Quando uma empresa decide ofertar ações na bolsa de valores, ela precisa da mediação de uma instituição financeira. Ela pode, então, oferecer uma cláusula de melhores esforços — por isso, é importante saber como funciona essa garantia no IPO.

A prática de adoção de garantias é fundamental para o mercado de ações, pois garante a segurança tanto para empresas quanto para investidores. No entanto, ela demanda atenção das companhias, principalmente para evitar eventuais prejuízos financeiros.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você entender como funciona a garantia de melhores esforços no IPO. Continue a leitura e confira!

O que é IPO?

Em primeiro lugar, é importante conhecer o conceito de IPO. A sigla se refere a initial public offering, ou oferta pública inicial em português. Ela representa a primeira negociação de ações de uma empresa na bolsa de valores.

Quando o IPO ocorre, a companhia passa a ter capital aberto. A partir disso, ela terá acionistas minoritários que poderão participar de seus resultados. Basicamente, a oferta pública primária serve para que o negócio possa captar recursos com a venda de parcelas do seu capital social.

Com a negociação de ações na bolsa, o empreendimento obtém uma quantia que poderá ajudar na consolidação de mercado ou na sua expansão, por exemplo. Estrear no mercado de ações também pode ser uma forma de fortalecer seu posicionamento e aumentar o alcance da marca.

Em relação aos investidores, o IPO pode ser uma oportunidade de investir em ações de novas empresas. Nesse processo, existem termos e particularidades que poucos investidores conhecem. Um exemplo é o conceito de melhores esforços, que você entenderá adiante.

O que é a garantia de melhores esforços no IPO?

Agora que você conhece o conceito de IPO, é possível entender o que é a garantia de melhores esforços. Essa é uma modalidade que pode ser ofertada a uma empresa em processo de abertura de capital.

Na prática, ela é apresentada pelas instituições financeiras responsáveis pela intermediação do processo de IPO na bolsa. Assim, o intermediador se compromete com a venda das ações acordadas, mas existem limitações em sua responsabilidade na negociação. Vale saber que esse processo também é conhecido como underwriting.

Devido a essas características, a garantia de melhores esforços tende a não ser tão procurada pelas empresas em processo de IPO no mercado financeiro. Porém, ela ainda pode ser encontrada nas ofertas públicas iniciais.

Como funciona essa garantia?

No caso da garantia de melhores esforços, a instituição financeira se compromete a vender as ações acordadas. Mas é importante ter atenção, pois ela não se responsabiliza pela subscrição dos ativos não comercializados no mercado.

Ou seja, o agente intermediário dos papéis se compromete a acompanhar e orientar todo o processo de IPO da empresa e buscar investidores. Ademais, deve implementar os melhores esforços para a venda das ações da empresa que a contratou aconteça em sua totalidade.

Investir em empresas estrangeiras não precisa ser difícil!

Baixe nosso e-book e saiba como ser sócio das gigantes internacionais: Amazon, Google, Apple, Facebook, entre outras!




No entanto, elas não assumem a responsabilidade sobre uma possível quantia de papéis não vendidos. Ou seja, esse tipo de garantia isenta as instituições financeiras de algumas responsabilidades.

Para as empresas, pode ocorrer prejuízo se não for possível vender o lote de ações planejado. Por isso, muitas companhias deixam de procurar essa modalidade, tendo em vista que há mais riscos envolvidos no IPO.

Quais são as vantagens desse tipo de garantia?

O IPO com garantia de melhores esforços é a alternativa mais confortável para a instituição financeira intermediária das ações. Em alguns casos, é a única alternativa no caso em que o underwriter não permita outra forma de dividir os riscos.

Nesse caso, os benefícios dependem do perfil da companhia e da expectativa quanto ao processo de abertura de capital. A definição do tipo de garantia leva em consideração diferentes fatores, como credibilidade da empresa no mercado ou a perspectiva econômica da área, por exemplo.

A garantia de melhores esforços no momento de abertura de capital das empresas é importante também para os investidores. Isso porque as garantias podem ser analisadas para entender o potencial do ativo no mercado, além de trazer segurança para todo o processo.

No entanto, antes de investir, é fundamental considerar o seu perfil de investidor e os seus objetivos. Também é importante fazer uma análise da empresa. Mesmo que no IPO existam menos informações disponíveis, a avaliação é essencial para decisões mais acertadas.

Quais são outros tipos de garantias para os IPOs?

Também existem outros tipos de garantias oferecidas às empresas que estão em processo de fazer uma oferta pública primária. Conheça as características de cada um deles:

Garantia firme

A garantia firme também é chamada de underwriting firme ou puro. Ela é uma forma de subscrição de ações. Nessa modalidade de lançamento público, o agente intermediário dos papéis subscreve a emissão total.

A instituição se encarrega, por sua conta e risco, de colocar os ativos no mercado junto aos investidores individuais e institucionais. Portanto, é ele que operacionaliza o lançamento das ações, respeitando a legislação vigente.

Dessa forma, após o perfil da operação e o intermediário serem definidos, o contrato de distribuição das ações é concretizado. O documento deve ter o tipo de garantia que será oferecida pelo agente intermediário, entre outras informações.

Um ponto importante é que, nesse tipo de operação, se a oferta não trouxer o resultado esperado, a companhia já terá recebido o valor integral correspondente aos papéis que foram emitidos. Assim, o risco é apenas do intermediário financeiro que realiza a operação de underwriting.

Garantia residual

Já a garantia residual está relacionada à captação de recursos das empresas. Dessa forma, os agentes intermediários e a companhia se unem para fazer a subscrição das ações.

Ou seja, a instituição financeira colabora para que seja possível realizar as negociações junto aos investidores durante um determinado período. Porém, ao final da negociação, a instituição pode decidir subscrever ou devolver os ativos remanescentes para a empresa.

Agora você sabe o que é e como funciona a garantia de melhores esforços no IPO. Na prática, cabe à empresa decidir qual alternativa é mais interessante para seu negócio. Assim, ela é acordada com a instituição financeira e inserida no contrato de distribuição.

Gostou do conteúdo? Então complemente a leitura e entenda o que é bonificação de ações e quais as suas vantagens!