Renova Invest Facebook

O que são e como funcionam as ações?

como funcionam as acoes
como funcionam as acoes

Investir no mercado de ações pode parecer intimidante para muitas pessoas. No entanto, entender como as ações funcionam e quais são as oportunidades que elas oferecem pode ser o primeiro passo para aproveitar o potencial do mercado acionário brasileiro. Neste guia completo, vamos explorar o que são ações, como funcionam e como você pode lucrar com elas. Vamos começar!

O Que São Ações e Como Elas Funcionam?

As ações representam uma parcela do capital social de uma empresa e são negociadas na bolsa de valores. Ao comprar ações de uma empresa, você se torna sócio dela, compartilhando os direitos e deveres dos acionistas. Isso significa que você tem a oportunidade de participar dos resultados da empresa e também está sujeito aos riscos associados aos negócios.

Quando você adquire ações de uma empresa, você pode se beneficiar de duas maneiras principais: através do recebimento de dividendos e do ganho de capital. Os dividendos são uma parcela dos lucros distribuída aos acionistas de acordo com a proporção de ações que cada um possui. Já o ganho de capital ocorre quando você vende suas ações por um preço maior do que o preço de compra, obtendo um lucro com a valorização dos papéis.

As negociações de ações acontecem na bolsa de valores, onde compradores e vendedores se encontram para realizar transações. No Brasil, a bolsa de valores é conhecida como B3, resultado da fusão entre as antigas Bovespa, BM&F e Cetip. É nesse ambiente que ocorrem as compras e vendas de ações, garantindo transparência e liquidez ao mercado.

Os Tipos de Ações na Bolsa de Valores

Na bolsa de valores brasileira, você encontrará diferentes tipos de ações. É importante conhecer as classificações existentes e entender como cada uma delas funciona. Vamos dar uma olhada nos principais tipos de ações:

Ações Ordinárias (ON)

As ações ordinárias conferem o direito de voto aos acionistas nas assembleias gerais da empresa. Isso significa que os acionistas ordinários têm o poder de influenciar as decisões da companhia. No entanto, o grau de influência vai depender da quantidade de ações que cada acionista possui. Se você tiver uma pequena participação acionária, seu voto terá menos peso do que o de um acionista com uma participação maior.

Ações Preferenciais (PN)

As ações preferenciais não dão direito a voto nas assembleias gerais da empresa. No entanto, os acionistas preferenciais têm preferência na distribuição de dividendos e no recebimento de valores em caso de liquidação da companhia. Essas ações são chamadas de preferenciais porque conferem certos privilégios aos acionistas em relação aos acionistas ordinários.

Units

As units são pacotes de ativos compostos por uma combinação de ações preferenciais e ordinárias. Cada empresa pode definir como será formada sua unit, estabelecendo a proporção entre os diferentes tipos de ações. Ao comprar uma unit, você terá em sua carteira um conjunto de ações preferenciais e ordinárias.

Esses são os principais tipos de ações encontrados na bolsa de valores brasileira. Agora que você sabe como as ações funcionam e quais são os tipos disponíveis, vamos explorar como é possível lucrar com elas.

Como Lucrar com Ações?

Existem diversas formas de lucrar com o investimento em ações. Vamos analisar as principais estratégias que os investidores utilizam para obter ganhos no mercado acionário.

Ganho de Capital

Uma das maneiras mais comuns de lucrar com ações é através do ganho de capital. Isso ocorre quando você vende suas ações por um preço maior do que o preço de compra. A diferença positiva entre os dois valores representa o lucro obtido com a operação.

Para obter o ganho de capital, você precisa comprar as ações por um preço baixo e vendê-las por um preço alto. Essa diferença pode ocorrer devido à valorização dos papéis no mercado, impulsionada pelo desempenho da empresa, expectativas positivas para o setor em que ela atua e para a economia em geral.

É importante destacar que o ganho de capital está sujeito à tributação pelo Imposto de Renda. A alíquota varia de acordo com o prazo da operação, sendo de 15% para operações com prazo superior a um dia e de 20% para operações de day trade, em que a compra e a venda ocorrem no mesmo dia.

No entanto, existe uma faixa de isenção para o ganho de capital. Caso o valor total das operações de venda de ações em um mês seja inferior a R$ 35.000,00, você está isento de pagar o Imposto de Renda sobre o lucro obtido.

Recebimento de Dividendos

Outra forma de lucrar com ações é através do recebimento de dividendos. Os dividendos são uma parcela dos lucros distribuída aos acionistas de uma empresa. Cada empresa define a periodicidade e o valor dos dividendos a serem pagos, geralmente de forma anual.

Uma vantagem dos dividendos é que eles são isentos de Imposto de Renda para pessoas físicas. Isso significa que você recebe o valor integral do dividendo, sem a necessidade de pagar impostos sobre esse rendimento.

Aluguel de Ações

Uma estratégia menos conhecida, mas que pode ser utilizada para obter ganhos com ações, é o aluguel de ações. Nesse caso, você disponibiliza suas ações para outros investidores que desejam operar no mercado sem possuir os papéis em sua carteira.

O aluguel de ações pode ser vantajoso para o investidor que detém os papéis, pois permite que ele obtenha um rendimento adicional sem precisar se desfazer das ações. Além disso, o investidor continua recebendo os proventos, como dividendos, caso eles sejam distribuídos durante o período de aluguel.

Vale ressaltar que o rendimento obtido com o aluguel de ações está sujeito à tributação pelo Imposto de Renda. A alíquota é de 15% sobre o rendimento recebido.

Essas são algumas das principais estratégias utilizadas para lucrar com ações. Agora que você conhece as possibilidades, vamos entender como funcionam as negociações no mercado acionário.

