IRBR3 Saiba tudo sobre as ações do IRB Brasil
IRBR3 Saiba tudo sobre as ações do IRB Brasil

IRBR3: Saiba tudo sobre as ações do IRB Brasil

Aqui vai um experimento que você pode fazer rapidamente: acompanhe as análises do fechamento de mercado durante uma semana, e observe quantas vezes as ações IRBR3 aparecem entre as maiores altas ou as maiores quedas do dia.

Provavelmente, você vai notar que esse papel apresenta variações fortes e frequentes. Isso vem acontecendo há vários meses, desde que elas despencaram de preço em 2020.

Por isso, é normal que os investidores sintam curiosidade em relação às ações do IRB Brasil. O que aconteceu com elas? Afinal, vale a pena investir ou não?

Hoje, vamos ajudar você a responder essa questão, apresentando todas as informações mais importantes sobre IRBR3.

IRB Brasil (IRBR3): que empresa é essa?

Antes de mais nada, vamos entender a empresa por trás das ações, o IRB Brasil. Ele atua no setor de resseguros, domina a maior fatia do setor no país e tem mais de 80 anos no mercado.

O IRB Brasil foi criado em 1939, durante o governo de Getúlio Vargas, e permaneceu como uma empresa estatal até outubro de 2013. Seu IPO foi realizado em 2017, com a captação de R$ 2 bilhões.

O trabalho do IRB Brasil consiste em diluir os riscos das seguradoras e aumentar a confiabilidade de grandes projetos que envolvem a contratação de seguros.

Em alguns casos, uma seguradora pode vender uma apólice que apresenta um risco muito elevado – do tipo que, se o cliente acionar o sinistro, ela pode não ter recursos para financiar a indenização correspondente. Assim, ficam fragilizados tanto o cliente quanto a própria seguradora.

Quando isso acontece, uma solução é transferir parte de sua responsabilidade para uma resseguradora. Em troca, a seguradora também cede à resseguradora parte do direito ao recebimento dos prêmios pagos pelo cliente. Isso é feito, principalmente, em projetos de grande escala.

Por conta do papel que a resseguradora desempenha, é fundamental que o mercado acredite na solidez da sua situação financeira. Se houver dúvidas sobre a capacidade da resseguradora para o pagamento das indenizações dos resseguros, isso prejudica de maneira fatal o negócio.

Principais eventos recentes envolvendo o IRB Brasil (IRBR3)

Para entender o desempenho das ações IRBR3 na bolsa, é preciso conhecer os eventos recentes envolvendo o IRB Brasil.

Em 26 de fevereiro de 2019, a gestora Squadra publicou uma carta aos cotistas, mencionando a possibilidade de uma fraude contábil no balanço do IRB Brasil. Na carta, a gestora comenta a existência de indícios de que os lucros da empresa teriam sido inflados.

Em 2 de fevereiro de 2020, a Squadra voltou a publicar uma carta aos cotistas, desta vez, realizando uma análise ponto a ponto para demonstrar que a rentabilidade real do IRB Brasil seria significativamente menor do que a percepção do mercado.

A empresa apresentou uma resposta e uma terceira carta foi publicada no mesmo dia pela Squadra, reafirmando sua tese de fraude.

Menos de um mês depois, em 27 de fevereiro, uma notícia publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo afirmou que a Berkshire Hathaway, gestora de Warren Buffet, teria aproveitado o impacto da polêmica sobre o preço das ações IRBR3 para triplicar sua posição. Isso acabou gerando um movimento temporário de alta no preço do papel.

No dia seguinte, em 28 de fevereiro, o então-presidente do Conselho de Administração do IRB Brasil, Ivan de Souza, renunciou ao cargo. Os motivos não foram explicados no comunicado da empresa ao mercado.

Em 03 de março, um informe oficial da própria Berkshire Hathaway desmentiu a notícia anterior de que a gestora havia aumentado sua posição em ações IRBR3. Como resultado, o preço caiu novamente.

