Vale a pena comprar Ações do setor de energia elétrica

Vale a pena comprar Ações do setor de energia elétrica?

Muitas pessoas se interessam em comprar Ações do setor de energia elétrica, mas não sabem muito sobre o segmento. Tal insumo é essencial à sociedade e indispensável ao desenvolvimento socioeconômico dos países.

No Brasil, a hidrelétrica é a principal fonte de geração de energia elétrica. Em seguida, estão as termelétricas (que correspondem ao carvão mineral, gás natural, combustíveis fósseis, biomassa e nuclear). Depois, há as usinas eólicas.

Mas afinal, vale a pena comprar Ações do setor de energia elétrica? Continue a leitura e saiba como tomar essa decisão!

Como funciona o setor de energia elétrica no Brasil?

A estruturação do setor elétrico brasileiro visa garantir a universalização do atendimento, a segurança do suprimento de energia e a modicidade tarifária e de preços. O órgão regulador do setor é a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

A ANEEL é uma autarquia em regime especial ligada ao Ministério de Minas e Energia. Ela tem a função de proporcionar condições favoráveis para o desenvolvimento equilibrado do mercado de energia elétrica.

Como é o modelo de negócio de uma empresa de energia elétrica?

Antes de comprar Ações do setor de energia elétrica, é importante analisar como funciona o modelo de negócio dessas empresas. Normalmente, ele pode ser dividido em três setores específicos: o de geração, o de transmissão e o de distribuição de energia.

O primeiro setor passa pelo processo de geração de energia elétrica em estações e usinas hidrelétricas, termelétricas, eólicas e solares. Atualmente, as empresas desse segmento têm buscado alternativas para a produção de energia que reduzam os impactos ao meio ambiente.

No segundo setor, as empresas transmissoras de energia elétrica são responsáveis pela construção de linhas de transmissão que distribuem a energia para as companhias distribuidoras. Assim, uma importante vantagem competitiva das empresas de transmissão é lidar com a etapa mais lucrativa.

Já as empresas distribuidoras de energia elétrica são responsáveis pela distribuição da energia para as áreas industriais e residenciais. Ou seja, elas lidam diretamente com os consumidores finais, o que pode ser bastante complexo em algumas situações.

Exemplos de empresas do setor elétrico negociadas na bolsa

Agora que você sabe um pouco mais sobre o modelo de negócio do setor elétrico, vale conhecer um resumo de algumas das principais empresas do setor que são negociadas na bolsa de valores.

Confira!

Engie Brasil (EGIE3)

A Engie Brasil é uma empresa brasileira de geração de energia elétrica. A companhia é responsável por 11 usinas hidrelétricas no país e é a maior geradora privada de energia do Brasil. Ela também é uma das maiores empresas da América Latina.

O modelo de negócio da Engie Brasil é baseado principalmente na produção de energia elétrica, mas desde 2017 o grupo também trabalha na área de transmissão. A companhia atua, ainda, produzindo energia derivada de outras fontes, como solar e eólica.

Assim, a Engie Brasil tem um alto grau de investimento em ampliação da sua capacidade geradora de energia elétrica.

Taesa (TAEE3, TAEE4 e TAEE11)

A Taesa (Transmissora Aliança de Energia Elétrica S/A) é uma empresa cuja atividade principal é a transmissão de energia elétrica. A companhia está presente em 18 estados, além do Distrito Federal, e tem mais de 11 mil quilômetros de linhas de transmissão em operação.

A empresa detém diversas concessões cedidas pela ANEEL. Além disso, a Taesa adota medidas de responsabilidade socioambiental com foco no desenvolvimento sustentável e perene das suas atividades.

AES Tietê (TIET3, TIET4 e TIET11)

A AES Tietê tem como atividade principal a geração de energia elétrica. O destaque está na sua atuação no estado de São Paulo, mas a empresa é uma das maiores do país no seu ramo.

Além da força no mercado dessa área, a AES Tietê também tem investimentos em outras áreas. Uma das principais características de destaque do grupo é que ele possui uma frente voltada para a produção de energia limpa e sustentável.

Energias do Brasil (ENBR3)

A Energias do Brasil é uma holding brasileira que atua na geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica. A empresa está presente em 12 estados e também está entre as maiores companhias do setor de energia do país.

A companhia foca sua atuação na aquisição de partes de outras empresas do setor elétrico. Isso faz com que a Energias do Brasil seja considerada uma das gigantes da área no país. É por esse motivo, também, que a empresa atua em toda a cadeia de produção e venda de energia elétrica.

Eletrobras (ELET3 e ELET6)

A Eletrobras é uma holding brasileira com atividade principal na administração de empresas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. A empresa é responsável por grande parte da geração de energia elétrica no Brasil através de suas subsidiárias.

Além de atuar na geração e distribuição de energia elétrica no Brasil, a Eletrobras tem presença também no exterior. Desde 2008, a companhia está em outros países da América do Sul. Em 2015, entrou em operação o parque eólico Artilleros, localizado no Uruguai.

Afinal, vale a pena comprar Ações do setor de energia elétrica?

O setor elétrico tende a se destacar devido à necessidade constante do recurso pela população e à pouca volatilidade ao longo dos anos. Contudo, a resposta para essa pergunta depende do seu perfil de investidor e dos seus objetivos.

Uma característica das empresas do setor de energia elétrica é que elas podem ser boas pagadoras de proventos. Isso porque são companhias mais sólidas e consolidadas no mercado, que não precisam reinvestir tanto do seu lucro no negócio.

Diante das particularidades, cabe ao investidor avaliar o que deseja com os investimentos, a fim de tomar uma decisão. Além disso, lembre-se de que estamos falando do investimento em renda variável, que é mais recomendado para pessoas com maior tolerância ao risco.

Antes de comprar Ações do setor de energia elétrica, não deixe de fazer uma boa análise dos fundamentos das empresas. Isso é importante para aumentar as suas chances de sucesso nos investimentos com foco no longo prazo!

Se tiver dificuldades para fazer sua análise acerca das empresas do setor, pode valer a pena contar com o estudo de analistas do mercado. O BTG Pactual, por exemplo, oferece inúmeras análises que podem ajudá-lo a tomar uma decisão mais sólida.

Para ter acesso a estas análises e outras informações acerca do mercado, entre em contato conosco!

Gostou do conteúdo? Então complemente a leitura e saiba como encontrar as maiores pagadoras de dividendos da bolsa!

(Visited 112 times, 2 visits today)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta


Mais Lidos

Postagens Relacionadas

Categorias

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.