Renova Invest Facebook

VOO: Como funciona esse ETF?

ETF
ETF

A diversificação está entre as estratégias mais utilizadas por investidores de todos os tipos. Afinal, além de aumentar o nível de proteção da carteira, essa abordagem pode potencializar os seus resultados. Entre as formas de adotá-la está o investimento em fundos de índice (ETFs), como o VOO.

Isso ocorre porque o portfólio de um ETF costuma conter diversos ativos e pode até oferecer exposição a mercados estrangeiros. Porém, antes de investir, é importante entender como esse veículo financeiro funciona e quais são suas vantagens e desvantagens.

Ficou interessado pelo assunto? Então prossiga com a leitura e saiba mais sobre o ETF VOO e o modo de investir nele.

Acompanhe!

O que é um ETF?

A sigla ETF significa exchange traded fund ou fundo de índice, em português. Por ser um fundo de investimento, ele é um veículo financeiro coletivo. Ou seja, o ETF é formado pelo capital de diferentes investidores com objetivos semelhantes.

O patrimônio que compõe o fundo fica sob a administração de um gestor com certificação profissional para atuar no mercado financeiro. Então ele se responsabiliza pela escolha dos investimentos que integrarão a carteira do ETF, com base na estratégia definida.

No caso dos ETFs, o gestor busca replicar a performance de um índice de mercado. Isso é feito ao compor o portfólio do fundo com os mesmos ativos que integram a carteira teórica do benchmark escolhido. Logo, o seu objetivo não é superar o índice e, sim, obter um resultado equivalente.

Por conta dessa gestão passiva, um ETF costuma ter taxas mais acessíveis do que os fundos com gestão ativa. O benchmark replicado pode ser de renda fixa ou renda variável, sendo comum encontrar ETF relacionados a índices de ações — como o Ibovespa (Índice Bovespa).

O que é o ETF VOO e como ele funciona?

O ETF VOO é um fundo cujo objetivo é acompanhar o desempenho do índice norte-americano S&P 500 (Standard and Poor’s 500). Assim, sua carteira está distribuída entre as ações das empresas que fazem parte desse índice, que é o principal indicador das bolsas dos Estados Unidos.

No entanto, vale notar que o interessado em investir nesse ETF não conseguirá encontrá-lo na bolsa de valores brasileira (B3). Isso acontece porque ele é negociado somente na New York Stock Exchange (NYSE), a maior bolsa de valores norte-americana e do mundo.

Qual é a composição do ETF VOO?

Tendo em vista que um ETF tem uma carteira que replica o portfólio do benchmark selecionado, entender a composição do VOO demanda analisar o S&P 500. Esse índice acompanha o desempenho médio das ações das 500 empresas mais representativas com ações negociadas nas bolsas americanas.

Na prática, o S&P 500 concentra as maiores companhias do mundo. Até julho de 2022, o portfólio incluía negócios como:

  • Apple;
  • Tesla;
  • Alphabet (Google);
  • Meta (antigo Facebook);
  • Disney;
  • Microsoft;
  • Coca-Cola;
  • McDonald’s;
  • Nike;
  • entre outras.

Desse modo, mesmo se você adquirir apenas uma cota do ETF VOO, já estará exposto aos resultados de todas as empresas que integram o S&P 500. Ou seja, com somente uma operação já é possível diversificar sua carteira de forma prática e simples.

Vale dizer que a gestão do VOO é feita pela empresa Vanguard Equity Index Group. De modo a remunerar o gestor, cada cotista tem que pagar uma taxa de administração que, em 2022, estava em 0,03% ao ano.

Quais são as vantagens de investir no ETF VOO?

Uma das principais vantagens de investir no ETF VOO é a possibilidade de se expor aos resultados de empresas que estão entre as mais valiosas do mundo. Ainda que você possa investir em cada ação individualmente, isso envolveria maior gasto de tempo de dinheiro.

Dessa forma, o investimento no ETF VOO é menos oneroso e pode ser mais vantajoso. Afinal, você só terá o custo de uma operação e estará exposto às mesmas empresas que compõem o S&P 500, simplificando o processo de diversificação.

Outra vantagem é a possibilidade de participar dos resultados de grandes setores da economia internacional. Entre eles, está a área da tecnologia, que engloba empresas de hardware, software ou games.

Além disso, investir no ETF VOO oferece a dolarização de parte da sua carteira, pois sua negociação ocorre em uma bolsa estrangeira. Ademais, ele é composto por ações de companhias negociadas em dólar. Assim, você estará protegido contra a desvalorização do real e, até mesmo, quedas na B3.

Isso acontece por conta da correlação negativa que muitas vezes existe entre a bolsa brasileira e o dólar. Assim, eventuais quedas no mercado brasileiro poderão ser compensadas com os ganhos na moeda americana, servindo como uma espécie de hedge (proteção) para o seu portfólio.

