O investimento em criptomoedas tem chamado a atenção de investidores nos últimos tempos. Nesse cenário, o bitcoin é o principal representante da categoria, sendo o criptoativo mais conhecido. Assim, o BITH11 surge como uma forma de investir nesse mercado por meio de um ETF.

Você sabe o que significa esses conceitos e como esses veículos de investimento funcionam? Conhecer as questões o ajudará a basear suas decisões e avaliar se a alternativa faz sentido para sua carteira e objetivos.

Se você quiser aprender mais sobre o assunto e entender como funciona o BITH11, continue a leitura deste conteúdo. Você entenderá o que é um ETF, suas principais características e como investir nele!

O que é um ETF?

Para conhecer melhor o BITH11, é preciso entender o que é um ETF. Essa é a sigla para exchange traded funds — que, no Brasil, são conhecidos como fundos de índice. Ele é um fundo de investimento com o foco em acompanhar um determinado índice financeiro.

Como todo fundo, esse veículo oferece uma forma de investir em conjunto. Então, ele é lançado no mercado com uma estratégia específica, definida em seu regulamento. Os investidores que desejam participar de seus resultados podem adquirir cotas, que representam uma parcela do patrimônio do ETF.

Para administrar a carteira do fundo, é nomeado um gestor profissional, que pode ser um profissional experiente ou uma empresa especializada. Assim, o gestor fica responsável por fazer as negociações necessárias para buscar os objetivos propostos pelo fundo.

Como você pode ver, os investidores não têm liberdade para movimentar os ativos e o patrimônio do fundo. Logo, eles acreditam na competência do gestor e da administradora para conseguir alcançar sua finalidade.

No caso dos ETFs, a gestão é facilitada, pois o objetivo é replicar os resultados de um índice financeiro específico. Dessa forma, ele não busca priorizar a rentabilidade, proteger o capital dos cotistas ou superar benchmarks estabelecidos, por exemplo.

A ideia é que o portfólio do fundo varie da mesma maneira que o indicador. Vale ressaltar que esse índice pode ser escolhido entre diversos mercados, segmentos, economias e países diferentes — havendo muitas alternativas disponíveis.

Como funciona o BITH11?

O BITH11 é o código de negociação — conhecido como ticker — do fundo de índice Hashdex Nasdaq Bitcoin Reference Price, negociado na bolsa de valores brasileira, a B3. Assim, ele é um ETF que tem suas cotas disponíveis aos investidores no mercado secundário.

Esse ETF tem o objetivo de replicar os resultados do índice Nasdaq Bitcoin Reference Price, que segue as variações do bitcoin em tempo real. Dessa maneira, investidores em geral podem se expor a esse mercado por meio de um fundo de índice.

A carteira do ETF brasileiro é composta, principalmente, pelas cotas de um ETF internacional que segue o mesmo índice. Ele é um fundo de índice constituído e organizado de acordo com as leis das Ilhas Cayman, também gerido pela Hashdex.

Quer saber mais sobre as moedas digitais que estão fazendo sucesso no mundo dos investimentos?

Baixe nosso e-book elaborado por especialistas Renova Invest




Esse fundo alvo busca refletir a variação do índice da Nasdaq por meio de investimento direto em criptoativos, principalmente o bitcoin. Dessa maneira, consegue replicar as variações que impactam o mercado.

Ele também é um produto verde: a Hashdex, sua gestora, aposta em uma metodologia para cálculo de emissão de carbono com a mineração de bitcoin. Assim, haverá relatórios anuais sobre o consumo de energia e emissão de carbono, com a finalidade de neutralizar a pegada.

Para que você entenda realmente como funciona o BITH11 é fundamental conhecer o índice que ele segue. Afinal, o ETF buscará replicar os seus resultados, refletindo nos investidores.

Veja só:

O que é o Nasdaq Bitcoin Reference Price?

Esse índice é calculado pela Nasdaq, a segunda maior bolsa de valores do mundo, localizada nos Estados Unidos. Ele é um dos principais indicadores mundiais do mercado de criptomoedas.

O objetivo do indicador é demonstrar a performance do bitcoin, utilizando uma metodologia desenvolvida pela própria bolsa. Assim, ele acompanha o preço de transações em tempo real do criptoativo, conseguindo fornecer uma referência média de preço do mercado à vista.

Dessa maneira, o índice consegue basear análises de investidores que desejam se expor ao bitcoin. Além disso, serve de referência para diversos veículos de investimentos — e como benchmark para alocação de recursos e composição de carteiras.

Quais são as principais características do BITH11?

Depois de entender o que é o BITH11 e o índice que ele busca replicar, é preciso que você conheça suas principais características. Saber essas informações sobre o veículo de investimento ajuda a basear suas decisões e entender melhor a alternativa.

Confira:

Lançamento

As cotas do BITH11 foram lançadas na bolsa brasileira para negociação no dia 5 de agosto de 2021. Elas estão acessíveis aos investidores em geral.

Riscos

Por ser uma opção de renda variável, não há garantias de retorno com esse investimento. Então é fundamental saber que as cotas podem não trazer rentabilidade ou mesmo se desvalorizar. Nesse sentido, deve-se fazer uma boa análise do investimento antes do aporte.

Ademais, o mercado de bitcoin também é conhecido pela alta oscilação. Logo, investidores conservadores podem não se adaptar a essa alta volatilidade, sendo mais adequado para quem entende e deseja assumir os riscos.

Custos

Como todo fundo de investimento, o BITH11 cobra uma taxa de administração divulgada como um percentual anual. Essa taxa engloba tanto o ETF brasileiro quanto as cotas do fundo de índice que compõem o seu patrimônio.

Gestão

A gestão dos ETFs é considerada passiva. Ou seja, o gestor não tem a incumbência de fazer negociações ativamente para potencializar os ganhos ou proteger o capital do fundo. Como o objetivo é replicar o índice alvo, basta que suas variações sejam espelhadas.

Como investir no BITH11?

Para investir em cotas do BITH11 é preciso ter acesso ao home broker, a plataforma online de negociações da bolsa de valores. Isso é possível abrindo uma conta em um banco de investimentos.

Depois de fazer o cadastro, que é todo online, basta transferir recursos para a conta e acessar o home broker. Lá, você pode buscar pelo ticker BITH11, avaliar a cotação em tempo real e decidir se emite ou não a ordem de compra.

Entendeu como o BITH11 funciona e suas principais características? Antes de investir nele ou em outras alternativas, não deixe de considerar seu perfil e objetivos. Em caso de dúvidas, conte com a ajuda de uma assessoria de investimentos para conhecer melhor seus detalhes!

Quer contar com uma assessoria com profissionais certificados? Então entre em contato com a Renova Invest!