Renova Invest Facebook

Polygon (MATIC): conheça mais sobre essa criptomoeda

Polygon (MATIC)
Polygon (MATIC)

O mercado de criptoativos não se limita ao bitcoin, que foi a primeira criptomoeda lançada. Desde o início da utilização da tecnologia blockchain para descentralização das transações financeiras, outros sistemas e moedas virtuais foram criadas. Por exemplo, a rede polygon e seu ativo MATIC.

Como essa variedade de alternativas representa oportunidades de investimentos no mercado de cripto, é importante que o investidor conheça as principais possibilidades. Assim, você pode entender quais são as criptomoedas mais promissoras e as mais adequadas para a sua estratégia.

Neste artigo, você entenderá o que é polygon, o que é o MATIC e como aportar nesse criptoativo. Boa leitura!

O que é e como funciona uma criptomoeda?

Para começar, é interessante saber o que é e como funciona uma criptomoeda. Trata-se de uma moeda virtual, ou seja, ela não existe fisicamente. Apesar disso, o ativo pode ser utilizado para realizar operações financeiras, assim como acontece com as moedas tradicionais.

Em geral, as criptomoedas utilizam a tecnologia blockchain para serem criadas e armazenadas. É possível compreender a ferramenta como um sistema que funciona de maneira semelhante a um livro-razão público, onde ficam todos os registros das transações.

Vale notar que a blockchain é imutável e incorruptível, o que significa que ela apresenta alta segurança nas operações. Esse é um dos motivos pelos quais muitos investidores veem boas perspectivas para as criptomoedas.

Além disso, as moedas virtuais são descentralizadas — não controladas por qualquer Governo ou órgão específico. Assim, elas oferecem menor burocracia e maior liberdade nas transações, além de menores chances de serem impactadas por estratégias de política econômica de um país.

O que é e como funciona a polygon?

Agora que você já sabe o que é e como funciona uma criptomoeda, é o momento de entender o que é a polygon. Criada em 2017 com o nome de The MATIC Network, esse é um projeto que permite processar altas demandas de transações da rede ethereum ao mesmo tempo.

Dessa forma, a polygon busca resolver o problema de escalabilidade da plataforma. Vale destacar que a ethereum é uma grande rede de blockchain — em 2022, ela estava atrás somente do bitcoin. Nesse sistema, existem projetos relacionados a diferentes propósitos, tais como:

Por essa razão é comum que a rede ethereum fique congestionada quando há excesso de movimentações, o que causa lentidão e aumenta os custos das transações. Em muitos casos, esse problema acaba gerando insatisfação nos usuários do sistema.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


Ao perceberem essa situação, os criadores da polygon criaram blockchains de segunda camada que interagem com a rede ethereum. Desse modo, os desenvolvedores podem utilizar a polygon para descongestionar a plataforma e aumentar sua eficiência.

Quais projetos utilizam a estrutura da polygon?

Como você viu, a polygon pode ser utilizada para diversas finalidades. Devido às suas características, ela permite que desenvolvedores criem dApps (aplicativos descentralizados) que sejam compatíveis com a ethereum.

A partir de então, a blockchain é personalizada, criando diferentes projetos. Para elucidar como isso ocorre, confira a seguir alguns dos principais projetos que utilizam a estrutura da polygon!

Blast

Esse é um projeto que permite a realização de torneios e desafios voltados aos jogos play-to-earn. De modo geral, esses são games em que os usuários ganham um determinado valor por jogar. É comum que o recebimento ocorra por meio de criptomoedas ou NFTs.

Boundless

O Boundless é um aplicativo que permite que transações de dinheiro sejam realizadas ao redor do mundo. Pautado em tecnologia blockchain, esse app faz com que a circulação ocorra de forma barata e rápida.

Art.army

A art.army é uma plataforma cujo objetivo é permitir a interação entre artistas e curadores. Dessa forma, ela promove a catalogação de coleções e o uso dos espaços digitais presentes no metaverso.

Decentraland

Decentraland é um jogo do metaverso que oferece aos usuários uma ampla liberdade e domínio do ambiente virtual. Nele, é possível explorar diferentes cenários, construir ambientes até então inexistentes e também negociar terrenos, avatares, skins e outros itens.

O que é e como funciona o token MATIC?

Como você viu, a polygon é um tipo de sistema interligado à rede ethereum. Para funcionar, ela tem uma criptomoeda própria que serve de base para as negociações e transações em sua própria estrutura. Essa moeda é chamada MATIC.

Por conta da sua função principal, o MATIC é um token de utilidade. No entanto, no ambiente polygon, essa criptomoeda pode ser usada de diversas maneiras.

Confira alguns exemplos:


Moeda operacional

A primeira função da MATIC é servir como moeda operacional. Desse modo, ela pode ser utilizada para o pagamento das taxas para realização de movimentações no ecossistema polygon.

