Renova Invest Facebook

USD Coin (USDC): o que é e como investir?

É comum se deparar com informações sobre a volatilidade e a falta de lastro ao analisar o funcionamento do mercado de criptomoedas, não é mesmo? Embora esses aspectos estejam presentes em muitas delas, moedas digitais como a USD coin são diferentes.

Esse ativo se caracteriza como stablecoin — ou moeda estável. Dessa forma, mesmo sendo considerado um tipo de criptomoeda, a sua lógica de operação é diferente de bitcoin ou ether, por exemplo. Nesse sentido, a USD coin pode cumprir um papel distinto na sua carteira.

Quer saber mais sobre o que é a USD coin e como essa criptomoeda funciona? Acompanhe a leitura deste artigo para conhecer seus principais detalhes e saber como você pode investir!

O que são stablecoins?

Como você viu, a USD coin é um tipo de stablecoin. Portanto, é necessário saber o que são esses ativos digitais antes de conhecer os detalhes dessa criptomoeda, certo? O conceito de stablecoin surge a partir da junção das palavras “stable” e “coin”.

Assim, em uma tradução livre, é possível chamá-las de moedas estáveis. Elas recebem essa nomenclatura por estarem menos suscetíveis às oscilações do mercado de criptomoedas. Isso acontece porque as stablecoins são ativos digitais com lastro financeiro.

ONDE INVESTIR
EM 2024
DESCUBRA COMO ESCOLHER AS PEÇAS CERTAS PARA CONSTRUIR UM PORTFÓLIO SÓLIDO.

Elas geralmente usam moedas fiduciárias, como o dólar norte-americano, ou commodities para sua referência de preço. Contudo, existem alternativas que usam outras criptomoedas ou softwares de controle de emissão para estabilizar a cotação.

Nesse sentido, uma moeda estável que tem uma paridade de 1 um para 1 com o dólar terá exatamente a mesma cotação do câmbio dos Estados Unidos. Para viabilizar essa operação, a empresa emissora da criptomoeda precisa ter caixa que valide essa equivalência.

Apesar do lastro, as stablecoins continuam usufruindo da descentralização do mercado de criptoativos. Logo, não há a presença de Governos ou órgãos reguladores controlando sua atividade.

O que é a USD coin?

Agora que você conheceu mais sobre as moedas estáveis, é preciso saber o que é a USD coin (USDC). Ela consiste em uma stablecoin que tem paridade de 1 para 1 com o dólar dos Estados Unidos — que é o seu ativo lastro.

A USD coin era a segunda maior stablecoin em circulação até o início de 2022 em termos de capitalização de mercado. Já a criação e o lançamento dela aconteceram em 2018, sendo que a operação teve início por meio do protocolo blockchain da ethereum.


A operação dessa moeda digital é uma responsabilidade da empresa Centre. Ela surgiu a partir de um consórcio entre as companhias Circle e Coinbase — dois dos principais players do mercado de criptoativos.

Como ela funciona?

Você já aprendeu que a USD coin usava a ethereum como sua blockchain nativa no começo de seu funcionamento. No entanto, a partir da expansão do projeto, ela ficou disponível nos protocolos algorand, solana, stellar e tron.

Você também viu que o lastro da stablecoin é de 1 para 1 com o dólar. Dessa maneira, o consórcio Centre usa uma reserva com a moeda norte-americana e títulos de curto prazo do Tesouro dos EUA para justificar essa paridade.

Isso significa que, se um usuário possui 10 USDCs em sua carteira, ele poderá trocar esse montante por 10 dólares. Dessa maneira, o ativo se destaca por sofrer menos oscilações que as criptomoedas cuja cotação é definida inteiramente pela lei da oferta e da demanda.

Com o objetivo de assegurar transparência para os usuários, uma empresa independente faz a auditoria mensal dos números da reserva de dólar da USD coin. Dessa forma, é possível garantir que a quantidade de tokens em circulação conta com o devido lastro.

Para que serve a USD coin?

Até aqui, foi possível perceber que a USD coin tem um funcionamento distinto em relação a outras criptomoedas do mercado — como bitcoin e ether. Dessa forma, ela também pode servir a outros propósitos em uma estratégia de investimentos.

De início, vale destacar que ela permite exposição ao dólar. Ou seja, essa moeda estável pode funcionar para internacionalizar a carteira e, consequentemente, equilibrar riscos diante de oscilações da economia brasileira.

Além disso, a USD coin pode ser uma solução em situações que envolvam transferências internacionais. Como a cotação é equivalente à moeda norte-americana, é possível converter reais em dólares sem depender de casas de câmbio, reduzindo eventuais custos de transação.

Ademais, a USDC serve como instrumento que viabiliza compras e demais operações financeiras. Assim, em vez de usar moedas fiduciárias ou outros criptoativos, os usuários podem usar a criptomoeda para pagamentos, por exemplo.

Quais as vantagens e desvantagens dessa stablecoin?

O investimento em USD coin pode ser vantajoso para sua estratégia no mercado de criptoativos. Como vimos, ela traz benefícios por sua equivalência com o dólar. Logo, a stablecoin consegue equilibrar os riscos da volatilidade em sua carteira.

Além disso, a transparência em seu funcionamento é outro ponto positivo. Afinal, como empresas externas fazem auditorias na reserva financeira do ativo, os usuários têm mais segurança acerca da paridade da criptomoeda com o dólar.

A USD coin também é vantajosa pela praticidade de investimento. Isso acontece porque o ativo está disponível nas principais exchanges do mercado, tanto nacionais quanto internacionais.

Contudo, você deve ter atenção às possíveis desvantagens. Como a cotação da USD coin é definida a partir de um lastro, ela pode não apresentar o mesmo potencial de valorização que outras criptomoedas do mercado, por exemplo.

Vale a pena investir na cripto USD coin?

Entendeu os principais detalhes sobre a USD coin? Então é interessante saber se vale a pena investir nela, não é mesmo? Para tanto, é preciso levar o seu perfil de investidor em consideração — visto que ela costuma ser mais adequada para investidores arrojados.

Outro aspecto relevante são os seus objetivos financeiros. Dessa forma, você precisa estabelecer o que busca alcançar no mercado — e em qual prazo deseja fazer isso. Assim, será mais fácil visualizar se o investimento está alinhado às suas necessidades.


Por fim, a sua estratégia de investimento é importante para a decisão. Como vimos, o funcionamento da USD coin difere das moedas digitais. Logo, ela pode assumir uma função distinta de outras criptos em seu planejamento.

Além disso, vale saber que o investimento direto não é a única forma de investir nessa stablecoin. Ela também pode estar disponível por meio de exchange traded funds (ETFs) ou fundos de criptomoeda, negociados a partir de bancos de investimentos brasileiros.

Como você acompanhou, a USD coin é uma das principais stablecoins em circulação no mercado. Portanto, é pertinente ponderar sobre sua lógica de funcionamento para saber como ela pode se encaixar em sua carteira de investimentos.

Quer saber mais sobre o mercado de criptomoedas? Entenda como funciona a tecnologia blockchain!

 

Quer saber mais sobre o mercado financeiro? Então acompanhe nossos conteúdos no YouTube, Facebook e Instagram!

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.