
  • a termo;
  • futuro;
  • de opções.

No mercado à vista os investidores podem comprar e vender ações, cotas de fundos imobiliários (FIIs) e outros ativos. As cotações variam conforme a oferta e a demanda do mercado no momento da operação. A liquidação, geralmente, acontece dentro de poucos dias úteis.

Por sua vez, o mercado a termo é o ambiente em que duas partes firmam uma data para a liquidação do negócio. Ou seja, o pagamento ocorre em um momento futuro.

Também há o mercado de opções. Trata-se de um tipo de derivativo que representa o direito de comprar ou vender um ativo em determinada data e cotação. Muitos investidores as utilizam para especular na bolsa ou como uma forma de se proteger da volatilidade.

Por fim, o mercado futuro é o espaço onde se negociam os derivativos financeiros chamados de contratos futuros. Eles permitem se expor ao preço futuro de um ativo, mas a liquidação é apenas financeira. Esse ambiente costuma ser usado por investidores com estratégia de hedge ou especulação.

E quais os principais investimentos disponíveis na bolsa? Descubra aqui.

Como funcionam os fundos imobiliários?

Para fazer seus aportes nos fundos imobiliários é preciso adquirir cotas do FII do seu interesse. Como elas são negociadas na bolsa de valores, você pode adquiri-las pelo home broker do seu banco de investimentos.

A partir daí, poderá se beneficiar de eventuais resultados positivos do fundo. Eles podem acontecer pela valorização das cotas ou pela distribuição de lucros em forma de dividendos. Assim, é possível receber uma renda passiva proporcional à sua participação em cotas do fundo.
  • Investimentos para a aposentadoria

Seja da classe de médicos ou não, nunca se esqueça da dica mais importante de todas: diversifique a sua carteira! Assim,  o investidor consegue mitigar riscos e melhorar os rendimentos das aplicações. Investir pensando na aposentadoria também é a longo prazo. 

Ou seja, a previdência privada é um bom caminho e  funciona como uma renda extra para a aposentadoria. Existem dois planos de previdência privada: o PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres) e o VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres).

Como escolher a previdência privada?

Se a previdência privada é um investimento, a consequência lógica é que você deve escolher sua previdência privada da mesma forma que escolhe um investimento. Isso envolve uma série de fatores.

Primeiramente, você tem que analisar em qualtipo de fundo seus aportes serão aplicados.

Os fundos de previdência têm em comum o fato de ser long biased, isto é, focados em resultados de longo prazo. No entanto, eles podem variar em relação ao tipo de fundo. Em outras palavras, eles se diferenciam em relação à principal classe de ativo que compõe sua carteira e à estratégia para a construção dessa carteira.

Existem fundos de previdência de renda fixa, de ações, multimercado. Também existem os fundos balanceados.

Fundos balanceados se assemelham com fundos multimercado, por construir sua carteira com várias classes de ativos, mas só podem incluir uma certa porcentagem de ativos de renda variável. Por exemplo, em fundos balanceados 15%, somente 15% da carteira pode ser formada por ativos de renda variável. Essa restrição não existe nos multimercados.

Em segundo lugar, observe qual é a rentabilidade que o fundo vem apresentando, ao longo dos anos.

Tenha em mente que esse é um investimento de longo prazo. Assim, mesmo uma pequena diferença de rentabilidade entre os fundos pode resultar em um acúmulo de capital significativamente maior ao longo do tempo.

Outro aspecto a ser observado são os custos.

Os fundos de previdência, assim como quaisquer fundos, cobram taxas dos seus cotistas. A principal delas é a taxa de administração, geralmente já incluindo a taxa de gestão. Ela corresponde a uma porcentagem anual do capital total investido (principal mais rendimentos).

Outra taxa importante é a taxa de carregamento, exclusiva dos fundos de previdência. Ela corresponde a uma porcentagem sobre as movimentações financeiras e incide apenas sobre o capital principal.

Com os investimentos certos, todos os médicos pode aumentar gradativamente o seu patrimônio, além de manter a qualidade de vida que achar necessário. E se você precisar consultar um especialista, conte com a Renova Invest!

Não perca tempo e aperfeiçoe seus conhecimentos, se inscreva no nosso canal do YouTube para explorar as melhores oportunidades de investimentos no mercado.

Ficou com alguma dúvida? Caso queria conhecer mais alternativas de investimentos, conte com a nossa assessoria! Entre em contato conosco, temos uma equipe preparada para ajudar você!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.