O que é e como se tornar um Investidor Profissional?
O que é e como se tornar um Investidor Profissional?

O que é e como se tornar um Investidor Profissional?

O acesso a investimentos de maior risco ou que exigem mais conhecimento costuma ser limitado a investidores considerados qualificados e aos profissionais. Para chegar até eles, saber o que é um investidor profissional é um bom ponto de partida.

Para chegar a essa classificação, você deverá atender a condições específicas que são definidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Como atua na regulamentação do mercado, a entidade é quem autoriza (ou não) os investidores a receberem a classificação.

A seguir, descubra o que é e como se tornar um investidor profissional!

O que é investidor profissional?

O investidor profissional é aquele que atende às características obrigatórias da classificação, que é definida pela CVM. Segundo a entidade, esse investidor deve cumprir os seguintes critérios:

  • ter investidos, no mínimo, R$ 10 milhões, atestados por uma declaração própria e/ou
  • ter autorização de atuação concedida pela CVM mediante certificação técnica.

Tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem ser investidores profissionais. Assim, o também grupo compreende instituições financeiras, empresas seguradoras, fundos e clubes de investimentos e outros.

Estão inclusos, ainda, agentes autônomos de investimento (AAI), administradores de carteira e analistas e consultores de valores mobiliários. Além, é claro, de qualquer pessoa que tenha R$ 10 milhões – como você viu.

Qual a diferença entre investidor profissional e qualificado?

Saber o que é um investidor profissional pode deixar você na dúvida de como ele se diferencia do investidor qualificado. Essa é outra classificação do mercado e, apesar de os termos serem parecidos, os critérios são distintos.

Primeiramente, o investidor profissional traz mais exigências e, por isso, ocupa o topo da classificação de investidores. Então, todo investidor profissional é qualificado, mas o contrário não é necessariamente verdadeiro.

A diferença principal entre os dois envolve as condições que são definidas pela CVM. Como você viu, o investidor profissional deve comprovar ter R$ 10 milhões investidos e/ou ter autorização concedida baseada em certificação técnica.

O investidor qualificado, por outro lado, deve comprovar o investimento de R$ 1 milhão e/ou ter certificações que dão direito ao registro na CVM. Note que não é obrigatório ter o registro no órgão regulador. Basta dispor da formação que permite solicitar e obter o registro.

Como se tornar um investidor profissional?

Agora que você entendeu o que é o investidor profissional e como ele se caracteriza, é o momento de entender como se tornar um. Nesse processo, há como seguir por mais de um caminho. Afinal, como vimos, existem dois requisitos diferentes.

Se o seu patrimônio investido for igual ou superior a R$ 10 milhões, é preciso preencher a sua declaração de investidor profissional. O documento serve para certificar seus conhecimentos e sua capacidade de correr riscos com investimentos mais avançados.

É possível obtê-la junto ao seu banco de investimentos. Depois, você deverá enviá-la para a CVM. A instituição fará uma análise do requerimento e, se ele for aprovado, você passará a ter a classificação mais alta do mercado financeiro.

Caso seu patrimônio não atenda às regras, é possível seguir pela via da qualificação. Quem já é profissional só precisa fazer o registro. Se você ainda não é, pode buscar um programa que seja reconhecido pela CVM.

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), por exemplo, conta com diversas alternativas de certificação obrigatória e profissional. Após realizar a avaliação e obter desempenho suficiente para a aprovação, será possível efetuar o registro na CVM.

Com o registro em mãos, você também passa a ser um investidor profissional, com acesso a todos os benefícios que a classificação oferece.

Quais são os investimentos destinados a esse investidor?

Uma das vantagens de se tornar um investidor profissional envolve o acesso a investimentos diferenciados. Isso acontece porque os produtos financeiros de maior risco não costumam ser oferecidos a investidores iniciantes ou com pouco conhecimento.

Na posição de investidor profissional, por outro lado, entende-se que você dispõe de conhecimento e experiência, o que garante acesso a mais alternativas. Em partes, isso se deve ao fato de haver mais riscos nas operações.

Mas, com os riscos maiores, o potencial de retorno também pode aumentar. Por isso, pode valer a pena aproveitar as oportunidades para investidores profissionais. No entanto, antes de tomar qualquer decisão é preciso avaliar seu perfil de investidor e definir seus objetivos financeiros.

Considerando tais questões, veja quais são investimentos que estão disponíveis apenas para investidores qualificados e/ou profissionais:

Vale a pena se tornar um investidor profissional?

Agora que você sabe o que é um investidor profissional, pode avaliar se vale a pena ter esse título no mercado. A resposta depende de cada pessoa. Caso você já tenha o valor patrimonial investido ou a qualificação técnica, obter a aprovação da CVM é um caminho natural.

Do contrário, é necessário avaliar. Tornar-se investidor profissional pode ser uma forma de acessar produtos diferentes e, assim, rentabilizar melhor a carteira — desde que considere os riscos. Obter certificações no mercado também pode abrir novos caminhos de carreira pra você.

Quem não dispuser de R$ 10 milhões para investir, pode considerar o patrimônio e começar como um investidor qualificado. Como você viu, ele também tem acesso a investimentos que não estão disponíveis para investidores comuns.

Sabendo o que é um investidor profissional e o que o caracteriza, você tem a chance de seguir as determinações da CVM para atender aos critérios. Então analise suas possibilidades e defina se a opção é adequada para os seus objetivos!

Já que falamos sobre qualificações técnicas, aproveite para conhecer o que é e como funciona a certificação Ancord!

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.