O que é o ETF GOLD11 e como funciona?

GOLD11
GOLD11

O ouro é uma commodity bastante conhecida e utilizada por investidores como forma de proteção de patrimônio. Por estar descorrelacionado com as bolsas de valores mundiais, ele geralmente é uma das alternativas mais procuradas em tempos de crise. No Brasil, uma alternativa acessível de investimento em ouro é o ETF GOLD11 – o primeiro Exchange Traded Fund de ouro do país.

O que é um ETF?

Antes de entendermos melhor o GOLD11, é importante compreender o que é um ETF. ETF, ou fundo de índice, é um tipo de fundo de investimento que busca replicar a performance de um índice de referência, como o Ibovespa. Ele distribui seu patrimônio nos mesmos ativos que compõem a carteira teórica do índice escolhido, fazendo com que sua performance seja próxima à do benchmark.

A negociação de ETFs é feita na bolsa de valores, como uma ação, e apresentam maiores riscos por fazerem parte da renda variável. No entanto, eles também costumam ter taxas de administração menores que os fundos de gestão ativa.

O que é o GOLD11?

O GOLD11 é o ticker do primeiro ETF de ouro do Brasil. Criado em 2020, ele tem como objetivo replicar a cotação do ouro no mercado a vista. Sua administração é feita pela XP Vista Asset Management e sua gestão compete ao Banco BNP Paribas.

Esse ETF realiza seus investimentos com base no iShares Gold Trust, um ETF internacional listado na bolsa de Nova Iorque. Ao adquirir cotas do GOLD11, o investidor está indiretamente exposto ao ouro, sendo uma forma prática e acessível de investir nesse metal na bolsa de valores brasileira.

Como o GOLD11 funciona?

O GOLD11 é um ETF de ouro que opera de forma passiva, ou seja, sua gestão busca replicar a performance do índice de referência, que no caso é a cotação do ouro no mercado a vista. Dessa forma, não há a necessidade de um gestor superar o benchmark escolhido. Tudo é feito para acompanhar a evolução do índice.

A composição do GOLD11 é principalmente formada por cotas do iShares Gold Trust, que replica o índice LBMA Gold Price, uma das principais referências mundiais para o acompanhamento do preço do ouro. Além disso, uma pequena parte do patrimônio pode ser constituída por outros ativos financeiros.

A negociação das cotas do GOLD11 ocorre na bolsa de valores brasileira, assim como a negociação de ações. Portanto, o investidor pode comprar e vender cotas desse ETF facilmente através de uma corretora.

Conheça os principais ETFs listados na Bovespa (B3)
XINA11: Conheça o ETF para Investir no Mercado Chinês
IVVB11: Conheça o ETF que investe nos EUA

Vantagens de investir no ETF GOLD11

Investir no GOLD11 pode trazer algumas vantagens para os investidores. Uma das principais vantagens é a exposição indireta ao ouro, um ativo conhecido por sua capacidade de preservar o poder de compra ao longo do tempo. O ouro é considerado uma reserva de valor, principalmente em momentos de incerteza econômica.

Além disso, o ouro é um ativo com alta liquidez, o que significa que é fácil comprá-lo e vendê-lo no mercado. Muitos países e grandes empresas mantêm reservas de ouro como forma de proteger suas economias, o que garante a demanda pelo metal.

Outra vantagem do GOLD11 é a gestão profissional realizada pela XP Vista Asset Management. O investidor não precisa se preocupar em montar e desmontar posições de mercado, pois toda a gestão é feita pelo gestor do fundo.

Desvantagens de investir no ETF GOLD11

Assim como qualquer investimento, o GOLD11 também possui algumas desvantagens que devem ser consideradas. Uma delas é que o ouro não gera renda ou dividendos, o que significa que o investidor não receberá pagamentos periódicos ao investir nesse ETF.

Além disso, é importante lembrar que o ouro, assim como outros metais preciosos, pode apresentar resultados de rentabilidade menores no longo prazo quando comparado a outros ativos, como ações. Portanto, é importante ter um objetivo claro ao investir no GOLD11 e considerar a diversificação da carteira como forma de mitigar os riscos.

Como investir no ETF GOLD11?

Para investir no ETF GOLD11, o investidor precisa ter uma conta em uma corretora de valores. Após abrir a conta, basta acessar o home broker da corretora, digitar o código do ETF GOLD11 e realizar a compra das cotas desejadas.

É importante lembrar que o investimento em ETFs envolve riscos, como a volatilidade do mercado e a possibilidade de perda do capital investido. Por isso, é fundamental realizar uma análise cuidadosa e considerar o seu perfil de investidor antes de investir no GOLD11.

Conclusão

O ETF GOLD11 é uma opção interessante para investidores que desejam se expor ao ouro de forma indireta. Ele replica a cotação do ouro no mercado a vista e oferece algumas vantagens, como a facilidade de negociação e a gestão profissional. No entanto, é importante considerar as desvantagens e avaliar se esse investimento se adequa ao seu perfil e objetivos financeiros.

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.