Niobium Coin: o que é e como funciona essa moeda?
Niobium Coin: o que é e como funciona essa moeda?

Niobium Coin: o que é e como funciona essa moeda?

O avanço da tecnologia tem sido aproveitado por empresas de diversos portes e setores. Isso também é verdadeiro no setor de criptoativos, que podem trazer novas oportunidades para os negócios e para o público geral. No mercado brasileiro, vale a pena conhecer o que é Niobium Coin.

A moeda foi criada com o objetivo de simplificar operações, aproveitando a tecnologia blockchain principalmente para as empresas. Ao mesmo tempo, há algumas limitações que precisam ser consideradas.

A seguir, veja o que é o Niobium Coin e entenda quais são as principais características dessa alternativa!

O que é Niobium Coin?

O Niobium Coin é uma moeda digital que foi desenvolvida como ativo da Bolsa de Moedas Virtual Empresariais de São Paulo (BOMESP). Ela é baseada no blockchain da Ethereum, com atuação autônoma. Seu lançamento oficial aconteceu entre o final de 2017 e o começo de 2018.

Como ele funciona?

A construção do Niobium Coins foi feita com base nos contratos inteligentes da plataforma Ethereum. Diferentemente de outras moedas, ele é considerado um token de utilidade ou utility token.

Com isso, pode ser usado como forma de pagamento para produtos e serviços variados. O foco está na rede da BOMESP, em que parceiros e wallets aceitam o criptoativo em questão. Por suas características, não há processo de mineração, sendo a aquisição o meio principal de obtê-las.

Para entender melhor sua proposta de funcionamento, logo após o lançamento, um empresário vendeu um terreno por cerca de R$ 1,4 milhão e aceitou o pagamento em Niobium Coin.

Como token de utilidade, o Niobium Coin também costuma ser usado para a captação de recursos — e não para investimentos, com rentabilidade. Então, é como se ele fosse uma moeda utilizada em uma espécie de pré-venda para iniciativas como novos produtos e ferramentas.

Quanto aos números, seu máximo preço de negociação unitária foi atingido em agosto de 2018, quando alcançou US$ 0,73. A máxima capitalização aconteceu em novembro de 2018, com mais de US$ 5 milhões.

Quais são as vantagens da criptomoeda?

Descobrir o que é Niobium Coin também significa conhecer quais são os seus benefícios. O primeiro aspecto é a simplificação de pagamentos, por meio de transações rápidas, seguras e que utilizam o blockchain.

Também é interessante considerar que as taxas são menores, o que pode tornar o uso do token mais acessível. Com a possível expansão da rede de parceiros da BOMESP, a expectativa é que a alternativa possa ser usada de forma ainda mais intensa.

Para os negócios, existe a chance de aproveitá-la em contextos operacionais, de lançamentos e de desenvolvimento. Por ser focada, especialmente, nas empresas, traz uma oportunidade em potencial para o mercado brasileiro.

Quais são os riscos do Niobium Coin?

Antes de buscar o criptoativo em uma exchange para investir é necessário considerar os seus riscos. No geral, o investimento em uma criptomoeda é mais arriscado, devido à falta de regulamentação no mercado.

Além de tudo, você deve saber que o Niobium Coin foi avaliado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ela definiu que ele não pode ser classificado como um ativo financeiro.

Isso significa que o órgão não tem competência para regular sua emissão e também que ele não é um investimento. Portanto, é preciso estar ciente da questão, entendendo que, nessas condições, pode não haver retorno positivo.

Ademais, uma regulamentação futura pode afetar ou mesmo inviabilizar o funcionamento do criptoativo como hoje é conhecido. Somando isso à baixa liquidez de negociação, pode ser que você encontre problemas para operar com ele.

Como o Niobium Coin se diferencia das demais criptomoedas?

O fato de ser um token de utilidade já é um dos diferenciais dessa moeda digital. Afinal, ao saber o que é Niobium Coin, você percebe que seu uso não é igual ao de outras criptomoedas.

Além disso, a previsão da BOMESP é que ele servirá de referência para outras moedas que serão criadas. A ideia é que cada empresa possa criar a própria moeda digital e captar recursos para financiar suas atividades.

Um dos principais motivos é que escolher tal caminho seria mais barato e acessível que fazer uma Oferta Pública Inicial (IPO) na bolsa de valores, por exemplo. Como consequência, as empresas seriam beneficiadas.

Como visto, os tokens de utilidade podem ser usados para adquirir produtos ou contratar serviços. No meio de tudo, estará o Niobium Coin, para oferecer paridade.

Ele também oferece acesso exclusivo à rede de parceiros da BOMESP e as carteiras atreladas. Caso haja uma expansão no nível de parcerias nesse sentido, os usuários poderão ter mais facilidade no uso.

Após saber o que é Niobium Coin, você passa a conhecer uma alternativa que traz uma nova proposta de captação de recursos, atuando como token de utilidade. Porém, ele não é considerado um investimento e você precisa ter isso em mente para tomar decisões adequadas!

O que você pensa sobre essa nova possibilidade do mercado? Conte nos comentários e participe do debate!

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.