Day trade: o que é e como funciona?

Day trade: o que é e como funciona?

Você certamente já ouviu falar em day trade, certo? Mas será que sabe como funciona essa operação no mercado financeiro? Muitas pessoas se interessam pela possibilidade de ganhar dinheiro no curtíssimo prazo na bolsa de valores, porém é preciso atenção.

De fato, o day trade pode proporcionar ganhos interessantes a quem realiza negociações de compra e venda para aproveitar as oscilações da renda variável. Contudo, ter resultados consistentes depende da sua preparação.

E o primeiro passo é entender todos os detalhes sobre o assunto. Assim, é possível reunir as informações necessárias para aproveitar as possibilidades que o mercado oferece e reduzir os riscos da especulação.

Quer saber mais? Confira este post!

O que é day trade?

A bolsa de valores atrai dois perfis de operadores: o investidor e o especulador. O primeiro tem foco de longo prazo, enquanto o segundo apresenta uma visão de curto prazo. Isto é, enquanto um deseja encontrar boas ações para manter, o outro compra e vende ativos para lucrar com oscilações.

Na especulação, existem várias maneiras diferentes de ganhar dinheiro. O day trade é apenas uma delas. No caso, ele consiste em abrir e fechar posições em um mesmo dia.

Significa que o trader compra os papéis ou outros ativos e vende eles antes do final do pregão — zerando sua posição para cada novo início de dia. Seu objetivo é lucrar com variações no preço de compra e venda.

Em outras palavras, se o trader compra mais barato do que vende, ele consegue rendimentos pela diferença entre os valores.

Em situações específicas, também é viável ganhar dinheiro com a queda da bolsa. Isso acontece em uma transação que vai no caminho oposto: vende-se um ativo por um valor mais alto e depois o compra por um preço mais baixo.

No day trade, não há um momento específico para acontecer uma compra ou venda – é preciso apenas que a posição seja zerada no mesmo dia. O especulador pode, por exemplo, realizar as operações em intervalos de minutos ou horas, a depender das suas análises.

Como você pode perceber, é uma atividade que demanda bastante atenção. Afinal, se o foco está em oscilações de curtíssimo prazo, é preciso acompanhar de perto o mercado para saber quando entrar ou sair de uma posição.

Como ele se diferencia de outras operações?

Falamos que o day trade não é a única opção para especuladores na bolsa. Existem outras atividades realizadas por traders. A diferença entre elas está relacionada com o tempo médio de duração.

Agora você já sabe, por exemplo, que o day trade, como o nome indica, representa operações feitas em um mesmo pregão. Mas quais são as outras opções?

Outra possibilidade para especular na bolsa é o swing trade, que se refere às negociações realizadas com um intervalo um pouco maior. Ainda se trata do curtíssimo prazo, pois a compra e a venda costumam acontecer depois de poucos dias.

De modo geral, o swing trade pode variar entre alguns dias e algumas semana. Assim como outras formas de trade, o objetivo é lucrar com as oscilações.

Mas, considerando que o intuito é o mesmo, como escolher entre as duas modalidades? Na verdade, a escolha depende do estilo de cada pessoa e das análises que ela faz.

Enquanto no day trade o foco está em avaliar o comportamento das ações em um dia, quem pratica o swing trade observa prazos maiores para se posicionar de maneira vantajosa na bolsa.

Os movimentos da bolsa em um dia, uma semana e algumas semanas podem ser bem diferentes. Logo, depende de cada especulador identificar suas opções preferidas.

Existe, ainda, outra possibilidade um pouco mais demorada: o position. Ele dura de alguns meses até um ano ou mais. Mas não pode ser confundido com o buy and hold — que é praticado por investidores de longo prazo, cujo foco é a posse das ações, que costuma acontecer por anos ou mesmo décadas.

Como o day trade funciona?

Depois de saber o que é o day trade e quais são as demais alternativas comuns para traders, é importante ver detalhes sobre como o day trade funciona.

