Já aconteceu de você se interessar pelas Ações de uma empresa sem saber ao certo se o preço estava adequado? Saiba que, com uma análise detalhada, é possível fazer negócios mais vantajosos na bolsa. Para isso, é importante entender o que é valuation e aprender a calculá-lo.

Os ativos de renda variável são uma maneira de tentar potencializar a rentabilidade da sua carteira — correndo maiores riscos. Entretanto, ao comprar papéis de uma empresa, vale a pena compreender se eles estão com um preço justo.

Nesse sentido, é fundamental calcular o valuation da companhia em que você quer investir. Isso vale em especial se seus objetivos são de longo prazo.

Quer entender o que é e como funciona essa análise? Então, continue a leitura!

O que é valuation e para que serve?

Valuation é um termo em inglês que se refere ao processo de avaliar o valor ou o preço de algo. Fazer uma estimativa é muito importante para tomarmos decisões no dia a dia.

Por exemplo, se você se interessar por um curso on-line, certamente avaliará se o preço dele vale a pena, não é? Uma forma de fazer isso é levar seu preço em conta e tentar estimar o retorno que ele pode trazer.

Percebe como é importante saber se vale a pena pagar determinado preço por um item? A busca é por descobrir se o preço é justo. O mesmo princípio se aplica quando se fala em investir em uma empresa.

Você pode ser um grande investidor, que está pensando em comprar a participação de um dos sócios de uma companhia. Ou talvez seja um investidor do mercado financeiro, que quer comprar algumas Ações na bolsa de valores.

De uma forma ou de outra, é importante estimar o valor da empresa. O cálculo ajudará você a entender se o negócio está valendo a pena ou não. Assim, é útil para encontrar oportunidades diferenciadas.

Valuation e análise fundamentalista

Quem investe em Ações para o longo prazo provavelmente já ouviu falar em análise fundamentalista. Ela é uma maneira de analisar a qualidade de uma empresa, ajudando você a compreender quão sólida ela é.

O valuation é um dos fatores utilizados na análise fundamentalista. Ele considera dados do fluxo de caixa, do demonstrativo de resultados e do balanço patrimonial para que se faça projeções. O objetivo é saber quanto lucro a empresa dará nos anos à frente.

Então, a análise é útil principalmente para quem investe pensando em atingir objetivos financeiros de longo prazo. Afinal, se você está pensando na aposentadoria ou na faculdade dos filhos, a companhia precisa ser sólida, não é mesmo?


Quanto maior é o investimento que se está pensando em fazer, mais cuidado deve ter na avaliação de uma empresa. Além disso, é preciso reavaliar suas escolhas de tempos em tempos, para verificar se a companhia continua tendo qualidade.

Quais são os tipos de valuation?

Agora você já sabe o que é o valuation de uma empresa e por que ele é tão importante. Mas sabia que essa avaliação pode ser feita de várias formas? Um dos motivos é que os números usados no cálculo são projeções referentes aos resultados dos próximos anos.

Quando se fala em projeção e perspectiva, não é possível ter a certeza de que as estimativas se concretizarão. Na prática, não existe nem mesmo a garantia de que determinado negócio continuará existindo daqui a 10 ou 20 anos.

Isso explica por que o cálculo do valuation costuma conter fatores subjetivos. E também nos ajuda entender por que surgiram vários métodos para fazer tal avaliação.

Vamos ver quais são os principais? Confira a seguir!

Fluxo de Caixa Descontado (FCD)

Esse tipo de valuation também é conhecido pelo termo em inglês Discounted Cash Flow (DCF). Ele envolve projetar o lucro que a empresa terá nos próximos cinco a dez anos.


O cálculo não é tão simples. Como você viu, existe uma probabilidade das estimativas de fluxos de caixa futuros não se concretizarem. Assim, é feito um abatimento na projeção de lucro para cada ano.

Para isso, basta aplicar no cálculo uma taxa de desconto referente ao risco. Ela permite trazer para valor presente as estimativas do caixa da empresa para os próximos anos. Se pegarmos o resultado e subtrairmos da dívida total da empresa, encontramos o valor de mercado da companhia.

Dividindo o valor de mercado pela quantidade de Ações emitidas, é possível definir qual é o valor justo por Ação. Com tal número, fica mais fácil analisar o preço do papel de uma empresa e entender se ele é justo ou se está acima ou abaixo do seu valor.

Valuation contábil

O outro tipo de valuation leva em conta o patrimônio líquido da empresa. Ele tem a vantagem de poder ser feito com maior facilidade. Por outro lado, o resultado do cálculo geralmente é incompleto.

O motivo é que o patrimônio considera o valor de tudo aquilo que a empresa possui. Ele inclui, por exemplo, imóveis, veículos, mobiliário, capital de giro e assim por diante.

Mas e a marca em si e tudo o que ela representa para os clientes? E quanto à perspectiva de lucro no futuro? Esses são fatores que a contabilidade não leva em consideração — o que acaba por impactar o resultado do cálculo.

Múltiplos de mercado

Os múltiplos de mercado são valores usados como referência para comparar empresas que atuam no mesmo setor. Um dos mais conhecidos é o EBITDA, que se refere a Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização.

Esse indicador permite fazer o valuation de uma maneira simplificada. O problema é que, nesse caso, também podem surgir algumas dificuldades na análise.

Uma delas é que é muito difícil encontrar duas empresas com um modelo de negócios similar. Além disso, os múltiplos de mercado não trazem informações relacionadas com o momento da empresa.

Eles também não consideram os diferenciais competitivos da companhia. De igual modo, deixam de lado sua capacidade de escalar as operações — apesar de ela ser um fator fundamental em uma avaliação.

Conclusão

Agora, você sabe o que é valuation e aprendeu a calculá-lo. O conhecimento adquirido pode lhe ajudar a investir em renda variável com mais segurança, avaliando empresas e identificando oportunidades.

Naturalmente, o mercado de Ações apresenta riscos que não podem ser reduzidos completamente. Mas entender como se calcula o valor de uma empresa é uma das maneiras de encontrar companhias sólidas para investir.

Está gostando de aprender a analisar empresas? Aproveite para se informar mais sobre o assunto. Confira nosso artigo sobre estratégias para análise de Ações na bolsa!