É provável que você já tenha ouvido falar dos fundos de investimentos imobiliários (FIIs). Eles são modalidades de investimentos coletivas. Assim, funcionam como condomínios de investidores utilizados para investir em imóveis. Mas será que você conhece o Quasar Crédito (QAMI11)?

O Quasar Crédito é um fundo imobiliário destinado a investidores em geral. Por isso, qualquer pessoa que se interesse por FIIs pode se beneficiar de conhecê-lo.

Neste artigo, você acompanhará as principais informações sobre o QAMI11 e descobrirá como avaliar se essa alternativa faz sentido para seu portfólio. Boa leitura!

O que é um fundo imobiliário e como ele funciona?

Antes de saber como o QAMI11 funciona, é importante relembrar o conceito de fundo de investimento imobiliário (FII).  Os FIIs são modalidades de investimentos que realizam aportes no mercado de imóveis.

Ao adquirir as cotas, você passa a ser cotista e a participar dos resultados do fundo. Isso pode se dar por meio de dividendos ou valorização das cotas. O portfólio é gerido por um gestor profissional. Ele segue uma estratégia predefinida na hora de alocar os recursos no fundo.

Ao investir em fundos imobiliários, o investidor se expõe às oscilações do mercado. Afinal, os FIIs são investimentos de renda variável. Dessa maneira, sua rentabilidade está sujeita aos resultados do fundo, que, por sua vez, dependem dos ativos que compõem o portfólio.

Os ativos podem ser tanto títulos de renda ligados ao setor quanto imóveis físicos. No caso do QAMI11, o foco está na primeira opção — mais precisamente em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs).

O que é o Quasar Crédito?

Agora que você sabe o que é e como funciona um fundo imobiliário, é hora de conhecer o Quasar Crédito. Seu nome oficial é QUASAR CRÉDITO IMOBILIÁRIO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO, cujo ticker é QAMI11.

Como você sabe, esse FII investe em títulos de renda fixa vinculados a imóveis. Para isso, cerca de metade do seu patrimônio líquido é aplicada em CRIs. Além deles, o gestor pode aplicar os recursos dos cotista em outros ativos financeiros, títulos e valores mobiliários, como:

  • Debêntures;
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCIs);
  • Cotas de fundos de investimento em direitos creditórios;
  • Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs);
  • Letras Hipotecárias (LHs);
  • Letra Imobiliária Garantida (LIGs);
  • Cotas de FIIs;
  • Outros ativos financeiros, títulos e valores mobiliários permitidos pela Instrução CVM (Comissão de Valores Mobiliários) nº 472/08.

O gestor do fundo é o QUASAR ASSET MANAGEMENT LTDA. Já o administrador é o PLURAL S.A. BANCO MÚLTIPLO.

Quais as principais características do QAMI11?

O fundo é construído sob a forma de condomínio fechado. Sendo assim, suas cotas não podem ser resgatadas a qualquer tempo — salvo na hipótese de liquidação do fundo. Contudo, como são negociadas na bolsa, é possível comprar e vender as cotas no pregão.

Investir em empresas estrangeiras não precisa ser difícil!

Baixe nosso e-book e saiba como ser sócio das gigantes internacionais: Amazon, Google, Apple, Facebook, entre outras!




A gestão do fundo é ativa. Isso significa que o gestor tem como objetivo principal superar um benchmark, cumprindo um papel mais dinâmico na compra e venda de ativos. O prazo do fundo é indeterminado.

Em termos de remuneração, os valores a serem distribuídos aos cotistas como dividendos dependerão do resultado no período. Dessa maneira, a rentabilidade esperada e divulgada em quaisquer documentações do QAMI11 não constitui promessa de lucros.

É fundamental que o cotista atente aos riscos do investimento. São eles:

  • de mercado;
  • de crédito;
  • de liquidez reduzida das cotas;

É importante ter em mente que o gestor tem liberdade para selecionar e diversificar as aplicações conforme a política de investimentos. É por isso que se mostra imprescindível que o investidor leia a lâmina do fundo – e conheça o trabalho do gestor – antes da tomada de decisão.

Quais as taxas e tributos do QAMI11?

Assim como em outros fundos de investimento imobiliário, há cobrança de taxa de administração e de performance. A taxa de performance será paga apenas se o rendimento do fundo superar a rentabilidade do benchmark.

Quanto aos demais custos, eventuais dividendos distribuídos às pessoas físicas são isentos de Imposto de Renda. Entretanto, o ganho de capital sobre a venda das cotas é taxado em 20%.

Vale a pena investir?

Após entender mais sobre o Quasar Crédito, é esperado que alguns investidores busquem saber se vale a pena investir no fundo. Essa resposta é bastante pessoal. Porém, ao analisar alguns fatores, pode ser mais fácil saber como escolher um fundo imobiliário.

Primeiramente, vale a pena ter em mente que a decisão por trás de fundos de investimento imobiliários fica por conta do gestor. Sendo assim, o investidor não pode tomar decisões de forma ativa na escolha dos produtos da carteira.

Em segundo lugar, essa modalidade de investimento é de renda variável. Sendo assim, mesmo que invista majoritariamente em ativos da renda fixa, o fundo ainda estará sujeito às oscilações do mercado.

Logo, é fundamental analisar se a estratégia do fundo está de acordo com seus objetivos. Por fim, é essencial conhecer seu perfil de investidor. Ele será um dos maiores responsáveis por ajudá-lo a saber se você está ou não disposto a correr os riscos inerentes à modalidade de investimento.

Agora que você conhece mais sobre o QAMI11, está mais fácil saber se a proposta do FII caminha junto às suas expectativas. Mas, se ainda tiver dúvidas acerca do fundo ou deseja conhecer outras alternativas do mercado, não deixe de entrar em contato conosco!

Quer se informar ainda mais sobre o universo dos fundos imobiliários? Conheça o IFIX, o índice de referência de muitos fundos desse tipo!