Jeff Bezos: o bilionário fundador da Amazon

Jeff Bezos
Jeff Bezos

Inventor, empreendedor, visionário e inovador. Essas são algumas das características de Jeff Bezos, fundador da Amazon e um dos homens mais ricos do mundo. Mas sua história de sucesso vai muito além da criação dessa empresa de comércio online.

Além de revolucionar o varejo, Bezos também se destaca no mundo do jornalismo online com o The Washington Post. E ele ainda encontra tempo para explorar o universo com sua empresa Blue Origin.

Quer saber mais sobre o homem que redefiniu o mercado de eletrônicos e agora quer levar as pessoas para o espaço? Confira a seguir a história de Jeff Bezos, o criador da Amazon!

jeff-bezos

Quem é Jeff Bezos?

Jeffrey Preston Bezos, mais conhecido como Jeff Bezos, é um empresário americano e fundador de diversos empreendimentos comerciais de sucesso, como a Amazon.

Ela é uma companhia de tecnologia focada no comércio eletrônico que começou na garagem de Bezos, em Seattle, mas logo se tornou uma das maiores empresas nesse segmento. Em 2020, a receita da Amazon atingiu 386 bilhões de dólares.

Devido ao seu espírito empreendedor, no ano de 2021, Jeff Bezos tinha um patrimônio líquido estimado em mais de 177 bilhões de dólares, segundo a Forbes — uma revista de negócios e economia. Ele se tornou, assim, a pessoa mais rica do mundo pelo quarto ano consecutivo.

Qual é a história dessa personalidade?

Jeff Bezos nasceu no dia 12 de janeiro de 1964 em Albuquerque, no estado norte-americano do Novo México. Seu pai era Ted Jorgensen e sua mãe se chamava Jacklyn Gise Jorgensen. Quando Jeff tinha 4 anos, ela se casou novamente com Mike Bezos, de quem herdou o sobrenome.

Dos 4 aos 16 anos, Bezos passava os verões no rancho dos seus avós no Texas, consertando moinhos e cuidando dos animais da fazenda. Na garagem de seus pais, ele montou uma oficina cheia de invenções elétricas, demonstrando desde cedo certa aptidão mecânica.

Quando adolescente, Jeff conseguiu o seu primeiro emprego em um dos restaurantes de fast food do McDonald’s, onde era cozinheiro. Ainda no ensino médio, começou o seu próprio negócio: o Dream Institute — um acampamento de verão para adolescentes.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


Anos depois, em 1986, Jeff Bezos se formou em Engenharia Elétrica e Ciência da Computação na Universidade de Princeton. Após sua graduação, ele ingressou na Fitel — uma startup de telecomunicação.

Após sair da Fitel, Bezos começou a sua carreira profissional no mercado financeiro. Em 1988, ele começou a trabalhar no Bankers Trust, uma instituição financeira americana. Mais tarde, o futuro empresário ingressou em uma empresa multinacional de gestão de investimentos, a DE Shaw & Co.

Como Jeff Bezos se tornou um empreendedor de sucesso?

Após trabalhar em empresas de telecomunicação e do setor financeiro, Jeff Bezos decidiu empreender novamente. Então abandonou seu cargo na DE Shaw & Co e se mudou para Seattle.

Lá, Jeff Bezos viu o potencial ainda inexplorado da internet. Então decidiu abrir uma livraria online — a Amazon. Assim, ele continuou sua jornada no mundo dos negócios, tornando-se um empresário de sucesso e o homem mais rico do planeta anos depois.

Saiba mais sobre a criação da Amazon e de outros empreendimentos de Jeff Bezos!

Amazon

Em 1993, Bezos abriu uma livraria online, em sua garagem em Seattle. Inicialmente, ela era chamada Cadabra, mas foi posteriormente renomeada para Amazon. No primeiro mês de funcionamento, a empresa recebia encomendas de todos os estados americanos e de 45 países ao redor do mundo.

