A bolsa de valores traz diversas oportunidades, tanto com investimentos quanto com a especulação. No segundo caso, o foco são os ganhos em curto prazo, que podem ser resultado de diferentes tipos de operação. Uma delas é o position trade.

Ele é diferente de outras estratégias conhecidas, como o day trade ou o swing trade, por ser menos imediatista. Assim, é preciso entender como ele funciona e suas características para verificar se o método faz sentido para suas decisões ao operar na bolsa.

Neste conteúdo, você entenderá o que é o position trade e como operar com ele. Confira!

O que é position trade?

O position trade é uma estratégia de especulação na bolsa de valores. Ela tem como objetivo obter lucros com as oscilações dos ativos ou derivativos em um curto prazo. Assim, se diferencia dos investimentos, pois eles têm um foco maior no longo prazo.

Contudo, diferentemente do que acontece em outros tipos de trade, não há o foco em curtíssimo prazo. No position, a posição pode ser encerrada em alguns meses ou, até mesmo, após mais de um ano.

No entanto, mesmo em um prazo maior, o objetivo é lucrar pela oscilação dos preços. Ao comprar uma ação, por exemplo, o trader não desenvolve uma mentalidade de sócio da empresa.

Ele também não visa receber dividendos e construir uma renda passiva. Logo, mesmo que possa ter esses ganhos, a finalidade ainda é lucrar pela valorização ou desvalorização do preço do papel.

Quais são as suas principais características?

Uma das características mais importantes do position trade trata do prazo. Como você viu, as posições podem ser mantidas por um período maior enquanto o trader aguarda o momento ideal de encerrá-las.

Isso faz com que ele não precise acompanhar o mercado financeiro com tanta frequência e proximidade. Por isso, a modalidade pode ser usada por quem está começando a operar na bolsa ou não consegue se dedicar de maneira integral aos trades.

Outra característica é o risco envolvido, presente em grau maior quando se trata de especulação na bolsa. Ao mesmo tempo, ele pode permitir o maior manejo de riscos em comparação aos outros tipos de trade, devido ao maior prazo para buscar oportunidades.

Além disso, para embasar as decisões, é comum aplicar a análise técnica ou gráfica. Nesse caso, o especulador estuda o comportamento de um ativo ou derivativo no mercado. A ideia é identificar padrões e tendências, que se traduzem em oportunidades para lucrar com a alta ou a baixa.

Ou seja, considerando que o position tem um prazo maior de maturação da posição, ele não foca nos fundamentos da empresa. Todavia, é possível utilizar a análise fundamentalista para ajudar na tomada de decisão especulativa.


Por fim, é preciso compreender a incidência do Imposto de Renda. É aplicada a mesma regra prevista para operações comuns (com prazo maior que um dia). Em ações, por exemplo, você pagará 15% sobre os lucros obtidos, sempre que negociar mais de R$ 20 mil em um mês.

Quais as diferenças em relação às outras estratégias de especulação?

Para facilitar a compreensão sobre o position trade, é importante entender o que muda em relação às outras modalidades de operação. Confira as principais diferenças:

  • day trade: é uma operação cuja posição é iniciada e encerrada no mesmo pregão;
  • swing trade: a posição é encerrada em alguns dias ou poucas semanas;
  • scalping: as operações são encerradas em minutos, sendo ainda mais dinâmico que o day trade.

Outro ponto importante trata da tributação. Quando se trata de day trade ou scalping, com operações encerradas no mesmo dia, a regra muda. Nesse caso, a tributação é de 20% sobre o valor dos lucros, independentemente do total negociado no mês.

O que muda em relação às estratégias de longo prazo?

Outra dúvida comum surge quando se pensa que o position pode durar meses ou anos. Diante disso, qual é a diferença em relação aos investimentos de longo prazo? É importante pensar não apenas em termos de prazo, mas de objetivos.

No buy and hold, que pode ser traduzido como “comprar e manter”, o investidor utiliza a análise fundamentalista para encontrar boas companhias para ser sócio. Ele não foca na oscilação do preço, mas em seu papel como acionista que participa dos ganhos da empresa.

Assim, é preciso identificar companhias que tenham um potencial de crescimento, podendo trazer bons resultados em períodos longos. A venda dos papéis se dá em duas ocasiões principais: quando a empresa perde fundamentos ou quando chega à máxima valorização esperada.

Desse modo, mesmo que o prazo do position possa chamar atenção em relação a outros tipos de trade, continua sendo especulação. Logo, o objetivo é essencialmente diferente do investimento de longo prazo.

Quais são as vantagens e riscos do position trade?

Agora que você já aprendeu o que é e como funciona o position trade, é importante entender suas vantagens e riscos. Para começar, vale entender os benefícios em relação a outras estratégias de especulação. São elas:

  • menor taxa de IR, em comparação ao day trade e scalping;
  • possibilidade de reduzir os custos com taxas devido ao menor volume de operações;
  • não é necessário dedicar tanto tempo ao acompanhamento da bolsa.

Por outro lado, a operação traz mais riscos em comparação ao buy and hold, especialmente pelo maior impacto sofrido diante de movimentações do mercado. Assim, é fundamental avaliar se o seu perfil é adequado à estratégia.

Como operar na bolsa com position trade?

Caso você tenha concluído que essa é uma alternativa interessante para os seus objetivos, é preciso saber como operar. Para isso, você deve ter uma conta em uma instituição financeira que dê acesso ao home broker, que é o ambiente no qual são feitas as negociações.

Além disso, você precisa conhecer as análises que podem ser usadas e como aplicá-las em suas decisões. A avaliação dos ativos e derivativos é um dos pontos fundamentais para conseguir tomar boas decisões, tanto sobre o momento da compra quanto da venda.

Você ainda pode utilizar alguns recursos de segurança, que podem interromper as negociações automaticamente. O stop gain, por exemplo, finaliza a posição quando atinge o ganho pretendido. Já o stop loss faz isso ao atingir determinado patamar de perda, evitando maiores prejuízos.

Como vimos, o position trade pode ser uma estratégia interessante para quem deseja começar a especular na bolsa. Porém, sempre considere os riscos envolvidos, o seu perfil de investidor e os objetivos financeiros para tomar decisões mais adequadas.

Quer aprender mais sobre o assunto? Então conheça os principais indicadores da análise técnica e como eles funcionam!