investidor com perfil arrojado
investidor com perfil arrojado

Quais as características do investidor com perfil arrojado?

Talvez você ainda não saiba, mas nem todo investidor é igual. Além das diferenças de objetivos, também há uma variação na capacidade de tolerar riscos. Entre os tipos existentes, há aquele que é conhecido como investidor com perfil arrojado.

Especialmente focado na renda variável, esse investidor apresenta qualidades específicas na hora de escolher onde investir. Para aumentar as suas chances de sucesso, o ideal é saber se você se encaixa nessa categoria e, em caso afirmativo, quais são as alternativas de investimento indicadas.

Na sequência, descubra quais são as características do investidor com perfil arrojado e entenda como é a criação de uma carteira de investimentos adequada para ele!

O que é perfil de investimento?

O perfil de investidor é uma indicação de qual é o modo da pessoa de investir. Ele indica, especialmente, o nível de risco que um investidor está disposto a correr quando escolhe uma alternativa do mercado financeiro.

Então, o perfil serve como um guia para orientar a tomada de decisão. Além do apetite ao risco, ele também está ligado aos objetivos e até ao nível de previsibilidade desejado para os investimentos. Com base no perfil, os investidores podem saber se um produto ou ativo é ou não adequado para eles.

Como o perfil se divide?

As pessoas são diferentes e, por isso, há distinção sobre expectativas e interesses na hora de investir. Tem gente que mantém o foco no longo prazo, enquanto outros preferem alternativas com maior liquidez e no curto prazo, por exemplo.

Logo, há mais de uma classificação entre os investidores. O perfil conservador é composto por quem tem como principal interesse manter o capital protegido. A tolerância ao risco e às oscilações do mercado é bastante baixa. Assim, há uma priorização da segurança — ainda que limite a rentabilidade.

É comum que os conservadores invistam tudo ou a maior parte do patrimônio disponível na renda fixa. Por outro lado, há o perfil moderado. Ele se refere a quem busca maior perspectiva de rentabilidade. Para tanto, está disposto a correr um pouco mais de riscos, mas mantendo a segurança.

Em resumo, o investidor moderado procura equilibrar segurança e retorno. Então, é comum que haja uma divisão dos recursos entre renda fixa e renda variável. Por fim, o investidor arrojado tem o chamado perfil agressivo. Você verá mais detalhes sobre ele na sequência.

Quais são as características do investidor com perfil arrojado?

O perfil arrojado é marcado por quem tem uma tolerância ao risco maior que outros investidores. Ele é motivado pelo intuito de encontrar maiores probabilidades de ganhos. Para isso, está disposto a abrir mão de certa previsibilidade e de segurança.

O investidor com perfil arrojado costuma priorizar a renda variável. Considerando o tripé dos investimentos — formado por rentabilidade, liquidez e segurança — é comum que o ele priorize a primeira característica. Consequentemente, pode precisar diminuir as outras duas.

No entanto, convém entender que esse perfil não representa a disposição a apostar o patrimônio ou arriscá-lo sem critérios. O ideal é que as decisões sejam tomadas de maneira embasada, com foco em maximizar o potencial sem deixar de manejar os riscos.

É claro que a intenção não é colocar o patrimônio à perda. O investidor arrojado apenas entende que pode ser necessário se expor um pouco mais para ter resultados acima da média. Assim, ele precisa saber lidar com os riscos e a volatilidade dos investimentos.

Como compor uma carteira para esse perfil de investidor?

Para elaborar a carteira de investimentos, o investidor com perfil arrojado precisa tomar decisões embasadas, ademais, que favoreçam o alcance de seus interesses financeiros.

A seguir, você verá quais são os pontos essenciais para investir. Confira!

Avalie os objetivos

Primeiramente, é preciso entender quais são as expectativas e as metas com o investimento. De modo geral, pessoas arrojadas podem focar no longo prazo (realizando investimentos) ou no curto prazo.

Quando o foco está no curto prazo, podem ser realizadas atividades de especulação na bolsa de valores, por exemplo. Cada estratégia tem riscos e possibilidades distintas. Então é preciso definir antes os seus objetivos.

Conheça as alternativas do mercado

A partir dos objetivos definidos, é hora de explorar as possibilidades disponíveis. Normalmente, o investidor arrojado é mais alinhado com a renda variável. Ademais, existem diversas oportunidades para sua escolha.

Entender como funcionam os investimentos alinhados ao perfil é importante para conhecer as alternativas. Assim, você pode encontrar as mais convenientes para o seu caso. Quanto maior for o conhecimento, melhor tende a ser a tomada de decisão.

Diversifique os investimentos

Como você viu anteriormente, apesar de estar disposto a correr riscos, o investidor com perfil arrojado não deve arriscar o seu patrimônio desnecessariamente. Para ter algum nível de proteção, é recomendado diversificar a carteira.

A diversificação consiste em variar suas escolhas, de modo a diluir os riscos. Ao investir uma parte dos recursos em renda fixa, por exemplo, você mantém uma parcela da carteira mais segura.

Além disso, é interessante escolher investimentos da renda variável que não sejam correlacionados. Assim, os riscos de perda em um podem ter a comepnsação pela valorização de outro. Com isso, ajudando a equilibrar o portfólio como um todo.

Quais alternativas combinam com o perfil arrojado?

Você está percebendo que a seleção dos investimentos adequados para a carteira depende tanto do perfil quanto dos objetivos. Então, não existe uma fórmula específica para todos os investidores arrojados — e nem um investimento ideal.

Algumas possibilidades mais conhecidas são as negociadas na bolsa de valores. Por exemplo, Ações e Fundos Imobiliários. Existem também alternativas em Fundos de Investimento — como os Fundos Multimercado ou Fundo de Ações.

Se quiser conhecer melhor as alternativas, veja 5 investimentos para perfil arrojado e confira um exemplo de composição de carteira.

Como descobrir qual é o seu perfil?

Antes de aproveitar as dicas que viu aqui, você precisa ter a certeza de que se encaixa como investidor com perfil arrojado. Para identificar a sua classificação, o mais indicado é recorrer a um questionário de suitability.

Ele consiste em um tipo de teste, cujas respostas ajudam a definir em qual perfil você se encaixa. Com isso, é possível ter maior segurança quanto à definição. É viável fazer o teste em seu próprio banco de investimentos. A instituição aplica o questionário a todos que abrem uma conta.

Agora, você sabe que o investidor com perfil arrojado está disposto a encarar mais riscos e variações de mercado. Em troca, ele procura perspectivas de rentabilidade maior. Caso tenha tal perfil, lembre-se de que é essencial escolher as alternativas que se adequam mais a sua carteira!

Independentemente do seu perfil, aproveite para conferir 6 dicas para montar a sua carteira de investimentos.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


chatbot Renata

Quer fazer seus investimentos renderem mais?

Clique aqui e fale com os nossos Assessores

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.