Renova Invest Facebook

Vicky Safra: viúva do bancário brasileiro Joseph Safra

Vicky Safra
Vicky Safra

Durante muitos anos, Joseph Safra foi dono de uma das maiores fortunas do Brasil. Seu patrimônio, inclusive, o colocava na lista de banqueiros mais ricos de todo o mundo. Com sua morte, em 2020, o dinheiro foi dividido entre seus filhos e sua esposa: Vicky Safra.

Discreta, a viúva prefere evitar aparições públicas — postura similar àquela adotada por seu marido ao longo de décadas. No entanto, como é herdeira de uma das maiores fortunas do país, Vicky dificilmente consegue passar despercebida.

Acompanhe a leitura deste conteúdo para conhecer mais sobre Vicky Safra e sua fortuna!

Quem é Vicky Safra?

De origem grega, a família de Vicky veio da Europa para o Brasil em meados do século XX, quando ela ainda era uma criança. Ao atingir os 17 anos, ela se casou com Joseph Safra e adotou seu sobrenome.

A união entre ambos durou até 2020, quando o banqueiro faleceu por complicações causadas pelo Parkinson. Do casamento entre eles nasceram quatro filhos: Jacob Safra, Esther Safra, Alberto Safra e David Safra.

Com a morte de Joseph, Vicky Safra recebeu metade de sua fortuna. De acordo com a revista Forbes, o montante se aproximava de R$ 40 bilhões. Tamanha quantia a colocou, em 2021, como mulher mais rica do Brasil — à frente de Luiza Trajano, do Magazine Luiza.

No entanto, como é característico da família Safra, Vicky adota um estilo mais discreto. Desse modo, não costuma dar entrevistas ou fazer aparições públicas. Além disso, ela mantém a nacionalidade grega e mora na Suíça.

Mesmo como herdeira da fortuna, Vicky Safra não desempenha funções executivas nos negócios da família. Esse papel fica com seus filhos. Assim, ela busca se dedicar a atividades filantrópicas no Brasil.

Quem foi Joseph Safra?

Como você viu, a fortuna de Vicky é proveniente da herança de seu marido, o banqueiro Joseph Safra. Nascido em Beirute, no Líbano, ele imigrou com sua família para o Brasil no século XX.

No novo país, a família Safra prosperou ainda mais. Durante muitos anos, Joseph esteve à frente das operações do Banco Safra — seu principal negócio. O seu sucesso trouxe uma fortuna de bilhões de dólares à família.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


O patrimônio, além de colocar Joseph Safra como homem mais rico do Brasil até sua morte, o posicionava como o banqueiro com maior fortuna do mundo. No entanto, ele sempre se destacou por ter uma postura de poucas ostentações públicas.

Qual a origem de sua fortuna?

Embora o Banco Safra tenha sido o principal expoente entre os negócios da família, não foi dele que teve início a fortuna dos Safra. Os primeiros passos no acúmulo patrimonial da família começaram há quase 200 anos — quando ainda estavam no Oriente Médio.

Saiba mais sobre essa história!

Início na Síria

O começo do “clã Safra” se deu na cidade de Aleppo, uma das principais da Síria, ainda no século XIX. Nos anos 1840, a família fundou a Safra Frères & Cie, que financiava rotas de mercadorias em camelos pelo Império Otomano.

Embora fosse arriscado, o negócio rendeu frutos à família, que se tornou uma das mais abastadas da região. No entanto, após os desdobramentos da Primeira Guerra Mundial e o fim do Império, o grupo buscou novas oportunidades.

O primeiro passo foi sair da Síria e firmar base em Beirute, capital do Líbano. Foi nessa cidade que Jacob Safra, um dos descendentes, começou a criar seus negócios. Em 1953, entretanto, ele optou por sair do Oriente Médio e vir para o Brasil.

Na América do Sul, Jacob criou uma empresa de comércio internacional. Posteriormente, com seu filho mais velho Edmond, entrou no setor bancário.

Banco Safra

Durante o início das operações do Banco Safra, Joseph estava fora do Brasil. O objetivo da família era investir em sua formação acadêmica, com educação nas principais universidades da Europa.

Nos anos 1960, com a morte de Jacob Safra, o banco ficou sob a responsabilidade de três dos seus filhos: Edmond, Moses e Joseph. O negócio cresceu rapidamente e logo também estava presente na Europa e nos Estados Unidos.

Após a morte de Edmond, em 1999, Joseph adquiriu a parcela de seu outro irmão para controlar todo o grupo. Com a finalização do processo, toda a operação do Banco Safra ficou sob responsabilidade dele e do seu próprio núcleo familiar.

Com o controle de Joseph, o Banco Safra se tornou o 4º maior banco privado do Brasil. No entanto, ele não priorizou apenas a operação no mercado nacional. Em 2012, a instituição comprou o banco suíço Sarasin. Com isso, houve o surgimento do J. Safra Sarasin.

Mercado imobiliário

Como vimos, o patrimônio de Joseph e Vicky Safra não se limita apenas ao mercado financeiro. Também está sob o controle da herdeira diversos imóveis da família, especialmente em Londres e em Nova Iorque.

Quais as principais ações de filantropia de Vicky Safra?

Embora não more no Brasil e não tenha funções executivas no banco, como você viu, a bilionária Vicky Safra se dedica a ações de filantropia no país — sendo responsável pela Fundação Vicky e Joseph Safra.

Entre os principais focos de ajuda da família à sociedade estão as instituições de saúde, como os hospitais Albert Einstein e Sírio Libanês, e projetos de arte — visto que ambos eram apreciadores de obras históricas.

Além disso, tanto Joseph quanto Vicky eram de famílias judaicas. Assim, parte de suas doações são direcionadas para comunidades e sinagogas. A filantropa também se dedica ao fortalecimento da cultura como um todo — apoiando, por exemplo, a publicação de livros.

Qual o papel dos filhos de Vicky e Joseph Safra no banco?

Com a morte de Joseph Safra, o legado de banqueiros da família passou para os filhos. Dos quatro filhos de Vicky, dois assumiram posições executivas no banco. O primogênito, Jacob, cuida das operações internacionais, enquanto o mais novo, David, foca no mercado brasileiro.

O processo de transição mostra a importância que a família dá para manter o negócio sob seu controle. Afinal, um dos objetivos de Joseph era que seus filhos pudessem dar continuidade ao legado quase bicentenário da família.

Agora você sabe que, como herdeira de parte da fortuna de Joseph Safra, Vicky Safra tornou-se a mulher mais rica do Brasil. No entanto, ela não realiza funções executivas na empresa da família, preferindo manter apenas suas ações filantrópicas.

Quer saber mais sobre como funcionam os processos de sucessão de bens? Entenda o funcionamento de uma holding familiar!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.