Renova Invest Facebook

DNAI11: o fundo de índice com foco nos avanços da medicina

DNAI11
DNAI11

O sequenciamento do genoma — informação hereditária contida no DNA de um organismo — trouxe um avanço inestimável para a medicina. Por meio dele é possível identificar predisposição para doenças e fazer um tratamento mais eficiente. Mas como isso se relaciona ao ETF DNAI11?

Investindo nesse fundo de índice, você terá acesso a empresas que podem se beneficiar com o desenvolvimento de serviços e produtos relacionados ao sequenciamento genético. Dessa maneira, é possível aproveitar o crescimento do setor e os avanços da medicina.

Quer saber mais sobre essa alternativa de investimento? Então continue a leitura e confira o que é um ETF e como investir no DNAI11!

O que é ETF?

Antes de entender o que é o DNAI11, é interessante saber exatamente o que é um ETF. O exchange traded fund — termo que dá origem à sigla — é conhecido no Brasil como fundo de índice. Isso porque o seu principal objetivo é espelhar um indicador do mercado financeiro.

Para isso, ele segue uma carteira teórica do índice de referência. Um bom exemplo é o Ibovespa, o principal indicador da bolsa de valores brasileira (B3). Em seu portfólio teórico, estão as ações das empresas mais negociadas na bolsa.

Portanto, o ETF que utiliza o Ibovespa como índice investe nas mesmas ações do indicador, seguindo a composição da carteira teórica. Porém, vale saber que os fundos de índices não se limitam ao mercado de ações.

Há outros índices que podem ser replicados, como os de renda fixa ou de fundos imobiliários. Além disso, ainda que os ETFs sejam negociados na B3, eles permitem acessar o mercado internacional com facilidade.

Afinal, alguns fundos de índice da bolsa brasileira replicam índices de outros países. Por exemplo, é possível encontrar ETFs que replicam o S&P500, um dos principais indicadores do mercado de ações dos Estados Unidos.

Como funciona?

Para compreender o funcionamento do ETF, é preciso ter em mente que esse é um tipo de fundo de investimento. Sendo assim, ele funciona como um condomínio de investidores que têm um objetivo em comum.

Também há um gestor profissional responsável por administrar os aportes e os investimentos. Nesse caso, por ter referência em um índice, a gestão é passiva.

O que é o DNAI11?

Agora que você já sabe o que é e como funciona um fundo de índice, se torna mais fácil aprender sobre o DNAI11, já que se trata de um fundo de índice (administrado pelo Itaú). Nesse caso, ele replica a carteira do índice MSCI USA IMI Genomic Innovation Select 50.

Dessa forma, investe em ações de empresas da área da saúde e da agricultura envolvidas em produtos e serviços relacionados ao sequenciamento genético. Vale saber que essas ações são negociadas na bolsa norte-americana.

Portanto, esse ETF traz oportunidades para quem deseja manter investimentos com exposição internacional, sem sair do Brasil. Ainda, como o setor da medicina está em crescente desenvolvimento, torna-se uma oportunidade de aproveitar esse avanço.

Quais são as suas características?

Saber quais são as características principais do DNAI11 é importante para ajudar na tomada de decisão de investir ou não nesse fundo de índice. Um dos aspectos relevantes, nesse sentido, é avaliar eventuais pagamentos de dividendos, vantagens e riscos envolvidos.

No Brasil, os ETFs não fazem a distribuição de dividendos. Por isso, o DNAI11 não paga dividendos. Porém, os proventos recebidos das empresas são reinvestidos no próprio fundo.

Dessa forma, o gestor amplia o portfólio e o patrimônio do ETF, trazendo ganhos indiretos ao investidor. Outra característica importante é a dolarização desse fundo, pois as ações que o compõem são negociadas em dólar.

Por conta disso, o investidor também está exposto à variação cambial. Em relação aos custos, o DNAI11 tem uma taxa de administração, mas não possui taxa de performance, por ter gestão passiva. Ademais, incide uma alíquota de 15% de Imposto de Renda sobre a rentabilidade obtida.

Qual é a sua composição?

A composição do DNAI11 segue o MSCI USA IMI Genomic Innovation Select 50. Na prática, ele conta com as ações de 50 empresas dos Estados Unidos que têm grande e média capitalização e são ligadas ao sequenciamento de genoma.

A seguir, veja algumas das principais corporações que compõem esse fundo:

  • Agilent Technologies Inc.;
  • Bristol Myers Squibb Co;
  • Moderna Inc.;
  • Teladoc Health Inc.;
  • Thermo Fisher Scientific Inc.;
  • Illumina Inc.;
  • Vertex Pharmaceuticals Inc.

Quais as vantagens e desvantagens de investir em ETFs?

Agora que você já sabe o que é ETF e como funciona o DNAI11, chegou o momento de conhecer quais são as vantagens de investir nesse veículo. Primeiro, o fundo de índice é acessível, permitindo a exposição a diversos ativos que, individualmente, poderiam ter um alto custo para o investidor — inviabilizando o aporte.

Além disso, em relação ao DNAI11, o investidor tem oportunidade de investir indiretamente em empresas americanas — ajudando na dolarização da carteira. Ainda, como ele segue um índice, o investidor obtém mais uma vantagem: a de acompanhar o mercado dedicando menos tempo.

Também vale destacar que o ETF colabora com a diversificação da carteira, já que é possível se expor a diversos ativos com a aquisição das cotas. Outro fator importante é a liquidez. Assim como as ações, os ETFs podem ser comprados e vendidos a qualquer momento.

Contudo, também é preciso entender as desvantagens. Por ser uma alternativa de renda variável, ela tem um nível maior de riscos que deve ser avaliado pelo investidor. Ademais, no DNAI11, é preciso considerar o risco cambial, já que ele se expõe ao dólar.

Como investir no DNAI11?

Após entender mais sobre o DNAI11, é possível que tenha curiosidade em saber como investir seus recursos nesse ETF. Para isso, o primeiro passo é ter uma conta em um banco de investimentos. Assim, você pode acessar o home broker, que traz o ambiente de negociação da B3.

Nele, busque o ticker desejado — nesse caso, o DNAI11. Depois confira os dados sobre o investimento, insira o número das cotas desejadas e o preço e emita a ordem de compra. Após o prazo de liquidação, as cotas passarão a compor o seu portfólio.

Como você conferiu, o DNAI11 é um fundo de índice focado em empresas que se beneficiam do sequenciamento do genoma. Porém, antes de alocar seus recursos, lembre-se de avaliar o seu perfil de investidor e objetivos para saber se ele se encaixa em sua estratégia de investimentos.

Quer conhecer mais sobre as alternativas do mercado financeiro? Então aproveite e entre em contato conosco para conversar com um de nossos assessores!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.