Renova Invest Facebook

Planilha de gastos: qual sua importância?

O planejamento financeiro é um ótimo caminho para ter tranquilidade no orçamento pessoal. Para que o controle seja mais organizado, vale a pena contar com o auxílio de uma planilha de gastos. Afinal, essa ferramenta ajuda a ter maior consciência sobre o destino do seu dinheiro.

A partir de uma análise adequada da relação entre as suas receitas e as despesas, fica mais fácil encontrar brechas para um uso mais eficiente dos recursos. Assim, você consegue juntar dinheiro para destinar aos seus objetivos, por exemplo.

Neste artigo, você saberá mais sobre o que é a planilha de gastos, como ela funciona e a importância desse instrumento para o seu controle mensal. Continue a leitura para conferir!

O que é uma planilha de gastos?

A planilha de gastos é uma ferramenta digital que tem a finalidade de organizar as despesas. Ela consiste em uma tabela em que são discriminados todos os seus gastos em determinado período.

Existem ferramentas que otimizam o processo, como o Microsoft Excel, o Google Sheets e os aplicativos de celular com essa finalidade. Mas, além da planilha eletrônica, é possível ter esse controle de forma manual, em um caderno.

ONDE INVESTIR
EM 2024
DESCUBRA COMO ESCOLHER AS PEÇAS CERTAS PARA CONSTRUIR UM PORTFÓLIO SÓLIDO.

Como funciona esse recurso?

Como você viu, a planilha de controle de gastos permite gerenciar as saídas de dinheiro. Isso pode ser feito a partir de diferentes critérios. Uma das formas de classificação está relacionada à origem dos gastos.

Ela pode ser:

Além de determinar qual a fonte dos registros na planilha, também é importante definir o período que será considerado. Geralmente, o controle é mensal, mas a ferramenta pode ser usada também para controle em outros intervalos de tempo.

De qualquer forma, um cuidado central para utilizar bem a planilha é anotar todos os gastos. É interessante dividi-los em categorias. Por exemplo:

  • despesas fixas — aluguel, mensalidade do colégio, parcela do financiamento etc.;
  • despesas essenciais — como alimentação, energia elétrica, água, gás;
  • despesas variáveis — gastos eventuais, como um passeio ou uma compra esporádica;
  • dívidas pendentes — cartão de crédito, cheque especial e contas em atraso.

Muitas vezes, existem grandes saídas de dinheiro em gastos aparentemente pequenos. Por esse motivo, é interessante não deixar nada de fora do cálculo.


Qual a importância da planilha de gastos?

Existem diversas estratégias de planejamento que ajudam você a alcançar seus objetivos. Todas elas têm em comum a vantagem de ajudar a conhecer as próprias finanças — o que começa com a relação entre as receitas e as despesas.

É muito importante ter consciência dos seus gastos, pois você percebe as fragilidades do orçamento e pode adotar atitudes para torná-lo mais saudável. Assim, torna-se viável manter uma relação equilibrada de entradas e saídas de dinheiro, o que aumenta a sua saúde financeira.

Outro fator de importância da planilha de gastos está em ela ser um caminho para desenvolver a educação financeira. O uso da ferramenta permite identificar os hábitos que prejudicam suas finanças. Logo, você pode adotar práticas financeiras melhores.

Ademais, as informações trazidas pela utilização de uma planilha são úteis para orientar as decisões que envolvem dinheiro. Ciente de como está o orçamento, você pode se posicionar de maneira mais assertiva diante de escolhas importantes do seu dia a dia.

Dentre as vantagens de fazer esse controle está a possibilidade de ter margem de dinheiro para investir. Essa é uma forma de obter lucro com a rentabilidade e aumentar o seu patrimônio, acelerando a conquista das suas metas.

Como utilizar a planilha de gastos no dia a dia?

Agora que você já sabe mais sobre o que é a planilha de gastos e qual a sua importância no planejamento financeiro, precisa conhecer formas efetivas de utilizá-la.

Veja como isso pode ser colocado em prática!

Monte a planilha de acordo com as suas necessidades

É possível encontrar muitos modelos prontos de uma planilha de gastos. Mas você também pode montar a sua planilha conforme as suas necessidades. Assim, é possível adicionar as colunas que desejar e configurar o layout da maneira mais funcional.

Inclusive, se você adotar mais de uma categoria de controle, elas podem ficar no mesmo documento para otimizar o acesso. Quando a organização financeira é mais simples, as chances de manter o hábito de acompanhar as finanças aumentam.

Faça atualizações regulares

Ao começar a realizar um controle dos gastos, é comum que as pessoas desejem conferir o tempo todo se as contas estão em ordem. Porém, essa prática, além de exaustiva, é estressante — e pode desestimular o hábito de acompanhar as despesas.

Portanto, uma possibilidade é selecionar um dia da semana para atualizar a planilha. No restante do tempo, procure se lembrar do que planejou e guarde os registros dos gastos para facilitar o preenchimento no momento adequado.

Tenha estratégias para facilitar os registros

Lembrar-se de todos os gastos pode ser um grande desafio. Por esse motivo, é ótimo que você conte com formas de facilitar o preenchimento da planilha. Por exemplo, você pode concentrar as suas despesas em apenas um cartão.

Guardar os cupons e notas fiscais das compras também é uma forma de otimizar o controle, mas esses papéis têm maior risco de se perderem. Então fique atento para registrar os valores logo que possível.

Faça análises dos resultados

Periodicamente é importante analisar os resultados do seu controle. Assim, você pode verificar como está o uso da planilha de gastos. Contudo, saiba que é comum ter diferenças entre as projeções e as despesas na prática. Isso não significa que o planejamento não está funcionando.

Trata-se de um exercício de autoconhecimento. Com o hábito de acompanhar os gastos, até os erros ficarão mais previsíveis. A ideia é consolidar o controle das finanças e utilizar o dinheiro de forma consciente. Então utilize as experiências para aprimorar gradativamente a sua organização.


Quais os riscos de não fazer o seu controle mensal?

Você já entendeu que a planilha de gastos ajuda a visualizar melhor o destino dos seus recursos financeiros e a utilizar o dinheiro com mais eficiência, certo? Desse modo, sem essa ferramenta, a relação entre as receitas e as despesas pode ficar muito abstrata.

Um dos riscos de não executar o acompanhamento é ultrapassar a sua capacidade de pagamento e se endividar. Além disso, uma possível consequência negativa é a dificuldade de realizar suas metas. Afinal, ficará mais difícil ter dinheiro sobrando para poupar e investir.

Viu como a planilha de gastos é importante para você organizar as suas finanças e realizar um bom planejamento? Coloque as dicas que acabou de conferir em prática para ter mais consciência sobre as suas despesas e considere a possibilidade de investir o seu dinheiro.

Quer saber mais sobre como gerenciar bem as suas finanças? Então leia nosso artigo com os 7 passos para desenvolver a sua inteligência financeira!

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.