Token de governança

Além de servir para o pagamento de taxas, é possível utilizá-la como token de governança. Assim, quem detém o token recebe o poder de voto, tendo a possibilidade de participar das decisões relacionadas às melhorias da estrutura da rede.

Staking

Outra maneira de utilizar a criptomoeda é como staking — quando o usuário utiliza as próprias moedas para auxiliar nas operações e recebe uma recompensa por isso. Nesse caso, a MATIC pode ser usada para validar as transações da polygon.

Vale a pena investir na polygon?

Agora que você já sabe como funciona a polygon e a MATIC, deve entender se vale a pena investir na criptomoeda. Com o crescimento da ethereum, a tendência é a valorização dos sistemas que facilitam o desenvolvimento de projetos na rede.

Portanto, é possível que a MATIC apresente desempenho interessante para o investidor, caso esse crescimento se concretize. No entanto, assim como em qualquer alternativa, é necessária uma análise individual para determinar se o investimento vale a pena para você.

Por isso, antes de investir, vale a pena seguir alguns passos. São eles:

Considerar seu perfil de investidor

Você deve considerar o seu perfil de investidor para identificar sua tolerância ao risco dos investimentos. Isso porque, de modo geral, o mercado de criptoativos é mais arriscado.

Os três perfis possíveis são:

  • conservadores: investidores que priorizam a segurança do investimento, ainda que abram mão de rentabilidades mais atrativas;
  • arrojados: são pessoas que buscam resultados melhores, estando dispostos a correr maiores riscos para isso;
  • moderados: como um meio-termo entre os perfis anteriores, os moderados procuram por melhores rentabilidades. Contudo, também alocam parte de seu capital em alternativas mais seguras.

Estabelecer seus objetivos financeiros

Além de analisar seu perfil de investidor, você deve estipular os seus objetivos. Com clareza a respeito da finalidade do investimento, será possível verificar se a alternativa se encaixa em sua estratégia e pode ajudar a alcançar as suas metas.

Estudar os riscos e vantagens do investimento

Por fim, não deixe de compreender os riscos e vantagens do investimento que deseja realizar. Nesse sentido, é preciso ter em mente que o investimento em criptomoedas é de renda variável.

Isso significa que não há possibilidade de prever com exatidão qual será a rentabilidade, nem mesmo se haverá rendimento ou prejuízo. Por conta das oscilações, esse tipo de investimento costuma ser realizado por investidores com maior tolerância aos riscos, como os arrojados.

Como se expor ao mercado de criptos?

Após entender se vale a pena investir na polygon, você pode ter curiosidade em saber como se expor ao mercado dos criptoativos. Na prática, é possível investir em criptomoedas de duas formas principais.

Confira a seguir quais são elas:

Exchange

A primeira maneira de se expor aos criptoativos é pela negociação direta. Nele, o investidor compra e vende os ativos de uma exchange, que é uma empresa especializada na negociação de ativos virtuais.

Embora essa seja uma maneira rápida de se expor, é preciso considerar que não há regulamentação no Brasil. Por isso, a operação se torna mais arriscada — pois não há mecanismos de segurança institucional contra fraudes ou roubos, por exemplo.

Portanto, ao recorrer a essa alternativa, é fundamental verificar a robustez da exchange, buscando instituições confiáveis que disponibilizem a negociação desses ativos.

Fundos de investimentos

O segundo modo de investir em criptoativos é de maneira indireta, como por meio de fundo de investimentos. Essa alternativa traz maior segurança institucional, porque conta com regulamentação pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Nesse caso, é possível investir em criptomoedas por meio de um ETF (fundo de índice) cuja estratégia seja replicar um índice do mercado de criptoativos. Os recursos serão movimentados por um gestor profissional, seguindo o índice de referência.

Para investir em ETFs, você deve ter conta em um banco de investimentos. Essa instituição dará acesso ao home broker — uma plataforma que insere o investidor no ambiente de negociação da bolsa de valores brasileira, a B3.

Além dos ETFs, existem fundos de criptomoedas, que podem ter diferentes composições e graus de exposição aos criptoativos. Entretanto, quando há uma parcela maior de alocação em criptomoedas, existem fundos que são limitados investidores profissionais.

Diante dessa realidade, é válido pesquisar os diferentes veículos disponíveis para identificar aquele que mais se alinha às suas necessidades. Vale destacar que os fundos de criptomoedas são negociados diretamente na plataforma do banco de investimentos.

Conclusão

Ao longo deste conteúdo você pôde conhecer o ecossistema polygon e a sua criptomoeda, a MATIC. Caso tenha interesse em investir nesse criptoativo, avalie o seu perfil, os objetivos e as diferentes formas de investir para entender qual é adequada à sua estratégia de investimentos.

Para complementar a sua leitura, saiba por que é necessário estudar sobre investimentos para investir melhor!

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
2 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.