Renova Invest Facebook

Entenda o que é block trade!

block trade
block trade

No mercado de ações, milhares de operações são realizadas todos os dias, com inúmeros participantes fazendo negociações. Porém, existem momentos em que é preciso desfazer de uma grande posição assumida. Nesse caso, é possível recorrer ao block trade.

Esse é um mecanismo utilizado pela B3 (a bolsa de valores brasileira) para a venda de uma grande quantidade de ações, para evitar uma movimentação distorcida de preços. Na prática, funciona como um leilão de abertura ou encerramento, mas enquanto ocorre o pregão.

Quer saber melhor como isso funciona? Então continue a leitura, entenda o que é block trade e veja informações mais detalhadas a seu respeito.

Confira!

O que é block trade?

Quem aloca seu capital na bolsa de valores está em busca de um objetivo específico. Geralmente, ele está associado à obtenção de lucro, mas também pode estar relacionado à proteção de uma carteira (hedge), diversificação do portfólio, entre outras razões.

No entanto, nem sempre o objetivo é atingido, e o interessado pode querer desfazer a posição assumida. Esse processo é relativamente fácil para investidores com pouco capital. Porém, não é tão simples para quem possui montantes elevados alocados — como grandes instituições e investidores institucionais.

Nessas situações, utiliza-se o block trade — ou, traduzido, “ordem em bloco”. Trata-se de uma operação em que é ofertada uma quantidade expressiva de ativos simultaneamente no mercado. Contudo, vale destacar que um block trade envolve apenas a oferta de ações já existentes.

Portanto, esse mecanismo não se confunde com um IPO (oferta pública inicial), nem com o follow on (oferta subsequente). Dessa maneira, quem possui ações de uma companhia que teve um block trader anunciado não terá a diluição de sua participação acionária.

Como funciona um block trade?

Para entender como funciona o block trade, é preciso entender qual é a quantia necessária de ativos negociados para se enquadrar nesse conceito. Na prática, ela varia conforme o mercado.

No mercado brasileiro, por exemplo, considera-se block trade as ofertas de ações que correspondem a:

  • 0,9% das ações em circulação de uma empresa (free-float);
  • 3,5% da movimentação diária do ativo nos últimos 20 dias.

Assim como diversas outras bolsas ao redor do mundo, a B3 exige que uma oferta nessas condições seja avisada com antecedência. Isso tem o objetivo de minimizar os impactos causados, para não prejudicar outros papéis e a própria bolsa.

Normalmente, um block trade ocorre em forma de leilão. Ademais, a depender da quantidade de ações ofertadas é normal que conte com o apoio de um agente intermediador para a operação — como um banco de investimentos.


SUA LIBERDADE FINANCEIRA ESTÁ A UM CLIQUE Aprenda a viver de renda

Aprenda a viver de renda passiva com especialistas do mercado


Esses intermediários ficam responsáveis por divulgar a data em que será feito o block trade, bem como esclarecer os trâmites operacionais. Ainda, são feitos estudos para maximizar o preço da ação que será vendida, tendo em vista que o aumento na oferta tende a diminuí-lo.

Quais são as vantagens de fazer um block trade?

Ao saber o conceito e como funciona o block trade, talvez você com dúvida sobre as vantagens de utilizar essa operação. Para o grande investidor que está desfazendo de sua posição, o block trade é uma boa forma de evitar maiores prejuízos.

Afinal, sem esse mecanismo, ele precisaria ofertar suas ações diretamente no mercado. Contudo, existem riscos de que isso resulte em uma queda constante dos preços até que sua posição fosse desfeita.

Como no block trade as vendas são realizadas na mesma forma de um leilão, é buscado um equilíbrio entre as ofertas de compra e venda. Portanto, ainda que o vendedor possa ter prejuízos, as perdas tendem a ser menores com essa operação.

Em relação ao investidor, pode ser uma oportunidade de aumentar sua exposição no papel por um preço mais atrativo. Com o aumento da oferta de um papel, é esperado que o preço diminua. Logo, o investidor consegue aproveitar o período para adquirir os ativos de interesse.

No que diz respeito ao especulador, períodos de block trade costumam abrir janelas operacionais. Muitas vezes, a volatilidade aumenta nos momentos que antecedem à sua realização. Então, diversos operadores podem abrir vendas para tentar aproveitar ganhos no curto prazo.


Quais são os riscos dessa operação?

Os riscos de uma operação de block trade estão relacionados ao aumento da volatilidade do papel ofertado. Afinal, uma grande distorção de preços poderá fazer com que o trader ou investidor desfaça uma posição com prejuízo.

Além disso, em alguns casos, se o papel ofertado fizer parte de um índice de mercado — como o Ibovespa —, os efeitos poderão atingir outros ativos.

Por exemplo, a carteira teórica do Ibovespa é composta pelos ativos mais negociados do mercado brasileiro. Uma queda na sua pontuação, por conta de um block trade, pode ser interpretado como um pessimismo em relação ao mercado nacional, resultando na baixa de outros ativos.

Portanto, é importante que o block trade seja bem estruturado, de modo a reduzir a volatilidade das cotações e preservar a estabilidade do mercado.

Quais os cuidados necessários para realizar essas operações?

Depois de conhecer as vantagens e riscos dessa operação, é hora de conhecer os cuidados necessários para realizá-las ou para aproveitar o momento para investir ou especular.

Nesse sentido, o modo mais seguro de realizar uma operação de block trade, para o grande investidor, é contar com o suporte de um intermediário especializado no assunto. É o caso de grandes instituições habituadas a procedimentos de abertura de capital e ofertas de ações.

Agora, se você é um investidor e teme a desvalorização de seus papéis, pode contar com estratégias como a diversificação da carteira. Essa estratégia consiste em dividir seu patrimônio em diferentes investimentos — de modo a equilibrar a relação risco e retorno deles.

Assim, eventuais perdas em certos ativos podem ser compensadas pelos ganhos em outros. Na hipótese de você ser um especulador e quiser aproveitar a volatilidade do período para lucrar no curto prazo, é preciso ter um bom gerenciamento de risco.

O uso de stop loss, por exemplo, pode ser útil para encerrar uma posição perdedora de forma automática, limitando as perdas. Logo, em todos os casos, é importante ter estratégias alinhadas ao lidar com esse tipo de operação.

Após aprender o que é block trade, você está mais preparado para esses momentos atípicos do mercado, e saberá como se comportar diante de sua ocorrência. Porém, não deixe de avaliar o seu perfil de investidor e objetivos antes de tomar uma decisão nesses cenários.

Gostou deste artigo? Caso tenha ficado com dúvidas não hesite em consultar uma assessoria qualificada: entre em contato conosco!

Veja também

botão de concordância

0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.