Descobrir quem são os homens mais ricos da história não serve apenas para satisfazer uma curiosidade. Essa informação também é útil para entender como eles conseguiram suas fortunas. Assim, você pode ter inspirações para aplicar no seu cotidiano.

Afinal, ao conhecer as histórias, é possível aprender lições valiosas de finanças e investimentos. Mesmo que ter uma grande fortuna pareça distante da sua realidade hoje, os aprendizados trazidos podem resultar em uma melhor relação com o dinheiro e mais chance de enriquecimento.

Isso faz parte do seu objetivo? Então continue a leitura e conheça 7 das pessoas mais ricas da história!

 

1. Mansa Musa

Nossa lista histórica começa no século XIV. A riqueza de Mansa Musa, imperador de Mali, era elevada a ponto de ser incalculável. Afinal, ele dominava a maior produção de ouro do mundo: o Império de Malino.

Historiados afirmavam que essa região, localizada na África Ocidental, tinha uma quantidade imensurável de ouro. A projeção é que o montante passaria dos trilhões de dólares. Tudo isso em um período em que o material tinha uma elevada demanda.

mansa musa

2. Jakob Fugger

Jakob Fugger viveu entre 1459-1525. Ele atuava como padre, mas tinha também tradição familiar no comércio e fez diversos negócios com o Vaticano. Além disso, Fugger se consolidou como um banqueiro em sua época.

Tudo isso fez com que, ao longo da vida, ele acumulasse um patrimônio de centenas de bilhões de dólares. Durante o Renascimento, ele influenciava financeiramente o papa e o imperador romano — que eram as figuras mais importantes desse período histórico.

Um dos grandes legados de Fugger foi a criação da primeira multinacional, sendo um dos precursores do capitalismo. Na época, as atividades econômicas se limitavam a atividade no campo e ele inovou realizando empréstimos e monopolizando o comércio de cobre e prata.

Jakob Fugger

INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO

INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO

Aprenda a como investir no exterior de forma prática

3. John D. Rockefeller

John nasceu na pobreza e conseguiu se tornar o primeiro grande magnata do petróleo, por volta dos anos 1880. No ano da sua morte, em 1937, sua fortuna era avaliada em US$ 1,4 bilhão e representava 1,8% do PIB dos EUA.

Tudo começou quando Rockefeller e seus sócios se juntaram para explorar novas fontes de energia. Isso porque o óleo de baleia, usado como combustível principal naquela época, tinha o preço muito elevado.

Assim, ele realizou empréstimos para investir no petróleo e aplicar o lucro nos negócios. A partir disso, sua empresa cresceu gradativamente. A gestão inteligente de John também impulsionou o crescimento, ao garantir o transporte do petróleo por um preço menor do que a concorrência.

john d rockefeller

4. Andrew Carnegie

Carnegie foi um imigrante nascido na Escócia do século XIX e que fez fortuna nos Estados Unidos. Em 1901, sua empresa foi vendida por US$ 480 milhões — o equivalente a 2,1% do PIB dos EUA. A sua riqueza surgiu após o contato com a indústria ferroviária.

Ele adquiriu expertise para investir no setor e teve retorno expressivo com os investimentos que fazia no ramo. Isso levou Carnegie a construir fábricas ao redor do país. Uma das explicações para o sucesso das operações era a capacidade do magnata tornar a manufatura mais produtiva e rápida.

Além disso, ele também adquiriu elementos essenciais para a cadeia de produção do setor. É o caso do ferro, carvão, navios e ferrovias, que transportavam as matérias-primas e os produtos manufaturados. Isso aumentava o monopólio da empresa de Carnegie no setor.

andrew carnegie

5. Henry Ford

É possível que você já tenha ouvido falar nele durante as aulas de história, correto? Trata-se de um empresário norte-americano, com fortuna bilionária e criador do movimento fordista. Sua riqueza surgiu com a empresa Ford Motor Company, em 1914.

Fazia parte da lógica fordista não exigir qualificação específica dos profissionais que atuavam na montagem dos automóveis. Isso porque cada um deles só precisava executar uma função no setor. Elas eram realizadas padronizadamente e em uma esteira rolante.

Esse modelo de trabalho economizava custos e tempo, o que era benéfico para empresa. Assim, a ideia ajudou a expandir a Ford e tornar o seu dono um dos homens mais ricos da história. Além disso, ela inspirou muitas outras empresas.

henry ford

6. Bill Gates

Certamente você já ouviu falar em Bill Gates, um dos maiores bilionários do mundo. Ainda que não tenha certeza sobre o nome, é bem provável que já utilizou os serviços da empresa criada por ele: a Microsoft.

Afinal, trata-se de uma empresa multinacional que facilitou o uso e a experiência com computadores. Assim, Bill tem um nome de extrema importância na área de tecnologia e contribuiu para o grande avanço que aconteceu nas últimas décadas.

A ascensão da Microsoft ocorreu quando ela recebeu o investimento da IBM, corporação no mercado de computadores. Assim, gradualmente a maioria dos computadores existentes passou a ser da Microsoft — até surgirem outras alternativas no mercado.

Logo, com pouco mais de 30 anos, Gates se tornou bilionário — e segue fazendo parte da lista dos homens mais ricos do mundo.

bill gates

7. Warren Buffett

Entre os bilionários mais atuais, Warren Buffett se destaca por ter desenvolvido fortuna por meio dos investimentos. Ele é conhecido como um oráculo nesse ramo, pelas boas escolhas que fez ao longo da vida.

Buffett começou sua história nos investimentos desde cedo, incentivado por seu pai. Depois, teve como mentor um dos maiores nomes do setor: Benjamin Graham. Com ele, aprendeu sobre investimentos de longo prazo e seguiu aplicando essa estratégia. Hoje, Buffett serve de inspiração para diversos investidores.

Em sua caminhada profissional, Buffett abriu a própria holding de investimentos: a Berkshire Hathaway. Ela tem ações negociadas em bolsa de valores nos Estados Unidos é uma das maiores empresas do mercado norte-americano.

warren buffett

O que podemos aprender com essas histórias?

Como você pôde ver, existiram diferentes homens mais riscos em diversos momentos históricos. Após acompanhar os casos de 7 das pessoas mais ricas do mundo, você pode tirar aprendizados importantes.

Por exemplo, é possível perceber a centralidade que o trabalho e a inovação têm na formação de riquezas. Ademais, investir também é uma forma de concretizar o patrimônio e ter melhores condições de proteger e multiplicar o seu dinheiro.

Os homens mais ricos da história podem trazer muitas lições sobre investimentos e finanças. Por isso, vale a pena saber mais sobre eles e aprender a cuidar melhor do seu dinheiro. Desse modo, é possível que você também consiga acumular patrimônio e ter um futuro muito mais tranquilo.

Gostou do post? Aproveite a visita para continuar aprendendo sobre o assunto e conheça 7 investimentos melhores que a poupança!