No dia 07 de maio de 2021, foi apresentado o resultado B3 (B3SA3) 1T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

B3 apresenta forte desempenho no trimestre

De acordo com o relatório do BTG Pactual, a B3 (B3SA3) reportou números operacionais sólidos no 1T21, após recordes de ações em fevereiro.

O destaque do período foi o forte desempenho em todas as linhas de negócio.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações B3SA3 estavam sendo negociadas a R$ 50,80. A capitalização de mercado era de R$ 103,17 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 730,55 milhões.

Resultado B3 (B3SA3) 1T21

Forte desempenho de todas as linhas de negócios

Conforme informa o relatório do BTG Pactual, a B3 apresentou forte desempenho de todas as linhas de negócios no 1T21, principalmente de ações listadas.

A capitalização para ações foi novamente intensa no período, com 15 IPOs e 7 follow-ons, totalizando R$ 32,8 bilhões.

No que se refere ao ADTV de ações listadas, totalizou R$ 36,8 bilhões no trimestre. Isso representa alta de +17% e +32%, respectivamente, nas comparações de base trimestral e anual. Nota-se que a sigla ADTV representa o volume médio diário negociado.

Por fim, a equipe do BTG Pactual também destaca que os fortes desempenhos na comparação trimestral foram vistos em todas as linhas de negócios da B3.

Assuntos técnicos e legais recentes

No dia 29 de março de 2021, em nota ao mercado, a B3 anunciou diversas mudanças em sua diretoria estatutária.

Entre elas, o pedido de renúncia de Cícero Vieira, vice-presidente de Operações, após 20 anos de empresa.

Por sua vez, nos dias 28 de abril e 03 de maio, a B3 teve dois episódios de problemas de TI, o que acabou afetando as negociações de ações nessa ocasião.

INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA

Apesar disso, a equipe do BTG Pactual sinaliza que a B3 sempre se destacou em relação às outras bolsas, com raros casos de problemas técnicos. Por fim, a equipe pontua que continuará monitorando a recorrência desses eventos.

Forte desempenho operacional

De acordo com o BTG Pactual, a B3 reportou forte desempenho operacional no 1T21.

O resultado foi beneficiado por ADTV/futuros de ações recordes, impulsionado por um ambiente poderoso para os mercados de capitais, com taxas de juros ainda baixas e alta volatilidade. Ainda, foi beneficiada ligeiramente pela reversão de provisões para uma disputa judicial, no valor de R$ 56 milhões.

Assim, a receita líquida consolidada da B3 totalizou R$ 2,39 bilhões no trimestre. Esse resultado representa alta de +5,1% e +25,8%, respectivamente, nas comparações de base trimestral e anual.

Por outro lado, o Opex ficou em R$ 661 milhões. Isso representa queda de -8,5% e alta de +11%, respectivamente, nas comparações trimestral e anual.

Esse resultado pode ser explicado por ajustes de inflação sob o acordo coletivo de trabalho, novos recursos nas plataformas e impactos cambiais. Ainda, está associado ao maior processamento de dados, devido a novos projetos ligados à capacidade.

No geral, as despesas ficaram abaixo das projeções da equipe em -4%. Por sua vez, os melhores resultados operacionais levaram o lucro líquido a superar as estimativas em +5% no trimestre.

Resultado B3 (B3SA3) 1T21

LAIR cresce no trimestre

Conforme informa o BTG Pactual, o LAIR da B3 ficou em R$ 1,77 bilhão. O número revela alta de +15,1% e +28,6%, respectivamente, nas comparações de base trimestral e anual.

Lucro Líquido supera estimativas

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da B3 foi de R$ 1,33 bilhão. Esse resultado representa alta de +15% e +16%, respectivamente, nas comparações trimestral e anual.

Dessa forma, o resultado líquido superou as projeções da equipe e do consenso em +5% e +9%, respectivamente.

Resultado B3 (B3SA3) 1T21

Resultado B3 (B3SA3) 1T21

Resultado B3 (B3SA3) 1T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a B3 (B3SA3) é uma das suas Top Picks para 2021.

A B3 deve continuar se beneficiando do cenário favorável do mercado de capitais brasileiro, com grandes volumes e crescimento de resultados. Por fim, a equipe destaca que o valuation atual, com baixo P/L 2021 de 20x, pode ser um ponto de entrada.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 76,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado B3 (B3SA3) 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.