Renova Invest Facebook

Loopring (LRC): entenda como funciona esse token!

Loopring
Loopring

O mercado de criptoativos registrou um desenvolvimento significativo desde sua criação — o que se intensificou nos últimos anos. Nesse sentido, muitos projetos surgiram e trouxeram ainda mais inovação para a área, explorando o seu potencial. Esse é o caso do loopring.

Entre suas características, esse protocolo de código aberto se destaca porque busca otimizar o funcionamento de exchanges descentralizadas e facilitar negociações de ativos digitais. Além disso, ele possui um token nativo, o LRC, que cumpre papéis importantes no funcionamento da plataforma.

Então é interessante entender como esse sistema opera para saber se o LRC é vantajoso para sua estratégia de investimento. Continue a leitura para conhecer o protocolo loopring!

O que é loopring?

O loopring é um protocolo de código aberto que opera como uma decentralized exchange (DEX) — ou exchange descentralizada, em português. Ele foi criado como uma segunda camada da ethereum. Desse modo, a plataforma traz otimizações no funcionamento do sistema.

Além da DEX, o loopring permite que desenvolvedores criem suas próprias soluções usando os recursos disponíveis na blockchain. Nesse sentido, ele pode contribuir para o surgimento de novas exchanges descentralizadas e para a redução de custos durante as transações.

O criador do loopring é Daniel Wang, um engenheiro de computação de origem chinesa. O initial coin offering (ICO) do token da plataforma, o LRC, aconteceu em 2017. A plataforma também opera desde essa data.

Como o sistema funciona?

Como você viu, o loopring é uma solução de segunda camada do protocolo ethereum. O foco da plataforma é garantir maior escalabilidade para o funcionamento do sistema, ao mesmo tempo que traz taxas mais baixas para os usuários.

Isso é possível por meio da tecnologia zero-knowledge rollups (zkRollup) — que envolve ferramentas de escalabilidade presentes na ethereum. Ela consegue acelerar a validação das transações e garantir mais privacidade para as informações.

Desse modo, o loopring consegue realizar múltiplas transações por minuto — permitindo um volume maior de transações que a ethereum. Ademais, como a plataforma é uma segunda camada, ela consegue aproveitar as funcionalidades da primeira — que incluem segurança e produção de smart contracts (contratos inteligentes).

Quais são os diferenciais do loopring?

O loopring apresenta características que podem ser interessantes em seu funcionamento. Em primeiro lugar, vale lembrar que ele consiste em uma exchange descentralizada. Logo, os usuários conseguem realizar transações com criptomoedas de maneira mais prática.

Além disso, os zkRollup são outro aspecto que diferenciam o seu funcionamento das concorrentes. Como vimos, eles proporcionam segurança e agilidade com menos custos para as transações. Dessa forma, é possível que o protocolo apresente um custo-benefício melhor para os usuários.

Com essas características, o loopring também colabora para que os usuários e desenvolvedores possam criar novos projetos. Portanto, ele pode desempenhar um papel importante na geração de novas DEX e na negociação de non-fungible tokens (NFTs).

Quais as características do token LRC?

Agora que você conheceu mais sobre o funcionamento do loopring, vale entender quais são as características do seu token, o LRC. Ele consiste na criptomoeda nativa do sistema e pode ser utilizado nas transações que acontecem utilizando esse protocolo.

Esse token se destaca por usar um método chamado de “order ring” para suas negociações. Em operações convencionais, a compra de um token acontece no momento em que a exchange encontra uma solicitação de venda equivalente.

Já com o loopring existe a criação de um sistema circular. Cada um dos anéis junta até 16 ordens de compra e venda. Com isso, há a criação de um looping entre elas — o que explica o nome dado ao sistema. A prática permite aumentar a liquidez do protocolo.

Ainda, o LRC serve como token de governança para a blockchain. Dessa maneira, usuários que mantêm ativos na carteira podem se engajar nos processos decisórios do loopring.

Contudo, vale lembrar que o token LRC não apresenta lastro. Dessa maneira, a cotação dele é definida pela lei da oferta e da demanda do mercado. Esse aspecto deixa a criptomoeda mais suscetível à volatilidade e traz riscos maiores.

Como comprar LCR da loopring?

Depois de conhecer as principais características do loopring e do seu token, você pode querer saber como comprá-lo para sua carteira, não é mesmo?


Confira as alternativas!

Investimento direto

O investimento direto é uma das principais formas de investir no token LRC. Ele acontecerá por meio de exchanges — que são plataformas com um funcionamento similar aos bancos de investimento do mercado tradicional para acessar esses ativos.

Dessa maneira, você precisa conhecer as exchanges que negociam o LRC para abrir sua conta e realizar as negociações. Esse investimento demanda uma tolerância ao risco mais alta do investidor, visto que não há regulação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

ETF

Já na bolsa de valores, os exchange traded funds (ETFs) estão entre oportunidades regulamentadas para se expor a criptomoedas. Eles são um tipo de fundo de investimento que replica o desempenho da carteira teórica de um índice financeiro.

Assim, você pode buscar fundos que seguem índices nos quais o LRC está presente. Eles podem estar presentes tanto na bolsa brasileira, a B3, quanto em bolsas internacionais — especialmente nos Estados Unidos.

Fundo de criptomoeda

Os fundos de criptomoeda também podem ser uma alternativa para se expor ao token LRC. Eles consistem em fundos multimercado que incluem ativos digitais em seu portfólio. O grau de exposição ao mercado depende da estratégia do fundo.

Veículos mais arrojados, por exemplo, podem investir 100% do patrimônio em criptomoedas. Por sua vez, fundos moderados buscam manter uma parte do capital em alternativas do mercado tradicional para equilibrar riscos.

Portanto, a sua escolha dependerá do seu perfil de investidor. A partir disso, é possível analisar o fundo de criptomoedas que mais se adéqua à sua tolerância ao risco, observando a lâmina do veículo e sua estratégia de gestão.

Como vimos, o loopring e seu token LRC trazem novidades para o funcionamento do mercado de criptoativos. Agora você pode avaliar suas características para entender se o token pode ser positivo para sua estratégia de investimentos.

Quer conhecer mais alternativas nesse mercado? Conheça o protocolo de código aberto Polkadot!

 

Quer saber mais sobre o mercado financeiro? Então acompanhe nossos conteúdos no YouTube, Facebook e Instagram!

 

 

 

Veja também

botão de concordância

0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.