Muitas pessoas passam por dificuldades por não cuidarem bem de suas finanças. Com o tempo, elas descobrem que saber como juntar dinheiro — e, sobretudo, investi-lo adequadamente — é essencial para quem deseja ter uma vida financeira mais tranquila no futuro.

Mas isso parece um grande desafio em diversos casos. Um dos motivos é a falta de conhecimento na hora de organizar as finanças pessoais e de disciplina para hábitos financeiros saudáveis. Os comportamentos nocivos podem estar atrapalhando.

Contudo, saiba que é possível reverter essa situação com pequenas mudanças na rotina, na forma de pensar e de consumir.

Quer saber mais? Então leia este artigo. Aqui você encontrará dicas que o ajudarão a juntar dinheiro para fazer seu patrimônio crescer!

Tenha objetivos para o seu dinheiro

Juntar dinheiro fica muito mais fácil quando você tem um objetivo. Afinal, saber o porquê de estar abrindo mão de gastar agora é o que vai mantê-lo motivado e firme no seu propósito. Por isso, a primeira dica é estabelecer metas de poupança.

Então pense: para que eu quero juntar dinheiro? É para ter uma reserva de emergência? Viajar? Comprar uma casa ou carro? Abrir o próprio negócio? Aposentar? Casar? Depois de definir seus objetivos financeiros, classifique-os de acordo com o tempo que deseja realizá-los.

Por exemplo, se você pretende juntar dinheiro para viajar, provavelmente essa viagem deve ocorrer dentro de 1 ou 2 anos. Já se o seu objetivo é comprar um carro, pode levar um pouco mais de tempo para ter o valor necessário, por exemplo, cerca de 5 anos.

Entenda a sua realidade financeira

Depois de definir os seus objetivos financeiros, é importante ter uma visão geral das suas receitas e despesas mensais e anuais. Para facilitar, monte uma planilha financeira, separando os seus gastos por categoria. Também é possível utilizar aplicativos.

Você pode, por exemplo, separar os seus gastos em despesas variáveis e fixas, além de considerar gastos essenciais e avulsos. Ou, ainda, em categorias — como moradia, alimentação, lazer, transporte, saúde etc.

Assim, você saberá o quanto está ganhando e gastando. E, claro, o quanto sobra para juntar dinheiro. Ao fazer isso fica mais fácil entender para onde o seu dinheiro está indo e como pode ele pode ser utilizado de maneira mais estratégica para realizar os seus sonhos.

Defina metas financeiras

A próxima dica é definir metas financeiras. Para isso, é essencial considerar as informações obtidas nas etapas anteriores. Diante dos seus objetivos, dos prazos deles e do seu orçamento, que metas de poupança mensais você pode estabelecer para juntar dinheiro regularmente?

Por exemplo, suponha que você deseja fazer uma viagem no valor de 12 mil reais em 2 anos. Para isso, deverá juntar 500 reais por mês durante esse período. Se você não tem todo o valor necessário sobrando a cada mês, pode estipular metas para alcançá-lo.


SUA LIBERDADE FINANCEIRA ESTÁ A UM CLIQUE Aprenda a viver de renda

Aprenda a viver de renda passiva com especialistas do mercado


É o caso de tentar reduzir as suas despesas em 10% para sobrar mais dinheiro ou de buscar aumentar a sua renda em 10%. Lembre-se que quanto mais dinheiro economizar ou ganhar, mais rápido chegará ao seu objetivo.

Faça um planejamento financeiro

Se você tem metas financeiras, o planejamento e o controle financeiro são fundamentais na sua rotina. Eles servem como um guia na vida financeira e ajudam a manter o caminho até seus objetivos. Assim, podem ajudá-lo a atingir as metas estipuladas.

Por isso, essa é uma dica relevante para saber como juntar dinheiro. Depois de entender sua realidade a partir de uma planilha ou aplicativo de finanças, você deve continuar organizando seus registros para planejar as contas mensais.



Quando fizer isso, é interessante ter médias ou tetos de gastos para cada grupo de despesas. Também inclua nesse planejamento o valor das suas metas de poupança. Para ter um bom controle financeiro, toda vez que desembolsar sempre anote na sua planilha.

Descubra como economizar

É impossível falar sobre como juntar dinheiro sem abordar a necessidade de diminuir ou eliminar os gastos, principalmente os supérfluos. Isso porque até os pequenos gastos que parecem inofensivos podem gerar um impacto significativo no orçamento mensal.

Essa tarefa fica mais fácil quando você conhece a sua situação financeira. Afinal, nesse momento é possível identificar quais são os seus gastos e tentar avaliar se existem custos desnecessários. Por exemplo, assinaturas de planos de telefone ou televisão, compras por impulso etc.

Além disso, para economizar ainda mais, vale aproveitar descontos ou promoções em itens que você já estava preparado para comprar. E lembre-se de pagar as contas em dia para evitar juros e multas (ou antecipar o pagamento de contas para obter abatimentos).

Busque uma fonte alternativa de renda

Se você já economizou em tudo o que pode, uma boa alternativa para juntar dinheiro é buscar formas de aumentar os seus ganhos. Em especial, se há tempo livre no seu cotidiano. É possível pensar nos seus talentos e habilidades para buscar monetização.

Existem diversas opções de renda extra, como venda de tortas, bolos, doces e salgados. Além disso, você pode pensar em aulas particulares, motorista de aplicativos, revenda de produtos, como cosméticos e joias.

Também é possível ganhar dinheiro extra na internet. Por exemplo, com loja virtual, afiliado digital, redator, gestor de redes sociais, dentre outros. E em certas profissões há a chance de realizar consultorias. Dessa forma, você pode juntar dinheiro mais rapidamente.

Faça o dinheiro trabalhar para você

Se você quer realmente fazer o seu patrimônio crescer, não basta apenas juntar dinheiro. É preciso fazê-lo trabalhar — ou seja, ter rendimentos. A maneira mais eficiente de fazer isso é investindo-o. Para isso, é importante aprender sobre o tema.

Você precisa, em primeiro lugar, descobrir qual é o seu perfil de investidor. Assim, poder identificar qual o tipo de investimento que funciona melhor para a sua abertura ao risco e os seus objetivos financeiros.

Também é necessário entender a dinâmica do mercado financeiro. Afinal, há diversas alternativas disponíveis no mercado — que têm relação com conceitos importantes, como o cenário econômico, a Taxa Selic, as políticas de controle da inflação etc.

Como você viu, aprender como juntar dinheiro não é uma tarefa tão difícil. É preciso organização, planejamento financeiro e muita disciplina no início, mas aos poucos fica mais fácil. E não esqueça: investir dinheiro tem uma grande importância na jornada de fazer seu patrimônio crescer!

Quer ter mais confiança para dar esses primeiros passos? Então entre em contato com os assessores da Renova Invest. Podemos ajudá-lo a esclarecer dúvidas sobre investimentos!