Como Funcionam as Negociações no Mercado de Ações?

As negociações no mercado de ações acontecem na bolsa de valores, onde compradores e vendedores se encontram para realizar transações. No Brasil, a bolsa de valores é conhecida como B3 e é responsável por intermediar as operações de compra e venda de ações.

O processo de negociação de ações na bolsa de valores envolve diferentes etapas. Primeiro, você precisa abrir uma conta em uma corretora de valores devidamente regulamentada. A corretora será responsável por intermediar suas operações na bolsa.

Após abrir a conta em uma corretora, você terá acesso a uma plataforma de negociação, como o home broker, que permite realizar operações de compra e venda de ações pela internet. Através do home broker, você pode inserir ordens de compra e venda de ações, acompanhar a cotação dos papéis e acessar outras informações relevantes para suas operações.

As negociações de ações são realizadas através de códigos conhecidos como tickers. Esses códigos são formados por uma sequência de letras e números que identificam cada ação negociada na bolsa. As letras fazem referência à empresa, enquanto o número indica o tipo de ação.

No mercado acionário, os preços das ações podem variar ao longo do pregão da bolsa devido à oferta e demanda pelos papéis. A valorização ou desvalorização das ações está relacionada a diversos fatores, como o desempenho da empresa, as perspectivas para o setor em que ela atua, as condições econômicas e políticas, entre outros.

É importante destacar que o mercado de ações é volátil, ou seja, os preços dos papéis podem variar significativamente em curtos períodos de tempo. Isso ocorre devido às expectativas e emoções dos investidores, que influenciam o comportamento do mercado.

Agora que você entende como funcionam as negociações no mercado de ações, vamos explorar por que ocorrem tantas variações nos preços das ações.

Por Que Os Preços das Ações Variam?

Os preços das ações podem variar devido a diversos fatores, sendo influenciados principalmente pela oferta e demanda no mercado. Vamos analisar os principais motivos que causam variações nos preços das ações:

Desempenho da Empresa

O desempenho da empresa é um dos fatores que mais influenciam o preço das ações. Se uma empresa apresenta bons resultados financeiros, com lucros crescentes e perspectivas de crescimento, os investidores tendem a ter um maior interesse em adquirir suas ações. Isso pode levar a uma valorização dos papéis.

Por outro lado, se uma empresa apresenta resultados negativos, com prejuízos e perspectivas desfavoráveis, os investidores podem se desinteressar pelos papéis, o que pode levar a uma desvalorização das ações.

Expectativas para o Setor e a Economia

As expectativas para o setor em que uma empresa atua e para a economia em geral também influenciam o preço das ações. Se o setor está em crescimento e há perspectivas positivas para a economia, os investidores tendem a ser mais otimistas em relação às empresas desse setor, o que pode levar a uma valorização dos papéis.

Por outro lado, se o setor enfrenta dificuldades e há perspectivas negativas para a economia, os investidores tendem a ser mais cautelosos em relação às empresas desse setor, o que pode levar a uma desvalorização das ações.

Fatores Políticos e Econômicos

Movimentações políticas e mudanças nas condições econômicas também podem impactar o preço das ações. Decisões governamentais, mudanças na regulamentação de determinados setores e instabilidade política podem gerar incertezas e afetar o comportamento dos investidores. Esses fatores podem levar a variações nos preços das ações.

Comportamento dos Investidores

O comportamento dos investidores também influencia o preço das ações. Se muitos investidores decidem comprar determinada ação, isso pode levar a uma maior demanda pelos papéis e a uma valorização dos mesmos. Da mesma forma, se muitos investidores decidem vender determinada ação, isso pode levar a uma maior oferta de papéis e a uma desvalorização dos mesmos.

Esses são alguns dos principais fatores que podem causar variações nos preços das ações. É importante ressaltar que o mercado acionário é influenciado por uma série de questões, e os preços das ações podem ser voláteis e sujeitos a mudanças rápidas.

Conclusão

Investir em ações pode ser uma ótima maneira de participar dos resultados de empresas e obter lucros no mercado acionário. Neste guia, exploramos o que são ações, como elas funcionam e como é possível lucrar com elas.

As ações representam uma parcela do capital social de uma empresa e são negociadas na bolsa de valores. Ao comprar ações, você se torna sócio da empresa, podendo participar dos lucros e correndo os riscos associados aos negócios.

Existem diferentes tipos de ações na bolsa de valores, como as ações ordinárias, preferenciais e units. Cada tipo de ação possui características específicas e pode oferecer diferentes vantagens aos investidores.

Para lucrar com ações, você pode obter ganhos de capital através da valorização dos papéis, receber dividendos distribuídos pelas empresas e até mesmo alugar suas ações para outros investidores.

As negociações no mercado de ações são intermediadas pela bolsa de valores, onde compradores e vendedores se encontram para realizar transações. As variações nos preços das ações ocorrem devido a uma série de fatores, como o desempenho da empresa, as expectativas para o setor e a economia, fatores políticos e econômicos, e o comportamento dos investidores.

É importante ressaltar que o mercado acionário pode ser volátil e sujeito a mudanças rápidas. Por isso, é essencial realizar uma análise cuidadosa e contar com o apoio de uma corretora de valores confiável antes de realizar qualquer investimento em ações.

Agora que você tem um guia completo sobre como investir em ações, você está preparado para explorar as oportunidades do mercado acionário e buscar o seu sucesso como investidor. Lembre-se sempre de buscar conhecimento, diversificar seus investimentos e tomar decisões com base em uma estratégia sólida. Boa sorte!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.