Horário das 8:30-19:00
atendimento@renovainvest.com.br
11-3192-3882

Single Blog Title

This is a single blog caption

Genoa Capital estreia com captação de 1,1 bilhão junto a investidores

//
Posted By
/
Comentário0
/
Categories

Investidores apostaram no Fundo e investiram mais de R$ 1 bilhão no dia do lançamento

 

Um grupo de gestores surpreendeu o mercado financeiro esta semana. Em plena estreia no pregão, a paulista Genoa Capital Radar captou R$ 1,1 bilhão junto a seus investidores. Foi o lançamento do primeiro fundo multimercado da empresa, disponível em plataformas de bancos e investidoras.

O bom desempenho do ativo, no entanto, não impressionou  quem conhece a origem do papel. Seus gestores são ex-executivos do Itaú Asset Management e atuam juntos há mais de 10 anos em fundos multimercado.

Somente do Comitê executivo da Genoa Capital fazem parte nomes como André Raduan, Emerson Condogno, Mariano Steinert, Wlad Ribeiro e Rodrigo Noel. Eles integravam nada mais nada menos que um dos Fundos mais comentados do Itaú, o Hedge Plus.

Em suma, a estrutura formada por oito profissionais e uma equipe de quatro analistas de empresas está há, pelo menos, três meses organizando o Fundo Genoa Capital. Este busca rentabilidade acima do CDI, a longo prazo, por meio de estratégias de investimento balizadas em análises dos cenários macro e microeconômicos. Esse tipo de fundo tende a se valorizar em um mercado com taxas de juros mais baixas.

Apesar de um cenário de pandemia ainda sem controle, uma situação econômica ainda imprevisível no pós-pandemia da COVID-19, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu a taxa básica de juros, a Selic, para 2,25%, menor valor registrado até o momento. E há perspectivas de redução para 2% ainda este ano, números que favorecem os fundos multimercados.

Cenário brasileiro

Com atuação majoritariamente no Brasil, o fundo Genoa Capital Radar espera alcançar a marca dos R$ 6 bilhões em um curto espaço de tempo. Mas isso vai depender da movimentação do investidor físico e do que pode acontecer no país daqui pra frente.

Apesar da crise econômica, no aspecto político, o Brasil parece estar vivendo um momento mais favorável. Pelo menos é o que se observa a partir do movimento do poder executivo em direção ao legislativo. Essa postura se traduz na coalizão que o governo está buscando com partidos do Centrão na Câmara dos Deputados.

Ao que parece ser uma “aliança” capaz de aprovar reformas fundamentais para a retomada do crescimento, há ainda outro desafio. O gasto público, em razão da pandemia, sofrerá um aumento considerável, já que o governo liberou recurso para o pagamento de auxílio a brasileiros desempregados ou afetados pelo isolamento social. Inchando um pouco mais os custos que já estão no vermelho.

Em meio a tudo isso, e com o objetivo de acelerar a retomada do crescimento econômico, o Copom diminuiu a taxa de juros. Com isso, conseguiu comunicar ao mercado financeiro que tem capacidade para atuar em um momento delicado como o atual, sem deixar que os investimentos tenham perdas. Diante disso, já há uma leve sensação de retomada por investidores.

A mensagem de confiança ficou ainda mais consistente quando analistas já aponta para o próximo passo do Comitê: a redução da Selic para 2%, deixando o mercado animado e seguro de que poderá investir sem muito temor. Bom para a Genoa Capital Radar que já chegou mostrando a que veio: investidores confiantes.

Fundo multimercado na recessão

Esse tipo de recuo contribui para que o investidor busque investimentos mais flexíveis, fugindo da renda fixa. O resultado disso é uma captação de R$ 82 bilhões dos fundos multimercados nos últimos 12 meses. Isso frente a uma retração de R$ 183 bilhões em outros canais fixos. Essa é uma resposta clara de que os fundos multimercados têm não só sobrevivido a períodos de recessão. Como também têm encontrado nela um momento de oportunidade.

Ademais, o mercado está de olho nesse modelo de fundo. A Genoa Capital não é única que está aproveitando a oportunidade. Não por acaso se observa uma expansão considerável desse tipo de ativo, especialmente, estruturadas por ex-gestores de bancos multinacionais como a Asset 1, de ex-executivos do Itaú, e a A1 FIC FIM, do ex-BC Carlos Viana. Este último mantém a proposta de alocar capital a partir de R$ 5mil, abarcando um investidor ainda incipiente.

Além de um cenário econômico favorável, com taxas de juros baixas e ambiente estável, há que se buscar uma boa assessoria para fazer o melhor investimento. Pense em investir recebendo a assessoria da Renova Invest e aproveite o fundo Genoa Capital e outras possibilidades de investimentos que oferecemos. Temos uma equipe de especialistas preparada para atendê-lo!

Leave a Reply

[name=SIGNUP_SUBMIT_BUTTON]
[name=SIGNUP_SUBMIT_BUTTON]
[name="SIGNUP_FORM_LABEL"]
[name="SIGNUP_FORM_LABEL"]
[name='SIGNUP_BODY']
[name='SIGNUP_BODY']