5 Setores para acompanhar e investir em 2021

5 Setores para acompanhar e investir em 2021

Planejar como você pretende investir dinheiro vai além de identificar o seu perfil de investidor. É preciso conhecer as oportunidades e como elas se tornam mais ou menos interessantes ao longo do tempo. Por isso, encontrar os setores para investir em 2021 é essencial.

Especialmente para quem investe na renda variável, é importante acompanhar a movimentação das áreas da economia para encontrar boas oportunidades para o ano e para os próximos. Na prática, é uma forma de se aproximar dos seus objetivos.

Então veja 5 setores da economia que vale a pena observar para investir na bolsa em 2021!

1. Tecnologia

A tecnologia é um dos segmentos em pleno desenvolvimento, no Brasil e no mundo. Na era de transformação digital, há cada vez mais novidades e, principalmente, demanda para o tipo de solução oferecida.

Por causa disso, as empresas de tecnologia têm se destacado e ganhado valor. É algo que se torna especialmente relevante para os negócios inovadores e com soluções estratégicas, como sistemas para outras empresas.

Se for investir em Ações, portanto, a bolsa de valores tem alternativas atraentes. Entre as empresas brasileiras, alguns exemplos de tecnologia são TOTVS, Linx, Locaweb e outras.

Além de tudo, é possível recorrer às Ações internacionais, pois as maiores empresas de tecnologia nasceram nos Estados Unidos. Entre as possibilidades, há desde companhias já consolidadas como Apple, Microsoft e Google até as que ganharam projeção recente, como a Netflix.

Para ter acesso a elas a partir do Brasil, vale a pena avaliar os investimentos em BDRs.

2. Varejo

O varejo também pode se destacar em 2021, especialmente caso se concretize a recuperação econômica esperada. Também é esperado que o afrouxamento das regras da pandemia incentive o consumo em lojas físicas, em diferentes setores.

Este é, portanto, um dos setores da bolsa de valores para acompanhar em 2021 e encontrar eventuais oportunidades em Ações descontadas. Especialmente considerando os impactos negativos do isolamento social e das dificuldades econômicas no consumo – que fizeram as Ações de muitas companhias recuarem no mercado.

Contudo, a tendência é que negócios sólidos se recuperem ao longo dos próximos anos, o que permitirá a consolidação de uma valorização para quem investe. Portanto, pode ser um bom momento de avaliar oportunidades.

Entre as Ações disponíveis no mercado brasileiro, Lojas Renner e Magazine Luiza costumam ter destaque pela solidez. Pela classificação da bolsa de valores, a Ambev também faz parte do setor e é mais uma alternativa que pode ser interessante.

3. E-commerce

Durante todo o ano de 2020, um setor observou uma grande evolução: o e-commerce. Isso se deu pelas condições impostas pela pandemia, que levou ao fechamento temporário de empresas não essenciais.

Somado a tal questão esteve o fato de que muitos consumidores optaram por se proteger de uma possível exposição à contaminação. Logo, as compras realizadas por canais digitais dispararam, o que fortalece o comércio digital.

Como a situação trouxe novos consumidores e negócios para esse meio, é provável uma consolidação do desempenho do comércio virtual. Portanto, um dos setores para investir em 2021 pode ser, justamente, o e-commerce.

Com operação crescente no Brasil, a Amazon se destaca entre Ações internacionais que podem compor a sua carteira de investimentos.

Em relação às empresas nacionais, é possível destacar, além da própria Magazine Luiza, alternativas como Lojas Americanas. Em termos de marketplace, a B2W pode ter destaque por sua grande participação de mercado.

4. Setor imobiliário

Ao pensar em investimentos, é muito comum que o mercado imobiliário seja lembrado como uma alternativa segura — especialmente, em momentos de incerteza financeira. O setor, de fato, pode ter força em 2021, mas há formas de investir com mais vantagens do que comprando imóveis físicos.

Em vez de comprometer a liquidez com uma alocação muito grande de capital para comprar um imóvel, você pode pensar nos Fundos de Investimento Imobiliário (FII), por exemplo.

Nessa alternativa, os investidores adquirem cotas e têm o direito de participar dos resultados do fundo. Na prática, a rentabilidade acontece tanto pela valorização de cotas quanto pela distribuição de dividendos.

Os FIIs de tijolos focados em aluguéis podem interessar quem deseja uma renda passiva por meio do recebimento de dividendos frequentes. Também existem outras oportunidades, como os FIIs que investem em títulos imobiliários (fundos de papel) e em cotas de outros fundos (fundos de fundos).

5. Serviços financeiros

Pela consolidação no mercado de atuação, empresas do setor financeiro costumam apresentar bons resultados. O destaque segue para os grandes bancos, que geralmente apuram lucros na casa dos bilhões e têm ativos totais que somam trilhões.

Então, a análise fundamentalista com base nos balanços costuma ter resultados atraentes. Para 2021, ainda é possível que as instituições sofram impactos da crise, como a inadimplência. Contudo, a maior parte do provisionamento foi realizada ainda em 2020.

Com o fim dos créditos emergenciais oferecidos pelo Governo, também há a tendência de um aumento na contratação nos bancos. Sendo assim, pode ser interessante avaliar a possibilidade de investir em empresas do setor, como o Banco do Brasil, o Itaú Unibanco, e outras.

Como tomar decisões de investimento?

Conhecer os setores para investir em 2021 é importante, mas também é preciso ir além. Afinal, cada investidor deve analisar as possibilidades e escolher as melhores para o seu caso. Você precisa tomar decisões sobre quais Ações ou fundos escolher e como compor a sua carteira.

Então, mais que apenas acompanhar o desempenho do mercado, é preciso considerar o seu perfil e os seus objetivos. Depois, também é necessário fazer uma avaliação dos fundamentos das companhias e dos fundos. Assim, você saberá se a alternativa está alinhada com o seu portfólio.

Não se esqueça da diversificação de investimentos. É possível, por exemplo, considerar investir em Ações de diversos setores, aliado a alternativas mais seguras de renda fixa. Planeje de acordo com as suas características para escolher com efetividade.

Conhecer os setores para investir em 2021 é uma maneira de preparar o seu portfólio para o próximo ano. Mas também é preciso pensar no longo prazo. Desse modo, você tem a chance de potencializar o seu desempenho e alcançar seus objetivos ao longo dos anos!

Ajude outros investidores a traçarem suas estratégias! Compartilhe este post em suas redes sociais e marque os contatos que se interessam pelo tema.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta


Postagens Relacionadas

Mais Lidos

Categorias

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.