No dia 28 de outubro, foi apresentado o resultado Suzano (SUZB3) 3T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Suzano surpreendeu o mercado no 3T21

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho do Suzano (SUZB3) foi positivo. A companhia apresentou um conjunto sólido de resultados, superando as estimativas dos analistas e do consenso de mercado.

Os destaques do período foram os volumes de celulose e o índice de alavancagem.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações SUZB3 estavam sendo negociadas a R$ 48,90. A capitalização de mercado era de R$ 65,99 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 494,65 milhões.

Resultado Suzano (SUZB3) 3T21

Projeto Cerrado é aprovado pela Diretoria

O Projeto Cerrado prevê a instalação de uma planta, no Mato Grosso do Sul, com capacidade de produção de 2,55 milhões de toneladas de celulose por ano.

O investimento estimado é de R$ 14,7 bilhões. Com o projeto, a Suzano se consolida como a líder global em celulose e traz otimismo para analistas.

De acordo com o relatório do BTG Pactual, no último trimestre, o Conselho Administrativo da companhia aprovou o projeto e fez algumas atualizações. Entre elas, estão: a expansão da planta e a definição do início das operações para 2S24.

A equipe de analistas do BTG destaca que a companhia está bem posicionada para realizar esse projeto.

Segmento de celulose alavancou resultados da companhia

De acordo com o relatório do BTG Pactual, a companhia reportou forte venda de celulose. O volume de vendas atingiu 2,67 Mt, o que revela alta de +5% na comparação de base trimestral e alta de +6% na comparação de base anual.

Os analistas do BTG também destacam a ligeira alta dos preços de exportação como aspecto positivo. No 3T21, a tonelada foi vendida a US$ 654, alta de +3% em relação ao trimestre anterior. No entanto, os analistas já enxergam uma tendência de normalização no próximo trimestre.

Segundo o relatório do BTG, o custo caixa da celulose ficou em linha com as estimativas, saindo por R$ 711/t. O número revela a alta de +5% em relação ao 2T21 e alta de +19% em relação ao mesmo período de 2020. A alta é explicada por combustíveis e produtos químicos mais caros, refletindo a inflação.

INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA

Alavancagem apresentou melhora significativa

Conforme informa o relatório do BTG Pactual, a dívida líquida da companhia ficou em R$ 58,21 bilhões, -3% abaixo do projetado. O montante indica alta de +2% em relação ao mesmo período de 2020 e queda de -15% em relação ao trimestre anterior.

Segundo os analistas do BTG, a redução da dívida trouxe a alavancagem (dívida líquida/EBITDA) para 2,8x, frente a 3,1x no 2T21 e 5,1 no 3T20. O bom desempenho é justificado pela forte geração de caixa no trimestre, totalizando R$ 3,3 bilhões.

Resultado Suzano (SUZB3) 3T21

EBITDA apresenta forte alta anual

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da Suzano ficou em R$ 6,3 bilhões. O número revela alta de +6% na comparação de base trimestral e alta de +67% na comparação de base anual.

O analista do BTG Pactual destaca que o resultado ficou +7% acima das estimativas, devido ao bom desempenho das vendas de celulose.

Prejuízo Líquido reverte a tendência do 2T21

Conforme o relatório do BTG Pactual, o prejuízo líquido da Suzano no terceiro trimestre foi de R$ 959,37 milhões. Esse resultado representa queda de -110% em relação ao lucro líquido de R$ 10,03 bilhões reportado no 2T21.

Resultado Suzano (SUZB3) 3T21

Resultado Suzano (SUZB3) 3T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Suzano (SUZB3) tem apresentado um bom desempenho, apesar da volatilidade do mercado de celulose. Além disso, a companhia tem umas das melhores teses ESG da América Latina e é carbono negativa. Essas duas frentes tem grande oportunidade de criação de valor.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 92,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Suzano (SUZB3) 3T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.