Aqui, vamos focar nas informações básicas acerca da realização de negociações no curtíssimo prazo. Acompanhe!

Plataformas de investimento

Um dos pontos fundamentais para falar sobre day trade é a necessidade de plataformas rápidas e estáveis para realização das ordens de compra e venda.

Afinal, imagine se um operador, focado em intervalos de poucos minutos ou horas, não conseguir emitir suas ordens no momento certo? Poderia significar perdas de rendimentos ou até prejuízos.

As necessidades específicas levam muitos especuladores a optarem por plataformas mais tecnológicas e apropriadas para atividades de trade.

Como você provavelmente sabe, o home broker é a principal plataforma utilizada por investidores — especialmente porque é oferecida gratuitamente pelas instituições financeiras. Para compras eventuais, ele geralmente funciona bem. Entretanto, pode apresentar algumas limitações relevantes para traders.

As plataformas pagas são bem diversas e podem oferecer particularidades que facilitam a vida do especulador. Por exemplo, integração com análises gráficas, maior agilidade nas ordens, automatização de operações etc.

Ferramentas de análise

Ao considerar a entrada no ramo de day trade, é muito importante que você saiba que as operações não são feitas de qualquer maneira ou movidas por intuição. Seus resultados financeiros estão relacionados a uma boa capacidade de análise.

A possibilidade de lucrar com ações no curto prazo parte do fato de que o mercado se comporta de acordo com tendências — e elas podem ser percebidas em análises gráficas. Logo, é por meio delas que o trader percebe que pode realizar uma negociação vantajosa.

Deixar de desenvolver uma estratégia clara e não ter ferramentas eficientes de análise atrapalha bastante suas chances de lucrar na bolsa. Por isso, instrumentos de análise técnica são essenciais.

Eles se baseiam em algumas informações sobre o pregão: os preços, o volume de transações realizadas, os padrões gráficos das oscilações etc. Saber manejar os dados oferece o diferencial que o trader precisa para ter maiores chances de ser bem sucedido.

Mecanismos de proteção

Mais elementos que valem a pena conhecer quando o assunto é day trade são os mecanismos de proteção. Eles podem ser utilizados para controlar melhor o risco e fazer um manejo ativo dele em seus trades.

A ideia é reconhecer que o mercado nem sempre se comporta conforme o trader espera. Ainda que seja feita uma análise cuidadosa, as tendências podem não se confirmar dentro do mesmo dia.

Então, é preciso estar preparado para controlar as perdas. O problema no day trade não é ter prejuízo, mas ter perdas maiores do que você está disposto a enfrentar.

Nesse sentido, um mecanismo muito relevante é o stop loss. Ele permite estabelecer um limite de perdas e automatizar sua saída da operação.

Além de ajudar no manejo de risco, as ferramentas de stop também são uma forma de utilizar a tecnologia como aliada para ter menos necessidade de atenção ao mercado o tempo inteiro. Mas é preciso muita atenção, uma vez que o stop loss pode ser “pulado” em caso de quedas repentinas mais fortes.

Também existe, por exemplo, o stop gain, que lhe permite finalizar automaticamente a operação quando conquista o ganho desejado. Desse modo, você não precisa acompanhar o mercado a cada minuto para saber a hora de zerar a posição.

Quais são as vantagens do day trade?

Depois de entender mais sobre esta modalidade, uma dúvida pode surgir: será que vale a pena operar com os ativos financeiros do mercado em ações no curtíssimo prazo?

A decisão de realizar ou não o day trade — ou outras formas de especulação — é pessoal e deve levar em conta os seus interesses e objetivos. Para ajudar, podemos citar algumas vantagens da prática.

A primeira, claro, é a chance de ganhar dinheiro no curto prazo. Em relação aos investidores, que podem levar anos ou décadas para ter o retorno esperado, especuladores podem acumular ganhos dia após dia.

É um fato que a renda variável passa por oscilações o tempo todo. Logo, quem consegue perceber tendências e se posicionar de maneira estratégica tem oportunidades de rendimentos constantemente.

