Renova Invest Facebook

Joesley Day: o que foi e como ele afetou o mercado?

Você sabe o que foi o Joesley Day? Foi nesta data que o mercado acompanhou uma grande queda na bolsa de valores brasileira, a B3. Isso porque Joesley Batista, empresário envolvido no escândalo de corrupção que também abrangeu o presidente da República da época, promoveu uma tensão no mercado financeiro.

Como esse dia foi marcante para a história da bolsa de valores, é interessante entender sobre ele e os seus impactos. Desse modo, é possível compreender impactos que eventos semelhantes podem gerar no futuro e proteger os seus investimentos.

Quer descobrir o que foi o Joesley Day e como ele impactou o mercado financeiro? Siga a leitura e confira!

Quem é Joesley Batista?

Primeiro, é necessário saber quem é Joesley Batista — personagem central do Joesley Day. Ele é um empresário brasileiro, proprietário de uma das principais empresas do agronegócio no Brasil, a JBS.

Considerado um dos setenta maiores bilionários do Brasil, segundo a revista Forbes, em 2016, Joesley foi investigado por pagamento de propina a Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados.

ONDE INVESTIR
EM 2024
DESCUBRA COMO ESCOLHER AS PEÇAS CERTAS PARA CONSTRUIR UM PORTFÓLIO SÓLIDO.

Já em 2017 ele foi afastado de sua própria companhia por conta de seus crimes e delações premiadas na Operação Lava Jato. No mesmo ano, o dono da JBS foi preso pela primeira vez sob acusação das seguintes violações:

  • fraude financeira;
  • pagamento de propina;
  • manipulação do mercado (insider trading);
  • corrupção.

Além disso, ele pagou 8 bilhões de reais como ressarcimento ao Governo Federal por conta dos prejuízos que seus crimes causaram.

O que foi o Joesley Day?

Sabendo quem é Joesley Batista, é o momento de entender o que foi o Joesley Day. Para tanto, vale a pena compreender o contexto histórico dessa data.

Em 2015, o país passava por uma crise causada por problemas fiscais, alta da inflação e baixa credibilidade do Banco Central. Com isso, houve a movimentação para o impeachment da então presidente da República, Dilma Rousseff, concluído em agosto de 2016.

Com Michel Temer na presidência, a reforma trabalhista voltou a ser pauta e o Congresso se preparava para a votação da reforma da Previdência — o que trouxe esperança ao mercado. Porém, no dia 17 de maio de 2017, houve a divulgação do conteúdo de uma conversa entre Joesley Batista e Michel Temer.


No áudio, o presidente dava ao empresário o aval para comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que estava preso. A publicação do material fazia parte do plano de delação premiada acordado entre Joesley e a Procuradoria Geral da República.

Dessa forma, o empresário teve redução de sua pena por lavagem de dinheiro e corrupção. Contudo, a divulgação estabeleceu uma crise política no país, pois a possibilidade de um novo impeachment e da saída de Temer do poder poderia abalar os planos das reformas que já estavam em andamento.

Essa turbulência atingiu o mercado financeiro imediatamente, provocando queda na bolsa de valores brasileira. Desde então, a data 17 de maio de 2017 é conhecida como Joesley Day.

Quais os impactos do Joesley Day no mercado financeiro?

Após entender o que é Joesley Day, você pode conferir quais foram os impactos sentidos pelo mercado financeiro. A gravação revelada na data trouxe consequências para a bolsa já no dia seguinte.

O envolvimento de Michel Temer em uma grande polêmica trouxe ainda mais incertezas ao mercado. Como visto, o país já passava por grandes instabilidades econômicas e políticas oriundas do impeachment.

Desse modo, o receio de uma nova troca de presidente fez com que o índice Bovespa — principal indicador da B3 — caísse em mais de 12% em menos de uma hora, na maior queda em 9 anos até então. Esse movimento fez com que a bolsa recorresse a um circuit breaker — que você entenderá mais à frente.

Como resultado, o Ibovespa fechou com recuo de 8,8%. Para ter uma base da importância do impacto do Joesley Day, ele só não foi maior que a queda do dia 22 de outubro de 2008, quando houve a consolidação da crise financeira internacional dos subprimes — nessa data, o recuo foi de 10%.

Ademais, ao mesmo tempo em que o Ibovespa caía, o dólar teve um grande aumento, com uma valorização de 10% somente naquele dia. Assim, diversas companhias tiveram recuos e grandes perdas. As ações da Cemig, empresa de energia elétrica de Minas Gerais, por exemplo, apresentaram queda de mais de 40%.

Diante de todos esses impactos, a bolsa brasileira levou 3 meses e 5 dias para se recuperar do Joesley Day. Sendo assim, o dia foi marcado pela preocupação de empresários e investidores, que observaram os preços de seus ativos despencarem.

O que é insider trading?

Como você viu, Joesley Batista cometeu o crime de manipulação do mercado, chamado insider trading. Como a violação envolve diretamente o mercado financeiro, é interessante saber o que ela significa.

O insider trading consiste em utilizar informações privilegiadas para obter vantagens na bolsa de valores. Por exemplo, negociar ativos antes que uma notícia que impacta o mercado se torne pública.

No caso de Joesley, ele sabia que a gravação seria divulgada e afetaria negativamente a bolsa de valores, especialmente as ações da sua companhia, e que o dólar seria valorizado.

Com essa informação, ele e seu irmão, Wesley Batista, venderam grande parte dos papéis da empresa e compraram dólares. A partir dessa prática, os empresários teriam faturado por volta de 70 milhões de reais.

O que é circuit breaker?

Após saber o que é o insider trading, é a vez de entender o que é o circuit breaker. Esse termo tem origem na eletricidade — isso porque os circuitos eletrônicos possuem um sistema de proteção para descargas elétricas.

O mesmo acontece no mercado financeiro. Nesse caso, o circuit breaker é uma ferramenta de segurança da bolsa de valores que interrompe todas as atividades por determinado período. Dessa forma, a pausa serve para o mercado acalmar os ânimos e se recuperar de uma crise.


Durante o circuit breaker, o pregão é suspenso, encerrando a compra e a venda de ações. Afinal, durante uma queda intensa, a volatilidade do mercado é intensificada e se torna prejudicial para empresas e investidores. Ao utilizar o método, é possível amenizar os movimentos do mercado e trazer maior estabilidade.

No decorrer deste post, você descobriu o que foi o Joesley Day, além de aprender termos interessantes do mercado financeiro. Com esse conhecimento, é possível entender melhor o impacto que notícias podem trazer no mercado e alinhar as suas decisões de investimento — protegendo a sua carteira.

Para entender ainda mais sobre o mercado financeiro, não deixe de contar com o suporte de uma assessoria de investimentos. Acesse o nosso site e conheça os serviços da Renova Invest!

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.