Preço sobre Valor Patrimonial (P/VP): O que é e como usar?
Preço sobre Valor Patrimonial (P/VP): O que é e como usar?

Preço sobre Valor Patrimonial (P/VP): O que é e como usar?

Ao analisar uma empresa, o patrimônio da qual ela dispõe costuma estar associado à sua capacidade de gerar receita. Então, considerar o valor é importante para diagnosticar a situação financeira atual e no longo prazo. Entre os indicadores, o preço sobre valor patrimonial (P/VP) se destaca.

Isso significa que você precisa saber como a medida funciona e como realizar o cálculo. A partir disso, será possível obter informações completas sobre as companhias de interesse, o que favorece a decisão.

Quer descobrir como usar o P/VP? Veja tudo sobre ele e aprenda a aplicá-lo em sua análise!

O que é o P/VP?

O P/VP é um indicador do mercado financeiro que permite avaliar o preço de uma Ação em relação ao valor do patrimônio líquido da empresa em determinado período. O cálculo é dado da seguinte forma:

P/VP = Valor de mercado na bolsa de valores / Valor patrimonial da empresa

Basicamente, ele serve como um indicador utilizado na análise fundamentalista. Então permite que você conheça os fundamentos de um negócio, pensando, especialmente, na sua situação financeira. O conceito costuma ser utilizado por investidores adeptos do buy and hold.

O indicador mostra quanto o mercado está disposto a pagar pelas Ações de uma companhia, em comparação ao valor do seu patrimônio líquido. Assim, é possível saber se uma Ação é uma boa escolha de investimento e quais são os riscos apresentados por ela.

O P/VP serve, ainda, para a avaliação de Fundos Imobiliários. No caso dos FIIs, o valor patrimonial envolve o valor dos imóveis (fundos de tijolo), de títulos imobiliários (fundos de papel) ou de cotas de outros fundos (fundos de fundos).

Como utilizar o preço sobre valor patrimonial?

Para colocar em prática o P/VP, em relação ao seu objetivo, você tem que saber como usá-lo. Nesse sentido, o foco deve estar em aprender a interpretar os valores que são apresentados pelo cálculo e o que eles representam.

Veja a seguir as possibilidades:

Abaixo de 1

Em alguns casos, o preço sobre valor patrimonial pode dar origem a um número menor que 1. Significa que o valor de mercado está abaixo do valor patrimonial. Logo, é sinal que o mercado está disposto a pagar menos pela empresa do que ela dispõe de patrimônio.

Por um lado, pode ser indicativo de que as Ações estejam subprecificadas. Ou seja, há espaço para valorização quando o mercado voltar a precificar de forma justa. No entanto, a diferença também pode apontar que existe algum motivo para o pessimismo dos investidores.

Isto é, nem sempre o valor abaixo de 1 aponta para um potencial de valorização. Isso pode acontecer, especialmente quando há motivos para ter expectativas negativas em relação ao negócio.

Além disso, um P/VP baixo ainda pode ser sinal de um patrimônio supervalorizado. Se os ativos não passam por avaliações periódicas, a depreciação pode não ter sido considerada, por exemplo.

Acima de 1

Quando o P/VP está maior que 1, significa que, por algum motivo, o mercado paga mais pelas Ações da companhia. No caso, o valor de mercado está acima do que ela possui como patrimônio.

O resultado pode representar um otimismo em relação ao negócio, como se os investidores acreditassem em resultados positivos para ele no futuro. Porém, o indicador também pode significar que a Ação está supervalorizada e que pode passar por uma queda em breve.

Além disso, o número pode ser um reflexo de um patrimônio extremamente baixo — o que nem sempre é algo positivo. No geral, é uma situação que apresenta mais riscos, pois não há tanto espaço para valorização ou para equilíbrio em caso de crises.

Dependendo do seu perfil de investidor e dos seus objetivos, o investidor utiliza esse indicador para identificar uma boa hora de vender os ativos e lucrar.

Igual a 1

Se o P/VP for igual a 1, significa que a negociação de Ações acontece em linha com o volume patrimonial da empresa.

Em termos de tomada de decisão para a carteira de investimentos, esse resultado normalmente aponta que não se trata de uma oportunidade imperdível e nem de uma possibilidade desvantajosa.

De acordo com os interesses e com o seu perfil de investidor, a escolha pode ser adequada para equilibrar ou montar a carteira de investimentos.

Quais cuidados ter na hora de analisar?

Você já sabe que o preço sobre valor patrimonial é um indicador importante. Contudo, é preciso saber como usá-lo para que ele entregue informações realmente relevantes. Em primeiro lugar, ele não deve ser utilizado de forma isolada para a tomada de decisão.

Ainda que o P/VP seja esclarecedor sobre certos pontos, não serve para apresentar uma visão completa do negócio. Para uma análise fundamentalista completa, o ideal é usar diversas medidas. Dependendo do outro indicador adotado, você pode ter uma ideia diferente sobre o resultado.

Além disso, é necessário ter cuidado com a comparação de negócios diferentes. O ideal é usá-lo como parâmetro apenas entre empresas do mesmo setor, já que a composição de patrimônio muda bastante. Assim, sua base de comparação fica equiparada e as informações não são distorcidas.

O que é o P/VPA?

Ao falar sobre o que é o preço sobre valor patrimonial, é comum que o conceito se confunda com o P/VPA. Embora tenham a mesma lógica, eles são diferentes no cálculo.

O VPA é o valor patrimonial por Ação. Então, é preciso dividir o patrimônio líquido de um período pela quantidade de Ações do empreendimento. Desse modo, o P/VPA é útil para quem deseja fazer uma análise de cotação de Ação individual. O cálculo é o seguinte:

P/VPA = Preço de negociação da Ação / Valor patrimonial por Ação

De maneira semelhante, um valor abaixo de 1 pode significar uma Ação abaixo do preço. O contrário acontece no cálculo acima de 1 — que pode representar que a Ação não está sendo negociada a um preço tão interessante.

O preço sobre valor patrimonial é um indicador relevante e que pode trazer informações sobre o momento ideal para investir nas Ações de uma empresa. Com o uso dessa ferramenta, você tem a chance de fazer escolhas consistentes e alinhadas com seus interesses!

Se quiser saber como usar esses e outros indicadores, veja as principais estratégias de análises de Ações da bolsa.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.