Inclusive, essa é outra vantagem do day trade: não é possível lucrar apenas com a alta das ações, mas também com movimentos de baixa. Assim, os traders conseguem obter rentabilidade até mesmo na crise.

Mais um fator vantajoso é a possibilidade de operar alavancado. A alavancagem consiste em utilizar um dinheiro a mais do que você tem em caixa. Ela pode ser utilizada a partir da oferta da chamada margem de garantia.

Você oferece dinheiro ou ativos como garantia para a instituição e pode aumentar a proporção aportada nas suas operações. Consequentemente, suas possibilidades de ganho se tornam maiores (importante dizer que os riscos também aumentam).

As regras para alavancagem dependem de cada instituição É ela – e a bolsa de valores –  quem definem o quanto será preciso para margem de garantia e qual será o percentual de recursos que o trader pode utilizar.

Day trade é arriscado?

A chance de ganhar dinheiro no dia a dia com a bolsa de valores parece bastante atrativa, certo? Mas e quanto aos riscos? É impossível dizer que o day trade não envolve riscos para o especulador.

Na verdade, nenhum investimento ou especulação é 100% seguro. Todos eles apresentam alguns elementos arriscados — que podem ser bem diferentes a depender das características de cada atividade.

No caso do trade, podemos afirmar que se trata de uma prática bastante arriscada. Por isso, ele não é adequado para investidores conservadores ou mesmo moderados. É preciso ter um apetite maior ao risco.

Sobre o tema, vale a pena também reforçar que o manejo de risco pode ser o melhor amigo do trader — e de qualquer pessoa que invista na bolsa de valores. Afinal, investimentos de longo prazo que são feitos sem estratégia podem ser até mais perigosos do que um day trade bem pensado.

Em resumo, os riscos existem e precisam ser reconhecidos para que seus efeitos possam ser controlados. O day trade se expõe diretamente às oscilações do mercado. Logo, a possibilidade de perdas sempre está presente.

Inclusive, é preciso que o especulador saiba disso para que não entre na bolsa com a expectativa de nunca perder dinheiro. Ter prejuízo não precisa ser visto como o fim do mundo. É possível compensar as perdas com os ganhos ao longo do mês.

Fique atento, ainda, ao risco maior na alavancagem. Se você tem mil reais na conta, mas está operando com 10 mil alavancados, os seus riscos se referem à quantia maior, e não à menor.

Quais são os erros de especuladores iniciantes?

As possibilidades do mercado financeiro no curto e curtíssimo prazo seduzem muitas pessoas, que fazem planos de começar no day trade. Pode ser uma ótima decisão, mas vale a pena ficar ligado a alguns erros cometidos por iniciantes.

Conheça alguns deles:

Não avaliar o perfil de investidor

A primeira grande falha de quem inicia a especulação sem se preparar direito é deixar de avaliar o perfil de investidor. Como falamos, o trade é mais adequado para investidores arrojados, que estejam dispostos a correr riscos maiores e tenham um perfil mais especulador.

Se você é um investidor conservador, somente a possibilidade de perder dinheiro já lhe deixa ansioso. Então, não é interessante começar em algo tão arriscado quanto a especulação.

Investidores moderados também precisam ter atenção, já que sua abertura ao risco pode não ser suficiente para realizar day trade. Tenha cuidado ao entrar no mercado só porque “todos estão fazendo isso” ou porque há chance de ganhar dinheiro.

Não ter uma estratégia

Infelizmente, ainda há quem acredite que o day trade funciona como aposta: você compra algo, torce para o preço subir e poder vender com lucro. Não se trata disso. Na realidade, o trade exige muito trabalho.

Um dos maiores erros de iniciantes é não ter uma estratégia definida e não aprender a utilizar as análises gráficas. Sem isso, fica muito difícil saber o que está fazendo na bolsa — logo, o risco de prejuízo aumenta.

Tenha em mente que o indicador para comprar ou vender determinados papéis ou ativos não é sua intuição ou o conselho que escutou de alguém. Cada decisão precisa ser baseada nas tendências observadas no mercado.

