No dia 27 de outubro, foi apresentado o resultado Inter (BIDI11) 3T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Inter apresenta desempenho trimestral positivo

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o Inter (BIDI11) apresentou um bom desempenho, com números decentes em todas as suas verticais.

O destaque do período foi a expansão da carteira de crédito.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações BIDI11 estavam sendo negociadas a R$ 39,80. A capitalização de mercado era de R$ 34,24 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 276,54 milhões.

Resultado Inter (BIDI11) 3T21

Número de clientes cresce quase dobra

Conforme informa o relatório do BTG Pactual, o Inter reportou que seu número de clientes quase dobrou no 3T21.

O número de clientes atingiu 14 milhões no período. Esse número representa crescimento de +17% e +94%, respectivamente, nas comparações de base trimestral e anual. Foram abertas cerca de 33 mil contas por dia útil, junto com uma base de clientes ativos de quase 8 milhões.

Isso implicou em uma taxa de ativação estável, em torno de 56%. Segundo a equipe, dos clientes ativos, 48% usam o Inter como seu banco principal. Cerca de 37% usam como segundo banco.

Enquanto isso, o banco realizou cerca de 8% de todas as transações PIX feitas no país no 3T21.

Expansão da carteira de crédito

De acordo com o BTG Pactual, a expansão da carteira de crédito do Inter foi o principal destaque do trimestre.

A carteira de crédito atingiu R$ 14,9 bilhões. Isso representa alta de +19% e +114%, respectivamente, nas comparações trimestral e anual. As PMEs foram o principal destaque, com crescimento de +152% na comparação anual.

O forte crescimento dos empréstimos, em especial linhas de crédito menos garantidas, levou à expansão da margem financeira de +31% na comparação trimestral. A originação de empréstimos atingiu alta recorde, enquanto os empréstimos não performados permaneceram estáveis.


INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Invista em ações


Por sua vez, as provisões cresceram +35% e +204%, respectivamente, nas comparações de base trimestral e anual. Apesar disso, a equipe destaca que a qualidade dos ativos permanece sob controle.

Desempenho positivo das demais vias de crescimento

Segundo o BTG Pactual, além dos segmentos bancário e de crédito do Inter, as demais vias de crescimento do banco continuam no caminho certo.

Entre elas, estão a Inter Invest. A corretora do banco atingiu 1,8 milhões de clientes, o que representa 13% de sua base de clientes. Em relação às receitas da corretora, totalizaram R$ 35 milhões. O número representa alta de +137% na comparação anual.



Esse resultado positivo foi impulsionado pelas receitas de ofertas públicas coordenadas pela Inter DTVM, apesar do impacto da volatilidade sobre os ativos sob custódia. Vale lembrar que a DTVM é a distribuidora de títulos e valores mobiliários do Inter.

Enquanto isso, a Inter Seguros registrou números decentes e um pouco abaixo das estimativas. O número de usuários ativos cresceu +279% em relação ao 3T20. As vendas de apólices cresceram +220%.

Por sua vez, a Inter Shop, que é a plataforma de compras online do Inter, registrou GMV – volume transacionado no marketplace de R$ 946 milhões. Isso representa alta de +22% e +151%, respectivamente, nas comparações de base trimestral e anual.

Reversão do LAIR negativo

Conforme informa o release de resultados do Banco Inter, o LAIR ficou em R$ 6,5 milhões contra LAIR negativo de R$ 15,7 milhões reportado no 3T20.

Lucro Líquido reportado surpreende

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido do Inter foi de R$ 19,2 milhões. O número representa alta de +6% em relação ao 2T21 e acima das estimativas da equipe em +220%.

Ainda, esse resultado representa reversão do prejuízo líquido de R$ 8 milhões reportado no mesmo período do ano passado.

Resultado Inter (BIDI11) 3T21

Resultado Inter (BIDI11) 3T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual segue confiante na tese do Inter (BIDI11) e destaca que é uma das suas principais escolhas.

Apesar do momento desfavorável para companhias de crescimento com baixa lucratividade hoje, espera-se que a lucratividade melhore ao longo dos próximos trimestres. Ainda, a equipe acredita que o Inter apresenta um crescimento consistente e entrega em excesso.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 90,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Inter (BIDI11) 3T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.