Para operar na bolsa de valores, você não pode se valer apenas da sua intuição. É preciso recorrer a ferramentas que ajudem na tomada de decisão, minimizando o uso da subjetividade. Nesse sentido, a análise técnica, que inclui indicadores como o hi-lo activator, pode orientar sua prática.

Assim como existem diversos indicadores na análise fundamentalista, a análise técnica também tem os seus. Sabendo usá-los, o especulador não se perde no mercado financeiro sem saber o que fazer.

Você está buscando especular no curto e até no curtíssimo prazo? Então veja mais sobre o hi-lo neste post.

Continue a leitura para conhecê-lo e descubra como usá-lo!

O que é análise técnica?

Antes de falarmos sobre o indicador hi-lo activator, vale a pena lembrar o que é análise técnica. Trata-se de um método para analisar o comportamento de um ativo ou derivativo por meio de gráficos. Por isso, é comum vermos o uso da expressão análise gráfica.

Mas não são gráficos simples como aqueles que o Google exibe quando você pesquisa a cotação de um ativo. A análise técnica requer gráficos mais complexos, capazes de transmitir uma quantidade maior de informações.

É por isso que se usa, principalmente, os gráficos de candlestick. Ele apresenta velas com dados relevantes. Além disso, é preciso recorrer a softwares capazes de recuperar o histórico dos ativos e gerar tais gráficos. Desse modo, você terá condições de usar a análise gráfica para operar.

O que é hi-lo activator e para que serve?

O hi-lo activator é um dos indicadores usados na análise técnica. Ele foi desenvolvido por Robert Krausz, um renomado trader húngaro que fez carreira nos Estados Unidos. Também conhecido como Gann Hilo, ele pode ser exibido em um gráfico de candlestick sempre que você quiser.

É um indicador de tendência que ajuda você a estimar o comportamento que um ativo terá. O termo hi-lo faz referência a duas palavras da língua inglesa. Uma delas é high, que significa alto, e a outra é low, que significa baixo.

Logo, o indicador aponta para tendências de alta ou de baixa. Desse modo, ele pode ser útil para que você decida vender ou comprar determinado ativo.

No caso de um movimento de alta, o indicador é exibido abaixo dos candles, geralmente na cor verde. Por outro lado, se o movimento é de queda, ele é exibido na cor vermelha, acima dos candles.

Como funciona o hi-lo activator?

O hi-lo activator é uma espécie de média móvel. As médias móveis são indicadores que podem ajudar você a identificar prováveis pontos de suporte e resistência. Elas são calculadas com base nos valores dos últimos fechamentos.


Com o hi-lo acontece algo parecido, mas ele é calculado com base nas mínimas e nas máximas. Quando o ativo está em alta, ele considera as últimas máximas e projeta um valor no futuro próximo.

Por outro lado, quando o ativo está em queda, ele considera as últimas mínimas, fazendo uma projeção para o próximo intervalo. O cálculo é feito por meio de uma média aritmética simples. O indicador soma esses valores e divide o total pelo número de intervalos.

Você pode considerar os últimos três, quatro, cinco ou qualquer outra quantidade de intervalos. O ponto é que, quanto menos dados usamos, mais sensível o indicador fica.

Percebeu as diferenças entre as médias móveis e o hi-lo activator? As primeiras indicam o que aconteceu, enquanto o segundo tenta prever o que acontecerá.

Como usar o hi-lo activator?

Suponha que o hi-lo indique que o ativo está em tendência de alta. Você sabe que, em algum momento, haverá uma reversão no movimento. O hi-lo activator pode ajudar a identificar justamente esse momento em que a curva está prestes a se reverter.

Isso acontece quando o preço de fechamento do ativo cruza a linha do hi-lo. Aliás, quando isso ocorre, o próprio gráfico muda a cor da linha do hi-lo de verde para vermelho. Esse pode ser o momento de fazer uma operação – seja saindo de uma posição comprada, seja entrando em uma posição vendida, por exemplo.


O mesmo vale para um movimento de queda. Em algum momento, o valor de fechamento cruzará a linha do hi-lo. O sinal pode indicar que o preço subirá a partir dali, sugerindo uma oportunidade de comprar. É por isso que há traders que usam o hi-lo como stop móvel em vez de definir um valor fixo para o stop.

Quando usar o hi-lo activator?

Quando você entende o funcionamento do hi-lo activator, é interessante analisar alguns gráficos e ver como esse indicador é útil. Mas é preciso ter cuidado para não se enganar. Não pense que o hi-lo, por si só, pode ser usado como base para todas as suas decisões.

Quer entender isso melhor? Experimente abrir um software de análise gráfica – existem alguns que funcionam on-line e oferecem uma versão mais limitada gratuitamente. Procure o recurso de funções e indicadores e veja quantos indicadores você pode incluir em um gráfico.

Você verá que há diversos recursos a utilizar. Assim, o hi-lo activator é apenas um de inúmeros indicadores que fazem parte da análise técnica. O melhor é recorrer a um conjunto deles para embasar suas decisões.

Inclusive, o mesmo acontece na análise fundamentalista, que é usada para investimentos de longo prazo. Há investidores que prestam uma atenção especial em indicadores como o dividend yield. Afinal, ele ajuda a estimar a renda passiva que determinado ativo pode proporcionar.

No entanto, a companhia pode não estar bem financeiramente e acabar sofrendo problemas com o tempo. Logo, na análise fundamentalista também é preciso recorrer a um conjunto de indicadores para tomar decisões. O mesmo princípio vale para as duas estratégias de análise.

Com a ajuda do hi-lo activator, você pode operar na bolsa de valores de modo mais consciente. Ao analisar esse e outros recursos, é possível tomar decisões bem embasadas em vez de usar a intuição.

Mas tome o cuidado de seguir estudando para conhecer os demais indicadores e avaliar aqueles que fazem mais sentido em suas operações!

Quer continuar aprendendo sobre análise técnica e assuntos relacionados ao mercado financeiro? Então assine a nossa newsletter para não perder os conteúdos que nós publicamos aqui no blog!