Não atentar para a necessidade de controle emocional

Por mais que pareça um trabalho técnico — e envolve sim bastante técnica, o day trade também depende, em grande parte, do aspecto emocional. É necessário saber controlar a ansiedade e o nervosismo para operar bem.

Do contrário, há o perigo de vender ações na pressa por ter medo de uma tendência de queda, por exemplo. Ou, o contrário, comprar papéis movido pelo impulso de achar que o movimento de alta continuará — mesmo sem que o gráfico corrobore a visão.

O controle emocional também é relevante para que você não ceda à arrogância. É preciso sempre buscar aprender novas formas de melhorar suas operações. Tenha cuidado tanto com o excesso de otimismo quanto com o pessimismo.

Qual é o capital necessário para fazer day trade?

Muitas pessoas se perguntam quanto de dinheiro é preciso para começar operações de day trade. O capital aportado depende bastante dos seus objetivos na bolsa. Afinal, valores mais altos permitem atividades mais complexas ou agressivas.

Mas para iniciar o day trade não é necessário um capital específico. Apesar das ações serem negociadas geralmente a partir de lotes de 100 ações, nas operações de trade é possível especular com quantias bastante reduzidas – graças ao mercado fracionário.

Contudo, no caso do trade é importante destacar que a liquidez do mercado fracionário costuma ser menor — além dos preços poderem ser relativamente maiores.

Ainda sobre o capital necessário, lembre-se que existe a possibilidade de alavancagem. Então, é viável ter uma quantia menor de dinheiro e, mesmo assim, conseguir negociar valores mais altos.

Além dos custos com a compra direta de ações e outros ativos, vale a pena ficar atento às taxas envolvidas. Por exemplo, a taxa de emolumentos que é cobrada pela B3 em todas as compras realizadas na bolsa.

A instituição financeira também pode fazer uma cobrança relacionada à taxa de corretagem nas negociações de compra ou venda. Outra taxa comum é a de custódia.

Por fim, há o Imposto de Renda. O day trade é taxado em 20% sobre os lucros líquidos obtidos. Apenas uma pequena parte do valor é descontada na fonte. O restante você deve calcular para emitir um DARF de pagamento a cada mês.

Quais são as dicas para quem deseja começar?

Se você gostou de conhecer o day trade e pretende começar a realizar suas operações na bolsa, não deixe de considerar todas as informações que demos.

Aproveite os erros de principiantes citados para tomar os cuidados necessários na hora de evitar falhas e melhorar seus resultados nas negociações.

Uma dica central é focar no manejo de risco, como deixamos evidente neste conteúdo. Qualquer pessoa pode realizar day trade na renda variável, mas os cuidados nesse sentido ajudam você a alcançar seus objetivos.

Mantenha o foco e a disciplina ao acompanhar o mercado. Tenha uma estratégia eficiente e fique com as emoções sob controle para evitar decisões irracionais.

É muito importante também não arriscar todo o seu patrimônio. Tenha uma reserva de emergência para aumentar a segurança dos seus trades – e de quaisquer investimentos.

E, antes de iniciar propriamente a especulação, não deixe de estudar bastante o assunto, conhecer as ferramentas de análise técnica e realizar simulações — algumas plataformas de investimentos permitem isso.

Assim, é possível ir ganhando segurança aos poucos. E lembre-se: vale a pena começar com cautela até ganhar experiência e tomar posições mais arrojadas com o tempo.

Sem dúvida, conhecer todos os detalhes que explicamos sobre day trade foi um ótimo primeiro passo!

E então, gostou deste conteúdo? Ainda está com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário e nós podemos esclarecer!

(Visited 4 times, 1 visits today)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Este post tem um comentário

  1. Jonathan P.

    Diferenciado, coisas desse tipo que nos faz continuar procurando através das pesquisas na internet.

    Obrigado por compartilhar!

Deixe uma resposta


Postagens Relacionadas

Mais Lidos

Categorias