O sonho de muitas pessoas é alcançar a independência financeira. Uma das formas de realizar esse objetivo é através de investimentos que envolvem o pagamento de proventos. Para aproveitar o momento certo de investir, conhecer os conceitos de data ex e data com é fundamental.

Isso porque o recebimento dos proventos depende da data que você adquiriu um ativo. Assim, caso a compra ocorra em determinado período, poderá acarretar no não recebimento da remuneração anunciada — sendo necessário aguardar a próxima distribuição nesse sentido.

Portanto, se você considera investir no mercado financeiro com o foco no recebimento de renda passiva, é preciso entender o significado de data ex e data com. Com isso, poderá usar os conceitos para se organizar.

Confira neste artigo!

O que são proventos?

Antes de aprofundarmos no assunto de data ex e data com é preciso revisitar o conceito de proventos. Afinal, através dele que o investidor receberá a desejada renda passiva.

Os proventos são as formas de remuneração pagas por uma empresa ou gestora (em relação aos fundos de investimentos) quando distribuem os lucros. O principal meio para recebê-los é fazendo o investimento em ações de empresas ou cotas dos fundos que realizam a sua distribuição.

Eles são divididos em quatro principais formas:

  • dividendos;
  • juros sobre capital próprio;
  • bonificação;
  • direitos de subscrição.

Os dividendos e os juros sobre capital próprio (JCP) são quantias pagas em dinheiro ao investidor. Ambos representam uma fatia do lucro obtido no negócio. A diferença entre eles é que os dividendos são isentos de Imposto de Renda, enquanto o JCP desconta a alíquota de 15%.

Já a bonificação e os direitos de subscrição são benefícios atrelados ao recebimento de novas ações ou cotas. Na bonificação, elas são fornecidas gratuitamente ao investidor, enquanto no direito de subscrição precisam ser adquiridas — geralmente por um preço menor do que custam no mercado.

Com isso, quem pensa em viver de renda precisa estar atento às duas primeiras formas de proventos: dividendos e JCP.

O que é data ex e data com?

Quem investe em ações ou em fundos de investimento que pagam dividendos precisam saber o dia em que os lucros serão distribuídos, certo? Isso ajuda a conseguirem se organizar financeiramente e saberem o que esperar da carteira.

Investir em empresas estrangeiras não precisa ser difícil!

Baixe nosso e-book e saiba como ser sócio das gigantes internacionais: Amazon, Google, Apple, Facebook, entre outras!




A informação é recebida facilmente, pois a companhia ou a gestora anuncia que distribuirá dividendos. Quando ela faz isso, é fixada a chamada “data ex dividendos“ e o montante que será pago por cada ação ou cota.

Essa data diz respeito ao momento a partir do qual o acionista ou cotista não terá direito a receber o referido provento. Já a “data com dividendos” é tida como a data final para que o acionista ou cotista adquirida o ativo e tenha o direito ao recebimento dos proventos.

Isto é, se você quer receber os dividendos de uma companhia ou fundo de investimento depois de comprar novas ações ou cotas, terá que adquiri-las até a data com. Se a compra acontecer após o dia, é o antigo proprietário que receberá os proventos.

Além de organizar o pagamento, esse mecanismo evita que pessoas adquiriram o ativo somente no dia em que os proventos serão distribuídos. Trata-se de uma forma de proteção do mercado, uma vez que, nesse cenário, o aumento na procura poderia causar uma grande volatilidade nos preços.

Como as datas funcionam na prática?

Entender os conceitos de data ex e data com fica mais fácil quando analisado um exemplo prático. Imagine que uma companhia anuncie que distribuirá a quantia de R$ 1,00 por ação, no dia 10/09/2021.

Para garantir o direito do acionista a esse recebimento, ela determina que o a data ex seja o dia 06/08/2021. Nesse cenário, o dia 05/08/2021 será considerado como a data com.

Ou seja, a data limite para que o interessado adquira as ações dessa companhia e garantam o direito de receber os dividendos no dia 10/09/2021.

A partir da data ex, quem comprar a ação não receberá os dividendos que serão pagos no dia 10/09/2021. Caso o interessado queira receber dividendos desse ativo, precisará manter os papéis e aguardar um próximo anúncio de distribuição de lucros.

E fique atento: apesar do pagamento de dividendos e JCP ser uma prática frequente entre as empresas listadas na bolsa de valores brasileira (B3), a data ex não é fixa. Ela pode variar de acordo com cada companhia e com o período de distribuição.

Você poderá verificar as datas de pagamento e data ex no site da B3. Ou nos comunicados emitidos pelas companhias e fundos de investimentos — basta acessar a área de relacionamento com o investidor em seus respectivos sites.

Qual o impacto da data ex e data com para investidores?

Os conceitos de data ex e data com são muito importantes para quem investe com foco em renda passiva. Como você viu, eles podem impactar nos resultados de um investimento. Além dos proventos recebidos ou não, é preciso entender o impacto nos preços das ações e cotas.

Isso porque, após a distribuição dos dividendos, os preços são reajustados abatendo-se a quantia paga. Aproveitando o exemplo anterior. Suponha que o investidor tenha adquirido 200 ações da empresa em questão antes da data com (05/08/2021), a um preço de R$ 20,00.

Isso resulta em um investimento de R$ 4.000,00. A partir do dia 06/08/2021 (data ex), o preço do papel será reduzido para R$ 19,00 reais, diante do pagamento de dividendos de R$ 1 por ação — que está agendado para o dia 10/09/2021.

Nesse sentido, o investidor manterá o seu patrimônio, sendo R$ 3.800,00 pelas 200 ações e R$ 200,00 pelos dividendos. Assim, é preciso entender a distribuição de dividendos para não se confundir com as mudanças nos preços.

Quem investir após a data ex terá que desembolsar R$ 3.800,00 pelas 200 ações e ficará sem receber esses dividendos. E se quiser acompanhar a rentabilidade de quem recebeu dividendos precisará aportar mais capital nas ações daquela companhia. Percebeu a diferença?

Agora que você já sabe o que é e como funciona a data ex e a data com, pretende começar a investir com foco em receber dividendos? Não deixe de respeitar o seu perfil de investidor e os seus objetivos financeiros para escolher os ativos que mais se adéquam a eles.

Gostou deste conteúdo? Aproveite e compartilhe com um amigo que também queira viver de renda!