Um índice econômico serve para avaliar o cenário de atividades importantes da economia. Entre eles, um que você precisa conhecer é o PMI, que tem como objetivo fornecer informações para o mercado, analistas e investidores.

Ele é calculado em mais de 40 países, inclusive no Brasil, e avalia condições atuais e futuras de determinado setor. Por esse motivo, é importante conhecer mais a fundo esse indicador e ver como ele pode impactar suas decisões.

Neste post você entenderá o que é PMI, como funciona esse índice econômico e de que forma ele é calculado. Acompanhe!

O que é o PMI?

PMI é a sigla para Purchasing Manager’s Index ou Índice de Gerentes de Compras. Ele tem como objetivo avaliar a atividade de um setor econômico de um país — como indústria, manufatura e serviços.

Para isso, empresas privadas coletam informações por meio de pesquisas, realizadas mensalmente, junto aos gestores. Assim, elas obtêm dados estatísticos que indicam a situação e desenvolvimento das atividades econômicas.

Nesse sentido, o PMI aponta a saúde econômica de um país a partir de dados concretos obtidos de companhias privadas. Logo, o índice traz subsídios importantes, visto que demonstra se um segmento de um país está estável, crescendo ou diminuindo.

Ele é, portanto, um indicador de referência mundial, que serve para guiar o mercado. Um PMI elevado, por exemplo, indica crescimento de uma atividade econômica. Em contrapartida, se o indicador tiver uma baixa pontuação, há retração do setor.

O índice PMI tem tanta credibilidade que é aguardado pela imprensa mundial e é utilizado, inclusive, por bancos centrais. Isso porque ele traz pontos que avaliam a macroeconomia de um país.

Como funciona esse índice econômico?

Como você viu, o PMI é obtido a partir de pesquisas mensais junto aos gestores dos setores analisados. Esse levantamento é feito pela empresa privadas em regiões, como:

  • Estados Unidos;
  • China;
  • Zona do Euro;

Aqui, a pesquisa é realizada pela IHS Markit, sendo que o questionário é enviado para os gerentes de compras de cerca de 400 companhias do setor industrial. Para realizá-la, alguns dos pontos considerados são o número de funcionários da organização e sua importância para o PIB nacional.

A partir desses dados, é obtido o Brasil PMI Industrial. É, assim, um índice de relevância mundial que demonstra a temperatura da atividade econômica do setor industrial do país. Ele aponta as condições de negócio no país, servindo de guia para o mercado.

Na Zona do Euro, o levantamento é feito pela IHS Markit, da mesma forma que o Brasil. As informações são pesquisadas em cerca de 5 mil companhias privadas daquela região.


Já, nos EUA, o levantamento é feito pelo ISM (Institute for Supply Management) e é aplicado a gerentes de 18 segmentos da área industrial. Nessa lista entram empresas do NAICS (Sistema Norte-Americano de Classificação de Setores).

Como o PMI é calculado?

Depois de compreender o que é PMI e sua abrangência, é interessante saber como se dá o cálculo do indicador. Em primeiro lugar, as pesquisas realizadas consideram diferentes aspectos dos setores analisados.

Por exemplo:

  • número de novas encomendas;
  • pedidos de exportação;
  • situação atual dos estoques;
  • nível de produção;
  • nível de emprego;
  • tendência de preço;
  • expectativa dos gestores.

Para que os dados estatísticos gerados pelas pesquisas reflitam a realidade de um setor, são aplicados alguns ajustes no cálculo do PMI. Essa medida é importante considerando a sazonalidade que impacta as atividades econômicas analisadas.

Resultado obtido

O indicador pode variar de zero a 100, sendo que uma pontuação acima de 50 indica que o setor econômico está aquecido. Por outro lado, caso o resultado do PMI seja menor que 50, indica que o setor está encolhendo e, desse modo, acende um sinal de alerta no mercado.

Se o índice obtido for 50, ele aponta estabilidade do segmento econômico. A partir disso, é possível fazer comparações de desempenho do setor de um país de um mês para o outro. Com o PMI, é possível ainda comparar a atividade econômica entre países.


Qual é a importância do PMI?

Como você viu, o PMI tem credibilidade mundial e isso ocorre pela seriedade com que a coleta de dados é realizada. Desse modo, é um indicador econômico que pode antecipar tendências, visto que tem como função apontar as expectativas dos empresários de grandes companhias dos países.

No caso das indústrias, por exemplo, é importante que os fornecedores acompanhem o indicador para entender o mercado e ajustar sua produção.

Se o PMI aponta que está havendo uma desaceleração da atividade, indica que a demanda será menor. Logo, as empresas que fornecem matérias-primas podem se programar para não ter perdas considerando o cenário futuro.

Por que o investidor precisa conhecer o indicador?

Ao longo do artigo, vimos que o indicador traz dados relevantes das atividades econômicas de grandes países. Então, em um primeiro momento, você pode pensar: por que o investidor precisa saber o que é o PMI?

Há diversas razões para conhecer o índice. Uma delas é identificar oportunidades no mercado financeiro. Ao entender que um setor da economia brasileira está aquecido, por exemplo, você tem subsídios para escolher melhor as empresas para comprar as ações, concorda?

Além disso, ao identificar a ampliação ou a retração de um segmento, você pode utilizar as informações para pensar sua estratégia ou até rebalancear a carteira, se fizer sentido.

Também é possível utilizar essas informações antes de fazer seus aportes em ativos de outro país, como os Estados Unidos. Dessa forma, antes de investir em ETFs (fundos de incide) ou BDRs (certificados de ativos internacionais), por exemplo, é possível entender o cenário econômico lá fora.

Portanto, apesar de parecer um indicador que só interesse os grandes agentes dos setores industriais, você viu que ele também tem importância para o investidor. Acompanhar o PMI pode orientar a sua tomada de decisão ao escolher entre um ou outro investimento.

Agora você já sabe o que é PMI e a relevância desse indicador para a economia de grandes países. Viu ainda que, na hora de investir, entender o índice econômico pode ser um dos pontos a considerar ao avaliar um investimento — especialmente ao expor seu capital ao exterior.

Gostou de acompanhar este post? Quer descobrir mais sobre indicadores? Então conheça os 6 indicadores fundamentalistas mais importantes para investidores!