No ano de 1997, a Amazon estreou na bolsa de valores Nasdaq, nos EUA. Dois anos depois, ela se tornou líder em comércio eletrônico. Com o tempo, Jeff diversificou os produtos da sua empresa com a venda de CDs, vídeos, roupas, brinquedos e outros artigos por meio de parcerias.

Além das vendas, ele lançou um serviço de vídeo sob demanda, conhecido como Amazon Prime, em 2006. Um ano depois, Bezos apresentou aos clientes um leitor de livros digitais, o e-reader Kindle. Com ele, é possível comprar um livro para ser lido em smartphones e tablets.

Atento às oportunidades no mercado de entrega de alimentos, Bezos adquiriu a rede de supermercados Whole Foods no ano de 2017. Por meio do Amazon Prime, ele começou a fazer entrega de alimentos para os seus clientes em apenas duas horas.

Blue Origin

Além da Amazon, Bezos fundou a Blue Origin no ano de 2000. Essa é uma empresa de serviços de voo espacial, com sede em Kent, Washington. Seu objetivo era tornar as viagens espaciais mais acessíveis por meio do lançamento de veículos reutilizáveis.

Ao fundar a Blue Origin, o desejo de Bezos também era o de criar colônias fora do planeta terra para que os seres humanos pudessem viver no espaço. Desde então, diversos testes foram realizados para viabilizar esse projeto.

Em julho de 2021, a empresa realizou seu primeiro voo espacial com 4 tripulantes — Jeff era um deles. Também estavam presentes no foguete seu irmão, Mark Bezos, e um holandês de 18 anos, chamado Oliver Daemen. Além deles, havia a aviadora americana Wally Funk, de 82 anos.

The Washington Post

No ano de 2013, Jeff Bezos adquiriu o jornal norte-americano The Washington Post por 250 milhões de dólares. Após a compra, a empresa passou por uma reestruturação digital, pois a ideia era investir no jornalismo online, já que esse ambiente era notoriamente promissor.

Em 2016, foi implementado um serviço de assinatura digital no The Post. Assim, para ter acesso a todos os conteúdos do jornal, os leitores precisam pagar certa quantia por mês. Isso fez com que o periódico voltasse a ser lucrativo.

Sob a liderança de Bezos, o novo The Washington Post se tornou um grande sucesso e conquistou diversos prêmios por sua cobertura. Entre eles está o Prêmio Pulitzer 2018, na categoria de reportagem política sobre a campanha de Donald Trump.

Como Bezos se destaca no mundo dos investimentos?

Para finalizar, é interessante saber como investe o homem mais rico do mundo. O portfólio de investimentos de Bezos está distribuído em diversas empresas, de segmentos diferentes. Assim, com essa diversificação, é possível diluir os riscos da carteira e ampliar as chances de ganhos.

Além dessa estratégia, Jeff busca alocar parte dos seus recursos em empreendimentos que se encontram em diferentes ciclos de vida, incluindo startups. Dessa forma, ele pode obter lucros a partir da valorização das empresas em estágio inicial, no longo prazo.

Mas ele não deixa de investir em negócios em estágio mais avançado. Afinal, por serem companhias já consolidadas no mercado, essas empresas podem trazer mais segurança. Portanto, oferecem menos riscos no portfólio, quando comparado com empresas novas.

Para gerir esse patrimônio, Jeff conta com a Bezos Expeditions. Essa é uma empresa privada de gestão de investimentos e foi fundada para gerenciar sua fortuna. Ela também apoia o financiamento dos seus projetos filantrópicos.

A história de Jeff Bezos — o fundador da Amazon — pode trazer diversas lições tanto para empresários quanto para investidores, incluindo a importância de diversificar investimentos. Assim, você pode aprender a potencializar os ganhos, além de diluir os riscos do seu portfólio — e a investir cada vez melhor.

Gostou do conteúdo e quer continuar aprendendo? Entenda melhor por que a diversificação de investimentos é importante!

 

Para aprofundar ainda mais seus conhecimentos sobre o mercado financeiro, nos acompanhe nas redes sociais. Estamos no YouTubeInstagramFacebook e LinkedIn!

 

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.