Como funciona o fundo prefixado? Descubra!

Como funciona o fundo prefixado? Descubra!

Os fundos de investimento trazem possibilidades que vão além da renda variável. Também é possível encontrar essa modalidade focando na renda fixa. Se você tem interesse nela, vale a pena saber como funciona o fundo prefixado.

O investimento pode dar a impressão de ser mais seguro ou prático, mas também requer atenção antes de ser selecionado. Assim, é possível compor sua carteira de maneira estratégica.

Na sequência, veja tudo sobre o fundo prefixado e conheça qual potencial ele oferece!

O que são investimentos prefixados?

Os investimentos prefixados são produtos financeiros de renda fixa com rentabilidade predefinida. Na prática, representam os investimentos cujas taxas de juros são definidas no momento da aplicação.

Por causa dessa característica, o investidor sabe exatamente quanto receberá no resgate. Afinal, o retorno ocorre por uma taxa fixa, que é estabelecida e apresentada previamente.

O que são os fundos prefixados?

Os fundos de investimentos podem ser de renda fixa ou variável. Entre as alternativas de renda fixa, há os fundos prefixados. Eles investem prioritariamente em títulos prefixados, de modo que seja possível conhecer antecipadamente seu retorno.

Os opostos desses fundos são aqueles compostos por investimentos pós-fixados. No caso, o foco está em títulos de renda fixa pós-fixados e que variam de acordo com um indicador de referência.

Como funciona o fundo prefixado?

Para entender como tais fundos funcionam, é preciso, em primeiro lugar, compreender as características gerais dos fundos de investimentos. Eles são veículos financeiros coletivos, em que diversos investidores adquirem cotas e o direito de participação nos resultados.

Então, o portfólio do fundo é movimentado de modo conjunto pelo gestor responsável. Esse é o profissional que define como o dinheiro será alocado entre os diferentes ativos, de acordo com a estratégia.

No caso dos fundos prefixados, o foco está nos títulos públicos com rendimento conhecido. Por causa disso, o fundo sabe qual será o rendimento obtido no vencimento. Para os cotistas, costuma haver a cobrança de taxa de administração.

A taxa é usada para remunerar o gestor. E a cobrança é feita, especialmente, quando há uma estratégia ativa de prospecção em relação às melhores oportunidades do mercado.

Como o fundo prefixado é composto?

Quando pensamos na composição do fundo, é natural que os investimentos prefixados sejam a maior parte da estratégia em questão. Por ser um produto de renda fixa, o Tesouro Prefixado se destaca como uma opção segura.

Também pode acontecer de o fundo investir em outros produtos. Por exemplo, nos certificados de recebíveis imobiliário (CRI) ou do agronegócio (CRA), além de nas debêntures prefixadas.

Em outros casos, um fundo prefixado pode compreender a aquisição de cotas de outros fundos semelhantes. Assim, é possível ter uma participação direta ou indireta em seu grupo.

Quais são as vantagens?

Depois de entender como funciona o fundo prefixado, é interessante conhecer o que ele pode oferecer em termos de pontos positivos. Em um cenário de queda de juros, ele pode apresentar um retorno melhor. Isso porque o título pós-fixado é afetado pela queda dos indicadores.

Como é um investimento em renda fixa, outra vantagem é o baixo risco geral, em comparação a outros produtos. Para o investidor iniciante, pode ser uma alternativa atraente para explorar possibilidades.

Ainda que seja um fundo de investimento, o foco em renda fixa pode trazer previsibilidade sobre o retorno. Além disso, há a vantagem de contar com gestão profissional. Também pode ser uma forma de diversificar em investimentos variados.

E as desvantagens?

Todo investimento também apresenta pontos de atenção. No caso dos prefixados, o fundo pode ficar menos vantajoso se os juros aumentarem. Nesse cenário, o retorno poderia ser maior se estivesse investimento em títulos pós-fixados, por exemplo.

Se o investimento for feito em longo prazo, o risco pode aumentar. Isso porque há mais chances de ocorrerem alterações na taxa de juros ao longo do tempo, tornando a taxa prefixada desvantajosa.

De qualquer forma, é importante notar que, com um fundo prefixado, você não perde dinheiro, necessariamente. O que aumenta é o custo de oportunidade e possíveis perdas no poder de compra, caso a inflação suba bastante.

Se a pressão inflacionária for alta, o retorno líquido desse tipo de fundo do mercado financeiro pode não ser satisfatório. Há, ainda, o risco de liquidez: podem surgir oportunidades melhores, mas que não são aproveitadas porque os recursos estão alocados no fundo.

Vale a pena investir em um fundo prefixado?

Como vimos, um fundo prefixado pode ser adequado para quem busca segurança e previsibilidade. Como a rentabilidade é conhecida no momento da contratação, pode ser uma alternativa interessante para saber o que acontecerá. Contudo, é diferente de fazer a aplicação individual.

Assim, seus resultados também podem ser diferentes e mais arriscados. Para tomar uma decisão, é preciso conhecer seus objetivos e as condições de mercado. Se houver uma expectativa de aumento dos juros, o modelo pós-fixado pode fazer mais sentido, por exemplo.

No entanto, se a rentabilidade contratada for suficiente para seus objetivos e interesses, o fundo pode passar a compor sua carteira. Em um cenário de juros em queda ou estáveis — e abaixo da rentabilidade prefixada — o investimento também pode valer a pena.

Não menos relevante, deve-se pensar na liquidez. Na maioria dos fundos, é possível fazer o resgate no momento desejado. Porém, você deve avaliar as regras e eventuais prazos de carência, além do risco de perder dinheiro no resgate antecipado.

Além disso, vale lembrar que muitos investidores alocam em pré e pós-fixados. Portanto, não são produtos obrigatoriamente concorrentes. Então, a decisão depende do perfil de risco geral da sua carteira e do que você pretende atingir.

Sabendo como funciona o fundo prefixado, você tem a chance de definir se investir no fundo faz ou não sentido para sua estratégia e até para as condições atuais do mercado. Assim, a realização de seus objetivos pode se tornar mais próxima!

Entendeu como funciona o fundo prefixado? Aproveite o espaço dos comentários e diga quais são suas impressões sobre essa modalidade de investimento!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta







Postagens Relacionadas

Mais Lidos

Categorias

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.