A bolsa de valores brasileira, a B3, pode entrar em ciclos de alta volatilidade. No entanto, embora esse seja o cenário ideal para o especulador, pode não ser para o investidor. Assim, a diversificação da carteira com a utilização de um BDR tende a proteger seus investimentos nesses períodos.

Afinal, ao investir em BDRs, seu capital estará exposto a investimentos estrangeiros que não são negociados no país. Logo, as movimentações do mercado nacional não costumam impactá-los, trazendo maior equilíbrio para a sua carteira.

Quer aprender mais sobre o assunto? Continue a leitura deste artigo e veja como diversificar sua carteira utilizando BDRs!

O que são BDRs?

A bolsa de valores apresenta uma série de alternativas para que os investidores aloquem o seu dinheiro, como o BDR — sigla para brazilian depositary receipt. Ele também é conhecido como “certificado de depósito de valores mobiliários”.

Como você viu, trata-se de um título lastreado em um investimento estrangeiro não listado na bolsa brasileira. Na prática, uma empresa depositária adquire os investimentos no exterior e emite os BDRs com lastro neles. Posteriormente, ela passa a negociá-los no mercado nacional.

Para o investidor, essa é uma alternativa para fazer investimentos no exterior sem sair do Brasil. Ademais, a opção costuma ser mais prática e menos onerosa que os aportes direitos em outros países.

Outra característica interessante é que a empresa depositária pode repassar ao titular do BDR os benefícios que recebe — por exemplo, os dividendos.

Contudo, é importante ter em mente que o investidor não se torna o titular do investimento estrangeiro, mas do certificado lastreado a ele. Assim, alguns direitos não são garantidos ao dono do BDR — como o direito a voto em uma assembleia geral de uma empresa, caso seja lastreado em uma ação.

Porém, ainda assim, o investimento em BDRs pode ser vantajoso. Os benefícios se destacam, especialmente, quando ele possibilita a diversificação da carteira com investimentos descorrelacionados com o mercado nacional. Você aprenderá mais sobre o tema adiante.

Qual é a importância da diversificação de carteira?

Um ditado bastante conhecido no mercado financeiro é: “não coloque todos os ovos na mesma cesta”. Isso faz alusão à premissa de que se a cesta cair provavelmente você perderá todos os ovos. E o mesmo pode ser dito em relação aos investimentos.

Na prática, o investidor que aloca todo o seu capital em um único investimento corre o risco de ter grandes perdas financeiras, caso ele não atenda às suas expectativas. Ainda, os riscos costumam ser maiores quando na renda variável — onde não é possível antever os resultados.

INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA

Portanto, a diversificação é fundamental para quem deseja equilibrar os riscos de uma carteira de investimento. Dessa maneira, eventual queda de um investimento pode ser reduzida com o lucro de outro, mantendo o equilíbrio entre a relação risco e retorno do seu portfólio.

Contudo, é preciso ter atenção ao dividir seu capital apenas em alternativas nacionais. Isso porque, caso a bolsa de valores brasileira caia, os impactos na sua carteira podem ser maiores. Por outro lado, quando também existem BDRs na sua carteira, é possível mudar esse cenário.

Quais as vantagens de contar com BDRs em uma carteira?

Ao saber o que são os BDRs e a importância de diversificar a carteira, é interessante conferir também as vantagens de tê-los no seu portfólio.

A principal vantagem de investir em BDR é a sua descorrelação com o mercado brasileiro. Como você viu, esses certificados possuem lastro em um investimento negociado no exterior. Logo, eventuais movimentações da bolsa brasileira tendem a não gerar efeitos neles.

Dessa forma, ainda que o mercado nacional passe por períodos de crise ou baixa, o BDR poderá obter uma performance diferente e, até mesmo, ser lucrativo. Nesse sentido, caso você tenha prejuízos com ativos nacionais, eles poderão ser mitigados com os ganhos com BDRs.

Outra vantagem trazida é a dolarização de sua carteira. Muitos certificados estão referendados em investimentos negociados em dólar. Por conta disso, o seu preço no Brasil considera a variação do câmbio.

Isso significa que a ocorrência da valorização da moeda americana poderá fazer com que seu preço aumente. Como o dólar costuma ter uma correlação negativa com a bolsa brasileira — quando um sobe, é esperado que o outro caia —, o BDR pode trazer proteção cambial (hedge).

Também vale destacar como vantagem a praticidade. Afinal, a negociação dos BDRs é feita no mercado nacional e em reais. Com isso, se torna muito mais prático que o investimento direto no exterior, que exige vincular-se a uma corretora estrangeira e ter gastos com câmbio.

Como investir em BDRs?

Ao chegar até aqui, você deve estar curioso sobre como investir nesses títulos, correto? Então saiba que a negociação de BDRs é muito semelhante à negociação de ações. Portanto, é preciso ter conta em um banco de investimentos para ter acesso a home broker.

Trata-se de uma plataforma digital que conecta o investidor às negociações da bolsa de valores. Com a conta aberta, deposite o dinheiro reservado para investir em BDRs. O próximo passo será abrir o home broker e procurar pelas alternativas disponíveis.

Até o final de 2020 grande parte dos BDRs eram restritos aos investidores qualificados. Isto é, quem possui mais de R$ 1 milhão em capital investido ou certificação profissional no mercado.

Porém, por uma mudança de regras feita pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), diversos certificados tornaram-se acessíveis aos investidores em geral. Portanto, procure o mais adequado ao seu perfil de investidor e objetivos financeiros.

Após escolhê-lo, basta digitar seu ticker (código de negociação) no home broker, o preço, a quantidade e enviar a ordem de compra. Após a negociação ser executada, a liquidação ocorrerá em poucos dias e os BDRs serão incluídos na sua carteira de investimentos.

Agora que você sabe investir em BDR, não deixe de diversificar sua carteira com diferentes opções, respeitando seu perfil, objetivos e planejamento. Com um portfólio diversificado, menores serão os riscos que você correrá no mercado financeiro — especialmente na renda variável.

Você se interessou pelo investimento? Confira um conteúdo com a lista completa de BDRs disponíveis no Brasil!