Renova Invest Facebook

Alerta: o robô trader está entre nós

Alguém ainda tem dúvidas que a tecnologia está tomando conta da humanidade? Metaverso, assistente virtual, comando de voz, NFT, casas inteligentes e mais tudo que está ganhando vida ultimamente. Claro que o mercado financeiro não ficaria de fora desse movimento mundial e lançou uma forma de automatizar investimentos e operações na bolsa de valores: o robô trader!

Essa é uma ferramenta tecnológica que vem ganhando os holofotes nos últimos tempos, por trazer mais agilidade. Mas como funciona? Quais os riscos? Vale mesmo a pena? Calma, iremos te ajudar com todas as perguntas que pairam não só na sua cabeça, como na de muitos que querem potencializar os ganhos.

Primeiro de tudo, o que é um robô trader?

O robô trader é um software que usa algoritmos para realizar diversas operações no mercado financeiro, podendo ser usado para operar vários ativos e derivados na B3, ações, contratos futuros e commodities, por exemplo. A inteligência é capaz de diminuir as falhas humanas e erros operacionais, muitas vezes desencadeados pela emoção. Até porque, nem sempre é possível manter o controle emocional, ainda mais quando os resultados estão sendo negativos, não é mesmo?

Só que como o mundo perfeito não existe, claro que o robô trader não vai eliminar todos os problemas. Ainda mais quando se trata de renda variável, em que os ganhos e perdas são imprevisíveis. Outro detalhe é que por trás da máquina, há uma pessoa que possa errar as configurações.

Funcionalidades

Agora que ficou mais fácil entender o que é esse robô, vamos entender melhor as funcionalidades. Basicamente, ele vai agilizar as ordens de compra e venda em suas operações, principalmente porque cada segundo pode fazer a diferença nos ganhos e perdas. A ferramenta auxilia na rotina e economiza tempo, pois depois de configurado, o robô opera sozinho e livra o especulador de acompanhar as operações o tempo todo.

ONDE INVESTIR
EM 2024
DESCUBRA COMO ESCOLHER AS PEÇAS CERTAS PARA CONSTRUIR UM PORTFÓLIO SÓLIDO.

Isso já justifica porque é algo atrativo para quem faz o day trade. Uma vez que é uma profissão que necessita de muita atenção e agilidade. Com o robô, você pode fazer entradas e saídas com estratégias já programadas, através de análise técnica e dados do mercado.

Para que tudo ocorra bem, as configurações precisam estar alinhas e claras. Depois de tudo configurado e as informações atualizadas, o robô trader trabalhará de modo automático, só não se esqueça de ter uma conta em uma corretora de valores para acessar as negociações da bolsa.

Veja alguns exemplos do que precisa configurar:

  • intervalo das operações;
  • ativos e derivativos que serão operados;
  • limite de prejuízo aceitável;
  • objetivo financeiro;
  • condições de compra e venda;
  • momento de encerrar uma operação (stop gain e stop loss).

 


Não entendo nada e agora? 

Se você não entende muito do mercado financeiro para configurar o robô trader, pode contratar um assessor de investimentos ou recorrer às estratégias prontas. É uma ótima forma para não sofrer com a emoção do day trader e garantir o seu rendimento.

Mas, se você já sabe ou está disposto a aprender, pode também configurar as suas próprias estratégias. Uma dica bacana é  simular antes de colocar para valer mesmo. Assim, já vai ter uma noção do que pode acontecer e até ajustar um ponto ou outro, se achar necessário.

Não tenha preguiça de mudar suas estratégias e configurações, principalmente porque o mercado muda rapidamente e com frequência, ou seja, você precisa acompanhar as mudanças para não ficar para trás.

Vantagens e riscos

Uma ótima vantagem do robô trader é a disciplina. Muito diferente das pessoas, a máquina não terá dúvidas do que fazer. A partir das configurações, abrirá ou encerrará uma posição sem perder tempo, lançando as ordens de forma ágil. Além disso, não possuem problemas que afetam qualquer humano: cansaço, distração, preocupação e afins.

Sim, há riscos e desvantagens. Os robôs não são as coisas mais baratas do mundo. Como você já deve imaginar, é a disponibilidade de um serviço personalizado e diferenciado, sendo que várias empresas cobram mensalidades e taxas que podem deixar o preço bem salgado. Considerando que o retorno não é 100% garantido, pode desanimar qualquer um.

Robô trader x robô investidor?

Ora ora, temos um irmão gêmeo perdido aqui. Por mais que tanto o robô trader quanto o robô investidor possuam a mesma finalidade de ajudar as pessoas em suas operações no mundo das finanças, há uma diferença entre os dois. Como vimos, o primeiro é focado em especulações, perfeito para o dia a dia na bolsa com rapidez operacional.

O segundo tem a função de indicar os melhores investimentos de acordo com o perfil de cada um. A principal característica do robô investidor é aconselhar qual o investimento fazer e até gerenciar ele. É ideal para quem pensa lá na frente, no rendimento a longo prazo com diversificação da carteira.

Depois de tanta informação, um fato é incontestável: não dá para escolher ter ou não um robô para ser seu braço direito, sem ter muito claro qual é o seu objetivo financeiro. Por isso, não hesite em ter ao seu lado um profissional da área antes de tomar a decisão, isso facilitará na hora de colocar no papel os custos e estratégias.

Não perca tempo e aperfeiçoe seus conhecimentos, se inscreva no nosso canal do YouTube para explorar as melhores oportunidades de investimentos no mercado.

Ficou com alguma dúvida? Caso queria conhecer mais alternativas de investimentos, conte com a nossa assessoria! Entre em contato conosco, temos uma equipe preparada para ajudar você!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.