Entre as diferentes oportunidades de fundos de investimento, há a estratégia long biased. Ele investe em ações com base em uma estratégia que pode trazer vantagens para os cotistas. Mas para você saber se é interessante, precisa compreender como funciona o fundo long biased.

Isso envolve, além de conhecer suas características específicas, entender as diferenças entre outros fundos semelhantes. Assim, é possível selecionar o que fizer mais sentido para o seu perfil e para os seus objetivos.

Na sequência, conheça melhor o fundo long biased e confira quais resultados ele pode oferecer!

O que é o fundo long biased?

Para conhecer o long biased é preciso saber que ele costuma ser uma estratégia usada em fundos de ações. Ou seja, fundos em que a maior parte do portfólio deve ser investida em ações ou ativos correspondentes. Além deles, os fundos multimercado também podem utilizar da estratégia.

A grande diferença dessa possibilidade é que ela permite obter lucros não apenas na alta da bolsa de valores. Também é possível ganhar com a desvalorização das ações. Assim, os fundos long biased se diferenciam de fundos tradicionais, que focam apenas na valorização.

Como funciona fundo long biased?

Em termos de funcionamento, vale entender que “long” no mercado financeiro significa compra ou comprado. Então, é uma estratégia que busca lucrar com a alta, já que a expectativa é comprar barato e vender mais caro após uma valorização.

Assim, nos fundos long biased há a tendência que a compra seja a principal operação. Contudo, existe flexibilidade para operar vendido. Isso porque o termo “biased” está relacionado a uma tendência, mas não a uma imposição.

Portanto, um fundo long biased costuma funcionar com foco em operações compradas, priorizando a valorização. Porém, em momentos em que houver a expectativa de queda na bolsa, o gestor pode operar vendido para lucrar com a queda ou aplacar perdas.

Quais são as estratégias envolvidas?

Para saber como funciona fundo long biased, devemos mergulhar em suas estratégias. Primeiramente, temos a estratégia long, que se baseia na compra de ativos que poderão se valorizar.

A decisão é tomada com base em uma análise que aponta a tendência de alta da ação. Com a compra em um momento de baixa, a venda após a valorização dá origem a uma rentabilidade, o que incrementa o valor das cotas do fundo.

Já operar vendido começa com o aluguel de ações. A ideia é vender ativos que, na verdade, não fazem parte do patrimônio do fundo. Então o fundo se torna tomador de ações e aluga os papéis junto a investidores de longo prazo, por um período específico.

Depois que o prazo de aluguel é alcançado, ele deve devolver os ativos. Enquanto isso, pode vender os ativos na expectativa de comprá-los novamente por um preço mais barato. Logo, realiza a aquisição das ações para consolidar os resultados e devolvê-las.


Investir em empresas estrangeiras não precisa ser difícil!

Baixe nosso e-book e saiba como ser sócio das gigantes internacionais: Amazon, Google, Apple, Facebook, entre outras!




Quando a baixa realmente acontece, a diferença entre o preço de venda e o preço de compra posterior é positiva. Com isso, há a consolidação de ganhos mesmo quando a bolsa opera em baixa.

Quais as diferenças do fundo long biased para o fundo long and short?

Por causa do nome, é comum confundir o fundo long biased com o fundo long and short. Esse segundo também opera de forma comprada e vendida, com a diferença de que as duas operações estão sempre presentes.

Na estratégia long and short, é preciso operar vendido e comprado com dois ativos, na mesma quantidade. O resultado obtido não está ligado ao movimento de alta ou baixa da bolsa como um todo, mas sim com a diferença entre os dois ativos.

Isso é diferente do fundo long biased. Como vimos, ele tem uma tendência a operar comprado, usando a venda a descoberto para buscar lucros com a queda da bolsa, dependendo da estratégia.

Quais as diferenças entre fundo long biased e fundo long only?

Outro fundo que pode ser confundido com o long biased é o long only. Embora ambos sejam fundos de investimento que operam comprados ao investir em ações, no segundo há a obrigação de sempre manter essa estratégia.

No long only, como o nome indica, só é possível operar comprado. Já o fundo long biased pode operar comprando e vendendo a descoberto, por meio do aluguel de ações. Assim, seus resultados não estão limitados à subida da bolsa.

Quais são alguns fundos long biased do mercado?

No mercado, há fundos long biased com diferentes perfis de risco e estratégias de gestão. No BTG Pactual digital, há mais de uma dezena e entre eles estão:

  • Verde AM Long Biased FIC FIA;
  • Tork 60 Access FIC FIA;
  • RPS Long Biased Access FIC FIA;
  • AZ Quest Top Long Biased FIC FIA;
  • Sharp Long Biased Feeder FIC FIA;
  • Amago Long Biased II FIC FIA, entre outros.

Quais são as vantagens do fundo long biased?

Escolher o fundo long biased para compor sua carteira de investimentos pode ser positivo. Sua flexibilidade é uma das vantagens, como você viu. Com isso, é possível obter bons resultados em diversos cenários do mercado financeiro.

Uma crise que resulte em queda da bolsa não representa, necessariamente, o acúmulo de perdas. Dependendo da atuação da gestão, pode-se até conquistar um retorno líquido positivo nessa situação.

Para completar, a volatilidade desse investimento tende a ser menor que a de outros fundos de ações. Graças à flexibilidade de operar na queda, há como acompanhar movimentos da bolsa sem tantas oscilações no valor das cotas.

Quais são os riscos do investimento?

Ainda que tenha vantagens, antes de investir em um fundo long biased é importante mensurar o risco associado à decisão. O principal é que ele envolve operações de alto risco e é indicado para investidores com perfil arrojado.

Outro ponto relevante é que, embora a queda não seja tão intensa, a valorização também pode não ser. Afinal, posições vendidas podem gerar perdas no caso de uma valorização. Logo, operar vendido também pode gerar prejuízos significativos.

Sabendo como funciona o fundo long biased, você tem a chance de investir nessa alternativa, caso ela faça sentido para o seu perfil. Na prática, é possível buscar lucros com os dois movimentos da bolsa. Avalie tudo com cuidado para tomar sua decisão!

Ainda ficou com alguma dúvida sobre esse investimento? Comente e poderemos ajudá-lo!