Busca de Artigos no blog

Para entender de uma vez por todas: o que é e como funcionam os índices da MSCI

O que é e como funciona o índice MSCI
O que é e como funciona o índice MSCI

Mais uma sigla chamativa no mundo dos investimentos que causa uma pequena confusão, mas calma, vamos entender isso de uma vez por todas. Primeiro de tudo, MSCI ( Morgan Stanley Capital International) é uma das empresas de maior relevância mundial que é responsável por produzir índices de ações, fundos de investimentos e portfólios.

A instituição norte-americana publica índices das principais ações do mundo. O foco principal é referenciar o desempenho das Bolsas de Valores, usados para vários fundos de investimentos de países diferentes.

Mas afinal de contas, o que é a MSCI?

A MSCI é líder em fornecimento de ferramentas e serviços de suporte para decisões que envolvem a comunidade global de investimentos. Foi criada em 1969 e se firmou ao longo dos anos com experiência em pesquisa, dados e tecnologia.

A empresa auxilia a tomada de decisão dos investimentos e permite que os clientes entendam e analisem os principais fatores de risco e retorno para construírem seu portfólio. Contando com mais transparência em todo o processo. O que já facilita, não é?

Reconhecidos mundialmente, a companhia tem como objetivo:

  • Oferecer ferramentas valiosas de apoio à decisão para clientes;
  • Construir maneiras eficientes de integrar estratégias de investimento sustentáveis;
  • Operar de forma mais econômica para crescer;
  • Melhorar o desempenho dos portfólios;
  • Reduzir a exposição a riscos não intencionais.

E o que são os índices?

Os índices MSCI são uma medida do desempenho do mercado em áreas específicas ou que representam um conjunto de ações. Isso é feito através da média do desempenho das ações que compõem os índices, categorizadas pela Morgan Stanley que levam em conta vários fatores, como a tendência de preços, volatilidade e liquidez.

Os principais índices MSCI são segmentados para acompanhar diferentes mercados, sendo compostos pelas características que possuem em comum. Detalhe: são carteiras teóricas e o investidor não consegue investir, apenas conseguem nas empresas que eles listam ou então nos fundos ETFs. 

Veja algum dos principais índices:

  1. MSCI Brazil – que acompanha ações de 50 médias e grandes empresas do Brasil. Além disso, a maior parte das ações é do setor financeiro e em média 85% são de ações do Ibovespa, Vale, Petrobras, Itaú, Bradesco e Ambev, por exemplo;
  2. MSCI World – que acompanha ações de cerca de 1.500 companhias de médio e grande porte em países desenvolvidos ou com atuação pelo mundo tudo. Os maiores integrantes do índice são empresas como Apple, Microsoft, Amazon, Tesla, Alphabet (Google) eMeta (Facebook);
  3. MSCI ACWI – que foca em 23 mercados desenvolvidos e 25 emergentes, acompanhando o desempenho das ações de companhias de médio e grande porte. Ao todo, são quase 3 mil empresas que compõem o índice.

Como funciona a MSCI?

Par o investidor, os índices fornecem uma luz no fim do túnel, com informações que servem de diretrizes e orientações sobre a saúde do mercado. Ademais, são importantes para fins comparativos de desempenho de grande parte dos investimentos.

Sendo assim, cada índice MSCI funciona medindo o valor para capitalização de uma ação no mercado, atualizado diariamente e contando com o efeito do câmbio, já que são calculados na moeda nacional da ação e em dólares americanos.

A MSCI usa oito pontos para calcular o índice:

  1. Momentum;
  2. Volatilidade;
  3. Valor;
  4. Tamanho;
  5. Crescimento;
  6. Não-linearidade de tamanho;
  7. Liquidez;
  8. Alavancagem financeira.

Impactos nos investimentos

Os índices MSCI são referencias que o investidor pode seguir na hora de escolher quais as melhores oportunidades para aplicar o seu dinheiro. Também é a base para os os administradores de fundos criarem os ETFs (Exchange Traded Funds) simulando a carteira teórica do índice.

A esse altura do campeonato, já deu para saber que é um índice de grande influência, então quando a MSCI altera a composição da carteira teórica, as ações envolvidas podem sofrer mudanças. Mas como esses dados podem ser usados? De várias maneiras, anota aí!

  • Referência e Benchmark;
  • Análises de retorno;
  • Apontamento de tendências;
  • Percepções de mercado;
  • Gerenciamento de risco;
  • Construção de portfólio.

Acione um assessor de investimentos

De forma geral, os índices MSCI atendem vários investidores com uma influência notória no mercado financeiro global. Por isso, vale a pena acionar o seu assessor de investimentos para montar a sua carteira diversificada.

Principalmente por conta da formação de ETFs, que são uma opção disponível para investir, conhecidos como fundos de índices negociados na Bolsa de Valores. Não se esqueça que esses ativos são negociados da mesma forma que qualquer ação, tendo também muitos índices diversos para escolher, dependendo da sua estratégia.

E aí, vamos investir?

Não perca tempo e aperfeiçoe seus conhecimentos, se inscreva no nosso canal do YouTube para explorar as melhores oportunidades de investimentos no mercado.

Ficou com alguma dúvida? Caso queria conhecer mais alternativas de investimentos, conte com a nossa assessoria! Entre em contato conosco, temos uma equipe preparada para ajudar você!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.