Conferir índices de mercado é uma forma de analisar a economia de uma nação ou setores específicos. O Índice Bovespa, por exemplo, permite verificar o desempenho médio das ações mais negociadas no país. Agora, você sabia que surgiu um novo índice no mercado? É o Índice GPTW.

O mundo empresarial está em constante evolução e companhias que focam em boas práticas de trabalho estão se destacando. Assim, para acompanhar os resultados dessas empresas, o Índice GPTW foi criado, resultado de uma parceria da B3 (bolsa de valores brasileira) com o GPTW (Great Place to Work).

Confira, neste artigo, o que é e como funciona esse novo indicador no mercado brasileiro, além de suas principais características.

Vamos lá?

O que é um indicador?

Um indicador traz uma informação relevante sobre os movimentos de determinado setor, investimento ou outros temas importantes para o mercado financeiro. Por exemplo, eles podem trazer dados sobre diversos ativos e derivativos negociados em bolsa.

Nesse caso, os indicadores são utilizados, principalmente, para facilitar a análise do desempenho de setores empresariais e da economia do país. Também chamados de benchmarks (ou índices de referência), eles são formados por carteiras teóricas de ativos.

Assim, cada índice atende a uma metodologia de seleção específica para a sua composição. Com isso, um grupo de ativos, como as ações, é selecionado de acordo com as características que cada ativo tem em comum.

Dessa forma, não se trata de um portfólio de investimento real, mas serve como termômetro de mercado. Por isso, os indicadores costumam ser usados pelos investidores e fundos para auxiliar as suas decisões de investimento.

O que é o Great Place to Work?

O GPTW ou Great Place to Work é uma consultoria fundada pelo jornalista Robert Levering, na década de 1980. Ele era responsável por cobrir assuntos ligados ao trabalho, principalmente conflitos trabalhistas.

Naquela época, Levering foi convidado para escrever um livro sobre as 100 melhores empresas para se trabalhar nos Estados Unidos. Duvidando da existência de tais companhias, sua sugestão foi escrever sobre as piores, já que tinha centenas de exemplos para dar. No entanto, a ideia não foi aceita.

Retomando o projeto inicial, o jornalista decidiu visitar in loco as companhias. Com isso, descobriu a existência de organizações com péssimos ambientes de trabalho, mas também encontrou empresas excelentes para se trabalhar. A descoberta fez com que ele se aprofundasse pelo tema — abrindo, assim, a GPTW.

Na atualidade, a GPTW faz parceria com as empresas mais inovadores e bem-sucedidas do mundo para criar, estudar e reconhecer ótimos locais de trabalho. Por ano, são analisadas mais de 8 mil organizações. Depois, o ranking é distribuído e divulgado pela mídia de notícias em todo o globo.

INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO Investir fora do Brasil

INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO Investir fora do Brasil

Aprenda a como investir no exterior de forma prática

Como funcionará esse novo indicador?

Como você viu, o novo índice é fruto de uma parceria inédita entre a B3 e o GPTW. Seu principal objetivo será capturar a geração de resultados positivos das empresas que aprimoram seus ambientes de trabalho.

A proposta é induzir cada vez mais as boas práticas ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança). Portanto, ele fará parte da família de índices com o foco em ESG. Entre os indicadores, estão o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), o Índice de Carbono Eficiente (ICO2) e o Índice S&P/B3 Brasil ESG.

A carteira teórica do Índice GPTW será composta pelas empresas listadas na B3 que tenham a certificação do GPTW. Ou seja, aquelas que constem no ranking nacional da consultoria como uma das melhores empresas para se trabalhar.

Qual é a metodologia do índice GPTW B3?

Para integrar o índice, a empresa precisará atender a 3 critérios principais: empresas certificadas pelo GPTW, liquidez e ponderação. Veja mais sobre eles!

Certificação GPTW

Você já viu que somente companhias certificadas pela GPTW poderão integrar o índice. Ademais, o ranking das melhores empresas para se trabalhar é realizado anualmente. Então a certificação é válida por 1 ano e o critério de seleção observará as empresas certificadas no ano anterior.

Liquidez

Após esse primeiro filtro, a companhia também precisará atender ao critério de liquidez estipulado pela B3. São eles:

  • ser uma companhia de capital aberto, listada no mercado brasileiro;
  • estar entre os 99% do Índice de Negociabilidade (IN) da bolsa;
  • ter seus papéis negociados em 95% dos pregões anualmente;
  • não possuir um valor inferior a R$ 1 (penny stock).

Ponderação

Segundo a B3, nesse índice, os ativos terão pesos iguais. Porém, as empresas que estiverem entre as 150 melhores empresas para se trabalhar — no ranking do GPTW — terão uma distinção e um peso maior.

Quando será o lançamento?

Embora tenha sido anunciado em 19 de setembro de 2021, o índice GPTW somente será lançado em janeiro de 2022. Com isso, ele contemplará as companhias que receberam a certificação GPTW no ano anterior.

Vale destacar que, em 2021, cerca de 6 mil empresas se inscreveram no processo seletivo da consultoria. Entre elas, aproximadamente 4 mil organizações reuniram critérios para integrar o ranking.

Após a análise, apenas 2 mil foram certificadas e 150 receberam a premiação por adotarem as melhores práticas de trabalho. Porém, essa seleção engloba companhias de capital aberto e fechado. No final, somente 50 dessas organizações estavam listadas na bolsa.

Após a filtragem da B3 em relação aos demais critérios, restaram 33 companhias elegíveis, sendo 11 delas classificadas entre as 150 melhores e as 22 restantes certificadas GPTW.

Performance retroativa do Índice

Para testar a metodologia que será aplicada na formação do índice GPTW, a B3 fez um cálculo retroativo — observando os 3 últimos anos. De acordo com os resultados obtidos, o novo índice teria superado o Ibovespa em todas as oportunidades, representando um risco menor ao investidor.

Veja o gráfico divulgado pela B3:

Retorno Acumulado Retroativo

Apesar do levantamento, lembre-se de que os resultados passados não são garantia de resultados futuros. Dessa maneira, a realização de um investimento, nesse sentido, deve ser pautada em diferentes tipos de análise — especialmente do seu perfil de investidor e objetivos financeiros.

Depois de conhecer o que é o índice GPTW e como ele funcionará, você terá a oportunidade de acompanhar o desempenho médio das melhores companhias para se trabalhar no Brasil. Para se expor ao seu resultado, poderá investir nas mesmas companhias que o compõem, desde que isso faça sentido para a sua estratégia.

Ficou com alguma dúvida sobre este conteúdo? Entre em contato com um de nossos assessores — a Renova Invest possui um time qualificado e pronto para lhe atender!