Conhecer a bolsa de valores de outros países, como a Espanha, é útil para entender a economia mundial. Afinal, apesar de ser uma instituição internacional, ela pode impactar o cenário doméstico no âmbito dos investimentos. Ainda, pode trazer oportunidades para os investidores brasileiros.

Inclusive, é possível investir na bolsa de valores da Espanha mesmo sem sair do Brasil. Você sabia? Ao fazer isso, o investidor diversifica a carteira de investimentos e se expõe ao mercado internacional de maneira simples e acessível.

Quer saber mais sobre a bolsa de valores da Espanha? Confira a seguir as principais informações relacionadas a ela!

 O que é a bolsa de valores da Espanha?

A bolsa de valores da Espanha, também chamada de bolsa de Madrid, é um mercado organizado no qual são negociadas ações das principais empresas espanholas e outros investimentos.

Assim como no Brasil temos uma bolsa de valores, a B3, outros países seguem a mesma lógica. No caso da bolsa da Espanha, a sua criação ocorreu em 1831, na capital e centro econômico do país: Madrid. Desde então, ela se destaca pela relevância e a presença de grandes companhias listadas.

A bolsa de valores da Espanha se manteve em funcionamento durante a 1ª Guerra Mundial, de 1914 a 1918. No entanto, ela fechou completamente durante a Guerra Civil Espanhola, entre 1936 e 1940.

Desde 1993, a bolsa espanhola passou por importantes atualizações — e se tornou 100% digital. Atualmente, as negociações ocorrem via internet, do mesmo modo que acontece na B3. Apesar disso, a bolsa conta com um endereço físico. É o Palácio de La Bolsa de Madrid, uma construção clássica do século XIX.

Quais são as principais ações negociadas na bolsa de valores da Espanha?

Como você percebeu, a bolsa de Madrid é uma das mais relevantes para o mercado europeu e mundial. Assim, existem grandes companhias — de diferentes setores econômicos — listadas nessa bolsa.

Entre elas, estão:

  • Santander;
  • Telefonia;
  • Amadeus;
  • Mapfre;
  • Repsol;
  • Nica;
  • Inditex;

Qual a importância da bolsa de valores de Madrid para o mundo?

Ao saber mais sobre a bolsa de valores de Madrid, é importante entender que ela não é a única do país. Existem outras três bolsas na Espanha — que são localizadas em Barcelona, Bilbao e Valência, regiões importantes para a economia espanhola.

Ainda assim, a popularidade maior é da bolsa de Madrid. Logo, as principais captações de recursos para a expansão de empresas espanholas ocorrem nela. Tudo isso com garantia de segurança nas negociações que uma bolsa de valores oferece. Por isso, ela tem maior relevância mundial.

Outra função fundamental dessa bolsa é a oferta de liquidez para o mercado. Desse modo, os títulos, ações e derivativos podem ser vendidos e comprados com maior facilidade — beneficiando o mercado como um todo e democratizando o acesso aos investimentos.

INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Invista em ações

Além disso, a influência da bolsa de Madrid na Europa e, consequentemente, no mundo, também reflete na expansão da economia.

Afinal, uma vez que abriga a listagem de grandes companhias internacionais, a bolsa de Madrid contribui com o aumento da competitividade entre empresas no mercado e ajuda, indiretamente, no financiamento de inovações e crescimento dos negócios ao longo do tempo.

Qual é o principal índice da bolsa de Madrid?

Por movimentarem muitos ativos e negociações, as bolsas costumam contar com índices que permitem acompanhar determinados grupos de investimentos. No Brasil, o principal indicador do mercado acionário é o Ibovespa — que reúne as ações mais negociadas na nossa bolsa.

No caso da bolsa de Madrid, o índice que reúne as principais ações listadas é o IBEX35. Ele é gerido pela Bolsa e Mercados Espanhóis (BME) —responsável pelas bolsas de Madrid. Barcelona, Valência e Bilbau.

Assim, o IBEX35 permite ao investidor acompanhar e analisar o desempenho do mercado e entender as oscilações diárias dos ativos na bolsa de Madrid. O índice atua, portanto, como um termômetro da bolsa espanhola — e pode ser útil na avaliação de investidores estrangeiros que têm interesse em se expor ao mercado da Espanha.

Como investir na bolsa de valores de Madrid?

Conseguiu entender como funciona a principal bolsa de valores da Espanha? Caso você tenha interesse em se expor aos ativos listados nesse ambiente, o passo seguinte é descobrir como realizar seus investimentos.

Existem diferentes maneiras de atingir esse objetivo — e ter exposição ao mercado europeu. Uma delas é abrir conta em uma instituição financeira espanhola. Contudo, o processo é mais burocrático e custoso, já que envolveria câmbio e outras burocracias. Por isso, uma opção mais prática é optar pela exposição indireta ao mercado internacional pela B3.

Para investir indiretamente na Espanha, é possível comprar cotas de fundos de índice (ETF) ou certificados de depósitos de valores mobiliários (BDR) ligados a esse mercado. Eles são investimentos brasileiros que podem estar atrelados a ativos internacionais — como aqueles negociados na bolsa de Madrid.

Os BDRs são certificados que representam ativos estrangeiros — como ações, por exemplo —, adquiridos por uma instituição depositária. Enquanto isso, ETFs são fundos que refletem um índice de referência, como o IBEX35. Assim, é possível se expor a empresas espanholas sem sair do Brasil.

Investir dessa forma possibilita diversificar o portfólio para além dos riscos brasileiros. E, por se tratar de alternativas disponíveis na bolsa brasileira, o processo é bastante acessível, simples e seguro para o investidor.

Entretanto, é preciso avaliar se o seu perfil de investidor tolera as oscilações internacionais e cambiais às quais esses investimentos estão sujeitos. Além disso, não esqueça de identificar se seus objetivos e estratégia de investimentos estão alinhados às modalidades.

Como você viu, a bolsa de valores da Espanha — Madrid — é uma das maiores bolsas do mundo. E é possível se expor a ela via mercado brasileira. Caso tenha interesse em diversificar o seu portfólio em alternativas internacionais, vale conhecer mais sobre essa possibilidade.

Quer tirar dúvidas sobre investimentos e ter auxílio profissional para entender melhor as oportunidades do mercado? Conte com a Renova Invest! Entre em contato e agende uma reunião conosco!