Renova Invest Facebook

Conheça o empresário americano Marc Randolph, co-fundador da Netflix

Marc Randolph
Marc Randolph

Marc Randolph não é um nome tão conhecido entre os investidores, mas você com certeza conhece as empresas criadas por ele — como a Netflix. A empresa de streaming se tornou uma gigante no mundo do entretenimento e é uma das companhias mais rentáveis do mundo.

A criação da Netflix se deve, principalmente, à visão diferenciada de Randolph. Esse empreendedor dedicou grande parte de sua carreira a pesquisar e desenvolver soluções para usuários da internet. No entanto, o empresário saiu da empresa antes de sua grande expansão nos anos 2000.

Quer conhecer melhor a história de Marc Randolph e a sua relação com a criação da Netflix? Então confira este conteúdo!

Quem é Marc Randolph?

A história de Marc Randolph começa em Chappaqua, cidade onde ele nasceu em 29 de abril de 1958 no Estado de Nova York. Seus pais eram Stephen Bernays Randolph, um engenheiro nuclear nascido na Áustria, e Muriel Lipchik, nascida em Nova Iorque.

Durante o ensino médio, Randolph passava as férias de verão trabalhando para a National Outdoor Leadership School. Lá, ele era um dos instrutores mais novos. Pouco tempo depois, Marc se graduou no Hamilton College, em Nova Iorque, na disciplina de geologia.

Após sair da faculdade, ele começou a trabalhar para a Cherry Lane Music, também em Nova Iorque, no ano de 1981. Essa companhia é uma produtora e distribuidora musical que, em 2010, foi comprada pela BMG.

Nessa empresa, Randolph trabalhava na área de operações de envios de mercadorias, principalmente para venda e envio de partituras aos consumidores. Ele também foi autodidata em técnicas de marketing, além de pesquisar sobre formas de vender o catálogo da companhia.

Esses conhecimentos foram fundamentais para seu futuro. Afinal, Randolph ficou fascinado com a possibilidade de estudar o comportamento dos consumidores e as técnicas para retenção de clientes usando softwares.

Quais foram seus empreendimentos?

Algum tempo depois de começar a trabalhar na Cherry Music, Randolph percebeu as possibilidades de utilizar o computador e softwares para vendas e logística. Dessa maneira, ele foi cofundador da MacWarehouse e MicroWarehouse com Peter Godfrey.

Essas companhias revendiam produtos de tecnologia da informação. Elas tiveram bastante sucesso e Marc conseguiu aprimorar ainda mais seus conhecimentos sobre vendas e retenção de clientes durante o período em que atuou nas empresas.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


Sua principal inovação foi perceber a importância da entrega de mercadorias em curtíssimo prazo para a retenção de clientes. Afinal, naquela época, as vendas pela internet e as entregas ainda eram ideias distantes.

Assim que a utilização da internet começou a crescer entre os usuários, no começo dos anos 1990, Randolph focou em criar operações de marketing para o consumidor direto. Isso aconteceu, principalmente, por meio da Borland — uma gigante de software da época.

Nessa empresa, Randolph aprendeu ainda mais e desbravou o mercado da internet e sua ligação com consumidores. Esses conhecimentos foram fundamentais para a expansão e o sucesso da Netflix durante seus primeiros anos.

Randolph saiu da Borland em 1995 e, nos anos seguintes, passou por diversas startups de Silicon Valley. Entre elas, é possível citar o cargo de chefe de marketing da Visioneer e membro fundador da Integrity QA.

A criação da Netflix

A Netflix é, com certeza, o empreendimento mais famoso de Marc Randolph. A ideia dela surgiu quando ele trabalhava na Integrity QA. Essa companhia foi comprada pela empresa de software Pure Atria, que tinha como CEO Reed Hastings e manteve Randolph como vice-presidente.

No final de 1996, a Pure Atria foi comprada pela Rational Software, por meio da aquisição de 850 milhões de dólares em ações. Essa fusão foi operacionalizada durante quatro meses, período em que Randolph e Hastings criaram o esboço da Netflix.

A nova empresa começou com o conceito de replicar o modelo de negócio da Amazon, que vendia livros de maneira online. No entanto, a Netflix seria focada na venda de DVDs de filmes e documentários, um mercado em crescimento na época.

Com investimentos de Hastings, da mãe de Randolph e do fundador da Integrity QA, Steve Kahn, a Netflix foi criada em 1998. Foi Randolph que batizou a empresa, criou a sua primeira interface para usuários e fez o design da marca.

Durante o primeiro ano da Netflix, ele também atuou como CEO, enquanto Hastings terminava sua graduação na Stanford University. O foco inicial da empresa era servir como um catálogo de filmes e como uma plataforma de pesquisa.

Assim, Randolph pôde avaliar qual era a experiência de usuário mais interessante para o momento e para o futuro da distribuição de filmes. Foi a partir dessa pesquisa que a Netflix se tornou um dos maiores streamings de vídeo do mundo.

Randolph trouxe três conceitos utilizados até hoje: um serviço baseado em assinatura, sem data de vencimento ou multa por atrasos e acesso ilimitado ao conteúdo. Assim, os DVDs eram enviados em um dia para seus usuários e havia fila para a entrega dos próximos DVDs em ordem.

A saída de Randolph da Netflix

Randolph continuou como CEO da Netflix até 1999, ano em que Hastings assumiu o cargo. Durante o período, a Netflix teve diversos avanços e implementou sua estratégia de negócios por meio do aluguel de DVDs com assinaturas anuais e sem limites.

Após sua expansão no negócio de DVDs, a Netflix fez sua oferta pública inicial — IPO na sigla em inglês. Desse modo, ela passou a ser negociada na bolsa de valores Nasdaq, nos Estados Unidos, em maio de 2002. No ano seguinte, Marc Randolph saiu da companhia e seguiu outros rumos de negócios.

Segundo o próprio Randolph, o crédito para o sucesso da Netflix no serviço de streaming é todo de Hastings. Ele decidiu deixar a companhia pois queria trabalhar com startups, a área em que ele gosta de atuar.

O que ele fez após a Netflix?

Após sair da Netflix, Marc Randolph focou em startups e mentorias. Desse modo, ele é membro da Looker Data Sciences e realiza diversas palestras no mundo inteiro. O foco de suas apresentações são empreendedorismo, liderança e estratégia.

Randolph também dá aulas de empreendedorismo na Universidade de High Point, por meio da Belk Entrepreneurship Center. Ainda, em setembro de 2019 ele lançou o livro “That will never work: the birth of Netflix and the amazing life of an idea”.

Conhecer a história de Marc Randolph, criador da Netflix, pode trazer insights para os investidores e demonstrar como um empreendedor de sucesso atua. Portanto, utilize esse conhecimento para aplicá-lo no seu dia a dia e nas suas ideias de negócios.

Quer saber como é possível se expor às ações da Netflix e outras alternativas via bolsa brasileira? Então fale com a Renova Invest!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.