Para os entusiastas de moedas digitais, os criptoativos são o futuro de diversos mercados, incluindo o de transferências bancárias. Com isso, novas possibilidades estão em desenvolvimento e têm sido aplicadas ao redor do mundo. Para conhecer uma delas, vale a pena saber o que é NEM.

Essa moeda reúne características e funcionalidades de plataforma, utilizando um dos principais componentes do Bitcoin. Ao mesmo tempo, apresenta especificidades que geram impactos diferenciados.

Na sequência, descubra mais sobre a moeda digital NEM e veja como ela tem sido utilizada nos últimos anos!

O que é a NEM?

A NEM é uma criptomoeda que tem como código de negociação o termo XEM. Então, você poderá encontrar as duas definições ao explorar mais informações sobre o criptoativo.

A criação da NEM aconteceu em 2015, após o lançamento das suas versões iniciais e de teste no ano anterior. Além de ser uma moeda digital, ela também atua como um tipo de plataforma que pode ser usada com grande volume de transações, como você verá adiante.

Como a criptomoeda funciona?

Para saber o que é NEM e compreender seu funcionamento, é preciso entender, primeiramente, o uso do blockchain. Essa é uma tecnologia que envolve o registro público e a criação de blocos com as novas transferências.

O blockchain é utilizado no Bitcoin e também é adotado para a NEM. A criptomoeda, entretanto, foca em transações ponto a ponto, que são chamadas de peer-to-peer (P2P).

Em relação ao processo de mineração, ele não acontece. O que ocorre, na verdade, é o uso de protocolos de consenso para a validação de transferências. No caso da NEM, utiliza-se o proof-of-stake (PoS) ou prova de participação.

Com essa alternativa, cada voluntário é classificado de acordo com a quantidade de moedas que disponibiliza em sua carteira. Quanto maior for a classificação, maiores são as chances de ser quem aprovará a transação.

Esse é um protocolo considerado inovador e que oferece bastante segurança. Afinal, qualquer tentativa de manipulação pode fazer com que as moedas não sejam devolvidas, o que desestimula a ocorrência de fraudes.

Quais são as vantagens da NEM?

Sendo mais que uma criptomoeda, a NEM oferece benefícios que estão associados às suas qualidades como plataforma.

Desde sua criação, já foi utilizada por instituições bancárias em ambiente de testes e teve bom desempenho. Com isso, é capaz de suportar diversas transações em um curto período. Sua proposta é que ela seja capaz de se autossustentar, dando apoio às operações cotidianas.


Ela também permanece em desenvolvimento e aprimoramento. Com novas funcionalidades na plataforma, a NEM ou XEM pode se tornar mais atraente para investidores.

Nos últimos anos, ela tem passado por um processo de valorização, graças às novas adoções e aos anúncios feitos pelos desenvolvedores.

Em termos de armazenamento, ele é bastante seguro quando feito com as carteiras certas. Há recomendações da própria NEM, o que traz mais tranquilidade quanto à escolha, de modo a manter os ativos.

Já ao pensar na aplicação, há uma versatilidade de funcionalidades e, portanto, de usos e projetos. Sendo assim, a NEM já tem sido aplicada em diferentes negócios e em propostas com objetivos distintos — embora estejam concentradas no setor bancário.

Quais são os riscos principais dessa moeda?

Um dos maiores riscos da moeda virtual NEM é o fato de ela não ter muita liquidez. Sua adoção ainda é relativamente baixa, o que faz com que poucas exchanges trabalhem com ela.

Além disso, mesmo ao encontrar uma instituição financeira que negocie o criptoativo, o volume de transações é baixo. Então, você pode encontrar dificuldades para se desfazer da criptomoeda, por exemplo.


Também não se deve desconsiderar o risco de volatilidade. Isso torna esse tipo de investimento recomendado para quem tem um perfil arrojado. Afinal, os riscos são muito elevados.

Como a NEM se diferencia de outras moedas digitais?

Apesar de ter sido criada com base no Bitcoin, a NEM tem características distintas. Sobre o processo de mineração de moedas digitais, ele não é realizado no criptoativo. Todas as moedas já foram criadas e isso pode ajudar a conter a inflação do sistema.

Há outros pontos de destaque, como a funcionalidade que permite enviar e receber mensagens. Isso pode auxiliar a estabelecer uma comunicação segura e que aproveita a tecnologia de blockchain, por exemplo.

Em relação a ataques de hackers, a XEM conta com recursos de criptografia e camadas extras de proteção. Assim, não apenas um usuário como toda a comunidade tem a devida proteção para realizar negociações.

É possível comprar NEM?

Depois de saber o que é NEM e o que a moeda digital tem a oferecer, pode ser que você decida investir no criptoativo. Contudo, é preciso compreender que ela não está disponível em todas as exchanges.

Então, você pode escolher criar uma conta em uma instituição do tipo e utilizar uma plataforma secundária para negociar ou buscar diretamente uma instituição que permita fazer a compra. Mas tome cuidado para selecionar plataformas legítimas, evitando golpes e perdas.

Para contar com garantia regulatória, a melhor alternativa para se expor às moedas digitais no Brasil é por meio dos fundos de criptomoedas.

Agora que já sabe o que é NEM, é possível ter acesso a uma moeda digital promissora no apoio à estrutura bancária ao redor do mundo. Entretanto, antes de investir não deixe de avaliar os riscos para fazer uma escolha consistente.

Conhece alguém que também terá interesse em explorar essa moeda? Compartilhe o post nas suas redes sociais e marque seus contatos!