Renova Invest Facebook

Robô investidor ou trader: qual a melhor opção para você?

Robô investidor ou trader
Robô investidor ou trader

Você já ouviu falar do robô investidor ou do robô trader? Eles são formas de automatizar os investimentos e operações, seguindo estratégias predeterminadas. Nesse sentido, podem ajudar os investidores e os especuladores a potencializarem os retornos.

No entanto, por ser uma tecnologia recente, é comum ficar inseguro com a sua utilização. Isso acontece, principalmente, porque muitos não sabem como eles funcionam e qual é o seu real objetivo.

Para esclarecer esse assunto, neste texto você entenderá o que são robôs investidores e traders. Além disso, poderá identificar qual é a melhor opção para você.

Acompanhe!

O que são os robôs de investimento?

Antes de entender a diferença entre o robô investidor e trader, é preciso que você conheça como funcionam os robôs de investimento em geral.

Eles utilizam a inteligência artificial para coletar dados e adequar as necessidades e objetivos dos investidores às alternativas mais indicadas. Nesse sentido, uma característica importante que deve ser entendida é que os robôs dependem de informação e programação.

Um robô para investimento e especulação só aplica a estratégia conforme a programação predeterminada. Logo, suas decisões e indicações são todas baseadas nos dados coletados e no algoritmo criado.

Na prática eles têm diversas possibilidades, como:

  • indicar investimentos pautados no perfil e objetivos do investidor;
  • monitorar os resultados e informar o desempenho;
  • fazer os aportes financeiros escolhidos;
  • definir margens de ganho e perda

Com a capacidade de análise de dados e cruzamento de informações que os robôs têm, eles podem ser vantajosos para os investidores. Contudo, é preciso lembrar que qualquer decisão deve ser avaliada com cuidado.

Como funciona um robô investidor?

Os robôs se distinguem em dois tipos. O primeiro deles é o robô investidor, também conhecido como advisor. Esse é um termo em inglês que significa conselheiro ou assessor.

Assim, ele tem a principal finalidade de fazer a gestão de investimentos, recomendar e investir nos ativos e títulos escolhidos. O foco é em médio e longo prazo, para manutenção e crescimento do patrimônio com o tempo.

Para alinhar essas questões, o usuário precisa responder um questionário. A ideia é entender qual é o perfil de investidor de acordo com a sua resistência aos riscos nos investimentos.


INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO Investir fora do Brasil

INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO Investir fora do Brasil

Aprenda a como investir no exterior de forma prática


Também busca-se saber os objetivos financeiros, para que os investimentos sejam adequados a essas finalidades. Com esses dados, o robô investidor seleciona os ativos e títulos para investimento e pode também realizar os aportes.

Além disso, o robô avalia periodicamente a carteira de investimentos para verificar se ela ainda condiz com as características do investidor. Dessa forma é possível fazer o manejo de riscos e de alocação dos ativos.

Quais são suas principais vantagens e desvantagens?

A principal vantagem de um robô advisor é a adequação de risco e objetivos baseada em dados concretos. Conhecendo as principais características do investidor, ele pode indicar os investimentos com mais propriedade.

Outro benefício do robô investidor é a praticidade. Muitos investidores não podem dispensar o tempo necessário para estudar as alternativas. Assim, a automatização ajuda a trazer mais agilidade.

Contudo, também existem desvantagens. Quem gosta de investir por conta própria e analisar com cuidado as alternativas, por exemplo, talvez não se beneficie do robô.

Nesse sentido, muitos investidores possuem uma forma própria de avaliar os ativos e títulos de acordo com seus objetivos. Outros preferem o contato humano, como a ajuda de uma assessoria. Nesses casos a automatização pode não ser ideal.


Como funciona um robô trader?

Além do robô investidor, existe o robô trader. Ele é utilizado em operações de curto prazo — como o day trade ou o swing trade. Assim, a compra e venda dos ativos e derivativos ocorre em um período menor, visando a especulação.

A ideia é fazer uma análise técnica para avaliar tendências de alta ou baixa nos preços. Desse modo, o robô realiza compras e vendas com a intenção de lucrar com essas variações em curto prazo.

Nesse caso, o programa usa algoritmos e inteligência artificial para identificar padrões gráficos conhecidos. Então, ele consegue avaliar alguma tendência e escolhe os melhores ativos e derivativos para especulação em determinado momento.

Essa estratégia é voltada para a renda variável, em que não há limites para a rentabilidade. Contudo, os riscos também são mais altos, porque as expectativas podem não se confirmar. Caso isso aconteça, haverá prejuízo na operação.

Como você pode ver, a grande diferença para o robô investidor são os tipos de negociações realizadas. O primeiro foca em objetivos de médio e longo prazo, visando rentabilizar o patrimônio. Já o trader visa o lucro no curto prazo, com maior exposição aos riscos.

É importante mencionar que o algoritmo e a estratégia de aportes utilizados pelo robô são fundamentais para o sucesso das operações. Como existem diversas maneiras de operar, conhecer exatamente o funcionamento do programa evita problemas.

Quais são suas principais vantagens e desvantagens?

Uma vantagem que se destaca nos robôs para traders é a falta de fatores emocionais nas escolhas. Especular no mercado financeiro deve ser uma atitude baseada em análises e projeções. Assim, ela é uma atividade técnica.

O robô não comete erros baseados em sentimentos, como os humanos. Isso é comum quando o trader busca aumentar a meta de ganhos no dia ou compensar prejuízos sem ter um bom embasamento, por exemplo.

Por outro lado, uma desvantagem que merece ser citada é a dependência do algoritmo e da estratégia. Como você viu, o robô trabalha com modelos matemáticos. Dessa forma, ele sempre seguirá suas configurações e o sucesso do trade está diretamente ligado à programação feita.

Qual é a melhor opção para você?

Após conhecer como os robôs funcionam, é comum se perguntar qual é ideal para você. Nesse momento, é preciso conhecer o seu perfil de investidor e os seus objetivos financeiros. É preciso decidir entre investimento ou especulação.

Quem tem objetivos específicos e visa maior manejo de risco dará preferência para um robô investidor. Já alguém com perfil de especulação que visa ter lucros no curto prazo se adequará melhor às funcionalidades do robô trader.

Conseguiu entender como o robô investidor e o robô trader funcionam? Lembrem-se de que eles dependem de programação e existem diversas opções disponíveis em cada classificação. Assim, se você decidir utilizá-los, é preciso conhecer as configurações!

Quer saber mais sobre o day trade e como ele funciona? Então não deixe de acompanhar o nosso conteúdo sobre o assunto!

Veja também

botão de concordância

0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.