Renova Invest Facebook

USAL11: o fundo com exposição a large caps americanas

ETF
ETF

Já pensou em investir nas maiores companhias norte-americanas, sem precisar negociar diretamente no mercado internacional? Isso é possível por meio do USAL11 — um investimento que apresenta em seu portfólio empresas reconhecidas no mundo inteiro.

Por meio dele, é possível se expor ao dólar, de forma simples e prática. Além disso, por ser um exchange traded fund (ETF), essa modalidade contribui para a diversificação da sua carteira. Por isso, vale a pena saber mais sobre esse fundo.

Neste post, você entenderá o que é o USAL11 e como ele funciona. Assim, ficará mais fácil avaliar se vale a pena realizar esse investimento e se expor a large caps americanas.

Confira!

O que é e como funciona um ETF?

Para começar, você deve saber o que é e como funciona um ETF. O fundo de índice, como é chamado em português, é um tipo de fundo de investimento. Ou seja, um veículo financeiro de investimento coletivo.

Desse modo, ele funciona como um condomínio de investimentos no qual o investidor deve adquirir uma ou mais cotas para participar dos resultados. Ademais, quem realiza o manejo da carteira do fundo é um gestor profissional.

Existem diversos tipos de fundos de investimento, sendo que eles se diferenciam conforme o seu foco. No caso de um fundo de índice, a proposta é replicar a carteira teórica de um indicador de referência no mercado, a fim de obter resultados equivalentes a ele.

Para isso, o gestor aloca os recursos do fundo nas mesmas alternativas e em proporções semelhantes às do indicador. A forma de rendimento do investidor acontece, principalmente, por meio da valorização das cotas, caso o ETF apresente um desempenho positivo com o tempo.

O que é o USAL11 e como ele funciona?

Sabendo o que é e como funciona um ETF, é o momento de conhecer o USAL11 — ticker do ETF Trend CRSP U.S. Large Cap. Esse fundo de índice oferece exposição às large caps (empresas de grande porte) norte-americanas ao replicar o CRSP US Large Cap Index.

Em maio de 2022, esse indicador representou 85% do valor de mercado das ações dos Estados Unidos. Ele está dividido entre empresas de saúde, tecnologia, varejo, finanças e outros setores.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


O USAL11 foi lançado na bolsa de valores brasileira (B3) em 9 de fevereiro de 2022, sob a gestão da XP Allocation Asset Management — sendo o primeiro ETF internacional dessa gestora. Assim como outros ETFs no Brasil, ele não paga dividendos.

Quais as principais características desse ETF?

Entendeu o que é e como funciona o USAL11? Para aprofundar os conhecimentos, você deve conhecer as características desse ETF. Primeiramente, ele é um fundo disponível para o público em geral. Ou seja, todo investidor interessado pode adquirir cotas a qualquer momento.

Ainda, como você viu, a carteira do ETF é composta majoritariamente por large caps. No entanto, ela também conta com mid caps e mega caps — empresas de porte médio e mega, respectivamente.

Em maio de 2022, o USAL11 contava com ações de companhias conhecidas no mundo todo, como:

Em relação às taxas cobradas pelo fundo, há apenas a incidência da taxa de administração. Essa quantia se refere à remuneração da equipe administrativa e gestora do fundo. Como o ETF tem gestão passiva, não é feita a cobrança de taxa de performance.

Quais vantagens e riscos de investir no USAL11?

Agora que você conheceu as principais características desse ETF, é importante saber quais são as vantagens e os riscos de investir nessa modalidade.

Acompanhe!

Vantagens

A primeira vantagem de investir em ETFs como o USAL11 é diversificar a carteira de maneira acessível. Isso porque, ao adquirir uma cota, você inclui uma cesta de investimentos em seu portfólio — e tende a pagar um preço mais baixo do que se investisse em cada alternativa separadamente.

Além disso, o USAL11 permite que você se exponha ao mercado norte-americano, dolarizando a carteira sem precisar negociar na bolsa estrangeira. Afinal, as cotas desse fundo estão disponíveis na B3 e as negociações de compra e venda se dão em reais.

Vale lembrar que internacionalizar a carteira é uma estratégia para proteger seus investimentos de crises internas no país. No caso de investimentos norte-americanos, tenha em mente que se trata de um mercado com histórico de resultados resilientes e crescimento consistente.


Desvantagens

As desvantagens do USAL11 se assemelham às de qualquer outro ETF. Ao investir nesse veículo, você se expõe ao risco de mercado — ficando sujeito ao preço praticado no momento de vender a cota. Logo, há chances de prejuízo por conta da volatilidade.

Também existe o risco de liquidez. Ele está relacionado à velocidade com que um investimento pode ser transformado em dinheiro. Como os ETFs são negociados na bolsa de valores, a venda das cotas depende da existência de investidores interessados em comprá-las.

Vale a pena investir no USAL11?

Ao conhecer o USAL11, é possível que você tenha dúvidas se vale a pena investir nesse ETF. Na prática, para responder essa questão é necessário analisar fatores individuais.

Inicialmente, você deve identificar o seu perfil de investidor, que é uma ferramenta para descobrir a sua tolerância aos riscos. Como o USAL11 é um ETF de exposição à renda variável, ele costuma ser mais interessante para perfis que suportam maiores riscos (moderado e arrojado).

Além disso, é importante definir o objetivo com o investimento. De modo geral, os ETFs tendem a se encaixar em metas de longo prazo. Isso porque o horizonte mais longo ajuda a diluir os riscos ligados à volatilidade de curto prazo.

Após analisar esses fatores, se você concluir que a modalidade é adequada para o seu portfólio, pode adquirir cotas por meio da B3. Para isso, é necessário ter uma conta em um banco de investimentos para ter acesso ao home broker da instituição e ingressar no ambiente de negociação da bolsa.

Na plataforma, busque pelo ticker USAL11, escolha o número de cotas que pretende adquirir e emita a ordem de compra. Então basta aguardar o prazo de liquidação para que as cotas apareçam em sua carteira.

Neste conteúdo, você descobriu o que é o USAL11 e viu como avaliar se vale a pena investir nesse fundo. Dessa maneira, não deixe de considerar os fatores individuais e avaliar esse veículo financeiro para entender se o ETF se encaixa em sua estratégia.

Precisa de ajuda para investir? Acesse o site da Renova Invest e agende sua reunião com um de nossos assessores!

 

Você conhecia esse mecanismo de segurança da bolsa de valores? Para conhecer mais sobre o mercado financeiro, acompanhe nossos conteúdos no YouTube, Instagram e LinkedIn!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.