Renova Invest Facebook

5 livros sobre análise fundamentalista que você precisa ler

5 livros
5 livros

Investidores que adotam uma estratégia com foco em longo prazo precisam avaliar o desempenho das empresas antes de escolher os ativos que vão comprar. Para aprender como essa avaliação é feita e se aprofundar no assunto, selecionamos 5 livros sobre análise fundamentalista que precisam estar na sua lista de leitura. Descubra o porquê!

5 livros sobre análise fundamentalista

Nossa lista de recomendações traz as seguintes obras:

  • O investidor inteligente: O guia clássico para ganhar dinheiro na bolsa, de Benjamin Graham
  • O mais importante para o investidor: Lições de um gênio do mercado financeiro, de Howard Marks
  • O jeito Peter Lynch de investir: As estratégias vencedoras de quem transformou Wall Street, de Peter Lynch e John Rothchild
  • Valuation: Como precificar ações, de Alexandre Póvoa
  • Investindo em ações no longo prazo: O guia indispensável do investidor do mercado financeiro, de Jeremy Siegel

Essas obras foram escritas por verdadeiros especialistas em investimento, como professores de finanças e gestores de fundos. Cada uma delas traz informações indispensáveis para que você avalie mais assertivamente as empresas nas quais pretende aplicar seu dinheiro.

Confira nos próximos tópicos quais são os principais ensinamentos desses 5 livros sobre análise fundamentalista.

1. O investidor inteligente

O livro O investidor inteligente foi escrito pelo economista, professor e investidor britânico Benjamin Graham. Ele foi originalmente publicado em 1949, mas continua extremamente atual e relevante.

Graham é considerado o pai do Value Investing. Essa é uma estratégia que consiste em aplicar na compra de ativos de empresas em que ele confia, apostando na valorização em longo prazo graças ao bom desempenho do negócio.

A visão de longo prazo é uma das características do investidor inteligente, na perspectiva de Graham – juntamente com educação financeira e conhecimento de mercado. Desse tripé vem o título da obra.

Justamente por causa da natureza da estratégia defendida por Graham, ele também é considerado um precursor da análise fundamentalista. Afinal, esse tipo de análise permite identificar as empresas com melhor potencial de valorização dos ativos em longo prazo, observando vários indicadoresde desempenho.

2. O mais importante para o investidor

O livro O mais importante para o investidor foi escrito por Howard Marks, co-fundador e co-presidente da gestora Oaktree Capital Management, a principal investidora em títulos de alto risco do mundo. Em 2020, ele ficou na 391ª posição do ranking Forbes 400, que classifica os 400 norte-americanos mais ricos.

Até recentemente, esse livro não tinha uma edição brasileira, problema que foi resolvido com pela editora Edipro em dezembro de 2020; a obra chegou imediatamente à lista dos mais vendidos de finanças. O prefácio foi redigido por Henrique Bredda, gestor da Alaska, o que torna a obra ainda mais rica para os investidores.

Nesse livro, Marks apresenta os aspectos que ele considera mais importantes para que um investidor possa ter sucesso em suas aplicações. Ele também quebra vários mitos, o que justifica o subtítulo da obra em inglês, que pode ser traduzido livremente como “senso fora do comum para o investidor consciente”.


INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Invista em ações


Por exemplo, Marks aposta que ativos com maior risco não vão, necessariamente, trazer retornos mais altos. Em vez disso, ele aponta que uma má empresa (portanto, cujos ativos têm nível de risco mais elevado) é um mau investimento. Portanto, a forma certa de selecionar os melhores ativos para aplicar é estimando seu valor e comparando com o preço.

Em outras palavras, o investidor deve buscar a melhor relação valor/preço nos ativos. Quanto mais o preço de um ativo estiver descontado em relação ao seu verdadeiro valor, maior seu potencial de valorização e, claro, de retorno. É neste ponto que entra a análise fundamentalista, pois ela é a ferramenta que permite separar o joio do trigo – isto é, as más e as boas empresas – e avaliar seu valor intrínseco.

3. O jeito Peter Lynch de investir

O livro O jeito Peter Lynch de investir foi escrito por John Rothchild, falecido escritor especializado em finanças, e pelo próprio Peter Lynch, que construiu sua reputação como gestor do Magellan Fund na gestora Fidelity Investments entre 1977 e 1990.

Nesse período, Lynch ficou reconhecido pelos excelentes resultados de seu trabalho, gerando em média 29,2% de retorno anual com suas decisões de aplicações. Ou seja, não é à toa que investidores de todo o mundo lêem seu livro para descobrir como ele toma essas decisões.

Entre os ensinamentos que Lynch apresenta nas páginas, está comprar ações de empresas que você entende e buscar empresas que apresentam lucro ou crescimento constante.

Novamente, a análise fundamentalista desempenha um papel central, já que ela permite identificar com base em dados concretos as tendências de lucro e crescimento. Além disso, ela possibilita que você, investidor, desenvolva um melhor entendimento sobre as empresas, mesmo que não tenha um contato direto com elas.

4. Valuation: Como precificar ações

O livro Valuation: Como precificar ações foi escrito por Alexandre Póvoa, CEO da Valorando Consultoria e, anteriormente, CEO da Canepa Asset Brasil. Na nossa lista de 5 livros sobre análise fundamentalista, ele representa muito bem o conhecimento dos especialistas brasileiros.

O livro aborda uma questão complexa: como determinar o valor justo de uma ação? Afinal, o preço pelo qual o ativo é negociado no mercado nem sempre reflete o quanto ele realmente vale. Para responder essa pergunta, a análise fundamentalista é uma ferramenta útil.

A explicação fica mais interessante porque Póvoa traz estudos de caso, que aproximam os conceitos do investidor, tratando o assunto de forma mais concreta. Outra vantagem dessa obra é que ela traz uma perspectiva adaptada ao mercado financeiro do nosso país.

5. Investindo em ações no longo prazo

O livro Investindo em ações no longo prazo foi escrito por Jeremy Siegel, professor de finanças na renomada Wharton School, da Pennsylvania University, nos EUA. O próprio título da obra já revela a relação entre o pensamento de Siegel e a análise fundamentalista: ambos têm foco em longo prazo.

Em seu livro, o professor fala sobre tendências históricas e ressalta que elas devem ser levadas em consideração para construir uma carteira de investimentos sólida e lucrativa. E uma das formas de identificar essas tendências é realizando a análise fundamentalista das empresas.

Aliás, um dos pontos mais interessantes do livro de Siegel é, justamente, que o autor mostra que a análise fundamentalista é um método eficaz para escolher em quais ativos aplicar. Ele conduz a boas decisões, mesmo diante dos vários ciclos de altas e baixas do mercado financeiro.

 

Os 5 livros sobre análise fundamentalista que você viu nessa nossa lista são um ótimo ponto de partida para quem busca investir para construir seu patrimônio em longo prazo. Porém, como Benjamin Graham destaca, o investidor inteligente precisa de educação financeira, e ainda existe muito mais para você aprender.

Então, que tal aproveitar para se inscrever na newsletter da Renova Invest?

Fazendo parte da nossa lista de e-mails, você recebe conteúdos exclusivos com informações e recomendações da nossa equipe de assessores qualificados!

 

Você conhecia esse mecanismo de segurança da bolsa de valores? Para conhecer mais sobre o mercado financeiro, acompanhe nossos conteúdos no YouTube, Instagram e LinkedIn!

 

Veja também

botão de concordância

0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.