Alguns meses depois, em maio, um dos diretores do IRB Brasil foi demitido por justa causa. A alegação da empresa era de que ele teria sido responsável por fraudes em contratos.

No mesmo mês, outra notícia: a Superintendência de Seguros Privados, agência reguladora do setor de seguros e resseguros, teria planos de conduzir uma fiscalização especial. O objetivo da SUSEP seria averiguar suspeitas de que o IRB Brasil não estava mantendo os ativos necessários para cumprir com a exigência do nível mínimo de liquidez.

Ainda em maio, outra agência também anunciou que investigaria a empresa. A CVM anunciou que seria iniciado um inquérito para averiguar as irregularidades apontadas nas cartas da Squadra. O IRB Brasil respondeu assegurando que colocaria todas as informações à disposição da Comissão.

No mês seguinte, junho, o IRB tomou ação para recuperar a confiança dos investidores e do mercado. Para isso, apresentou um plano de reforma de governança, que permitiria trazer mais transparência ao negócio.

Entretanto, no mesmo mês, uma investigação conduzida por uma auditoria independente mostrou que havia ocorrido desvios de dinheiro na empresa. De acordo com os resultados dessa investigação, cerca de R$ 60 milhões foram desviados, por meio do pagamento de bônus indevidos.

Já em 3 de agosto, o IRB Brasil relatou que, no bimestre de abril e maio, teria registrado prejuízo líquido de R$ 392,5 milhões. O número já apontava para uma direção diferente dos altos lucros que eram reportados anteriormente.

Esses foram os principais eventos envolvendo o IRB Brasil que colocaram a empresa em uma posição fragilizada e afetaram negativamente o desempenho de suas ações na bolsa de valores. Ao mesmo tempo, tornaram essas ações um foco ideal para especulação financeira.

No entanto, é possível observar que foram feitos esforços para tentar recuperar a credibilidade e a estabilidade no mercado.

Por exemplo, em dezembro o IRB Brasil realizou a liquidação financeira de sua 2ª emissão de debêntures. Essa emissão teve o objetivo de captar recursos para cumprir os requisitos de liquidez exigidos pela SUSEP e pelo CMN, regularizando a situação da empresa.

Como está o desempenho do IRBR3?

O desempenho das ações IRBR3 nos últimos meses pode ser descrito em duas palavras: forte volatilidade. Os preços de negociação na bolsa variam entre altas e baixas acentuadas, em questão de dias.

Um dos principais motivos por trás dessa volatilidade foi a sucessão de eventos nos quais a empresa IRB Brasil esteve envolvida desde o início de 2020, frequentemente aparecendo nas manchetes do noticiário do mercado financeiro. Eles continuam repercutindo nos preços.

Em janeiro de 2020, as ações IRBR3 eram negociadas por preços acima de R$ 40. Em fevereiro, com a empresa já cercada por alguns rumores, elas ainda eram negociadas acima de R$ 30.

No entanto, em março, elas despencaram abaixo de R$ 10. Desde então, o preço oscila muito, embora não tenha rompido a barreira dos R$ 13 nenhuma vez até a data de publicação deste artigo.

As ações IRBR3 ainda podem ser uma boa alternativa de investimento? Não existe uma resposta pronta a essa questão. Isso depende do perfil, dos objetivos e da estratégia de cada investidor. Por isso, é fundamental que você conte com a orientação de assessores de investimento qualificados, que vão poder ajudar na realização dessa análise.

Quer conhecer outras ações negociadas na bolsa de valores que podem entrar na sua carteira?

Aproveite para se inscrever na newsletter da Renova Invest, e receba conteúdos exclusivos com informações e recomendações da nossa equipe de assessores qualificados!

Compartilhe:

Deixe uma resposta


whatsapp icon chatbot Renata

Quer fazer seus investimentos renderem mais?

Clique aqui e fale com os nossos Assessores

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.