Quais são as desvantagens de investir no ETF VOO?

Em relação às desvantagens, você não deve se esquecer de que o ETF VOO integra a classe de renda variável. Logo, o preço das cotas pode variar de acordo com a demanda do mercado, o que aumenta os riscos do investimento.

Do mesmo modo que a volatilidade pode trazer lucros para o cotista, ela pode gerar prejuízos. Portanto, ainda que o ETF VOO ofereça um grande potencial de diversificação, pode ser interessante ter outras alternativas para equilibrar o portfólio.

Também conta como desvantagem as questões relacionadas à tributação. Por ser um investimento feito no exterior, você precisa estar atento aos tributos que incidem no país de origem, além da tributação no Brasil.

Vale a pena investir no ETF VOO?

Depois de conhecer as vantagens e desvantagens do ETF VOO, pode ser que você ainda tenha dúvidas se vale a pena investir nele ou não. Porém, não há somente uma resposta para esse questionamento, pois cada investidor possui um perfil e objetivos diferentes.

Ou seja, para um investidor que tenha um apetite maior aos riscos e queira se expor a um mercado estrangeiro, essa é uma opção que pode fazer sentido. Por outro lado, para o investidor que não tenha muita abertura aos riscos e não se sente confortável em investir fora do país, o VOO não será a alternativa mais apropriada.

Então faça a avaliação do seu perfil de investidor e dos seus objetivos para tomar uma decisão. Para tanto, vale procurar ajuda de um assessor de investimentos. Esse profissional é certificado no mercado financeiro e poderá esclarecer as suas dúvidas sobre esse ETF e outros investimentos.

Como investir no ETF VOO?

Chegando até aqui, você já reúne bastante conhecimento sobre ETFs — especificamente o VOO —, mas ainda falta aprender como investir nele. Nesse sentido, há duas formas de obter a exposição: direta e indireta.

Veja abaixo cada uma delas!

Investimento direto

Nos tópicos anteriores, você aprendeu que o ETF VOO está disponível na NYSE — uma das bolsas de valores dos Estados Unidos. Nesse contexto, para adquirir diretamente as cotas, você precisará de um intermediário que atue como ponte para acessar as alternativas no mercado estadunidense.

A Renova Invest possui parceria com a Avenue Securities, uma instituição norte-americana líder em acesso ao sistema financeiro americano para brasileiros. Ao escolher a Avenue, você pode contar com soluções completas para começar a diversificar no exterior de modo simples e rápido.

Entre as ferramentas ofertadas está um sistema de câmbio integrado que converte o seu dinheiro para a moeda americana de forma instantânea. Ademais, ela fornece acesso ao home broker, onde você poderá comprar cotas do ETF VOO e de outros ativos americanos diretamente.

Na prática, você precisará digitar o ticker do ETF (no caso, VOO) e indicar a quantidade de cotas que deseja adquirir. Por fim, basta enviar a ordem de compra e aguardar a sua execução que, ao final, as cotas serão lançadas na sua carteira junto à Avenue.

Investimento indireto

Caso você queira investir no ETF VOO sem sair do Brasil, será preciso encontrar um investimento com exposição às ações que formam S&P 500. Por ser um dos índices mais importantes mundialmente, existem ETFs brasileiros que o replicam.

Entre eles estão:

  • SPXB11;
  • IVVB11;

Para investir em um ETF nacional, o processo é simples. Nesse caso, basta ter conta em um banco de investimentos e saldo disponível para investir. No Brasil, os bancos de investimentos atuam como intermediários para a negociação desses ativos.

Além disso, eles fornecem acesso ao home broker, permitindo que você ingresse no ambiente de negociações da bolsa brasileira. O procedimento de compra é o mesmo que você já aprendeu: digite o ticker de negociação do ETF, a quantidade de cotas e envie a ordem de compra.

Caso exista uma contraparte interessada na proposta, a própria bolsa executará e processará a ordem. Por fim, em alguns dias, as cotas serão incluídas na carteira mantida junto ao seu banco de investimentos.

Como você viu, o ETF VOO permite a exposição da sua carteira a empresas internacionais de setores variados. Apesar de esse tipo de diversificação ser importante, é fundamental analisar a oportunidade considerando as suas características, como perfil e objetivos. Assim, você terá mais chances de obter sucesso no mercado.

Precisa de ajuda para conhecer melhor o funcionamento do mercado financeiro e suas oportunidades? Entre em contato conosco da Renova Invest e conheça a nossa assessoria!

 

Para saber mais sobre o mercado financeiro, acompanhe nossos conteúdos no YouTubeInstagram e LinkedIn!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.